Financiamento de veículo
Categories:

4 dicas importantes para o financiamento do seu carro novo

Comprar um veículo é sempre um momento de grande alegria, porém vale a pena se planejar para o financiamento do seu carro novo e conhecer bem todos os custos evitando se comprometer com uma dívida que vai pesar mais do que deveria no seu bolso.

Quando você financia um veículo, a dívida é adquirida com uma instituição financeira, e não com a concessionária. Você pode inclusive escolher o banco e fazer o empréstimo sem ter uma concessionária intermediária. 

Neste artigo, compartilhamos algumas dicas para te ajudar na hora de financiar seu tão sonhado carro. 

  1. O planejamento começa antes de ir à loja
  2. Entrada e parcelas do seu financiamento
  3. Seu banco pode ter condições melhores para o financiamento do seu carro
  4. Cuidado com as letras miúdas

O planejamento começa antes de ir à loja

Quer conseguir uma boa negociação?  O primeiro passo para isso é estipular um valor para a entrada do carro. Ter esse valor definido vai te ajudar e muito na hora de negociar.. Dependendo da entrada, é possível reduzir bem a taxa de juros e as parcelas vão ficar mais leves. 

Por isso é importante pesquisar os valores do carro que você deseja com calma, se possível, assim como fazer algumas simulações de entrada e parcelas.   

Entrada e parcelas do seu financiamento

O número de parcelas pode ser até mais fundamental que uma entrada maravilhosa.

A empresa que vai fazer o financiamos tem mais interesse em receber o valor total o mais rápido possível do que uma boa entrada. 

Isso quer dizer que o melhor cenário seria você usar seu dinheiro para dar uma entrada considerável e parte dele para aumentar o valor das parcelas para diminuir o número de parcelas e conseguir a melhor negociação. 

Nem sempre isso é possível, e por isso é tão importante se planejar para tentar melhorar a negociação mesmo fora desse cenário perfeito. 

Existem vários sites, onde você pode fazer uma simulação de financiamento para ter uma ideia, mas vale lembrar que essas calculadoras não fazem avaliação de crédito e geralmente não têm vínculo com nenhum banco.

Então para conseguir um valor mais preciso é necessário entrar em contato com a concessionária e/ou banco pelo qual você quer financiar para entender os custos mais exatos. 

Seu banco pode ter condições melhores para o financiamento do seu carro novo

Caso você não esteja muito contente com as taxas da concessionária, você sempre pode checar com seu banco se consegue uma taxa melhor.

Se você, por exemplo, tiver um bom histórico com seu banco, e sem dívidas abertas, talvez você consiga uma taxa bem melhor por causa dessa boa relação de confiança entre você e o banco.

Vale ter em mente que especialistas aconselham que o valor das parcelas de um financiamento não passe de 30% da sua renda mensal.

Cuidado com as letras miúdas 

Tenha muita paciência na hora de ler o contrato antes de fechar o negócio. Dê atenção especial para as letras miúdas para evitar surpresas desagradáveis.

Uma dica é procurar a sigla CET no seu contrato, que significa Custo Efetivo Total, ou seja a soma de todos os custos da contratação do financiamento, que inclui juros, taxas, encargos, tributos, os seguros sobre o valor do crédito solicitado, entre outros possíveis custos, assim você pode conferir se o valor da taxa é exatamente o mesmo  o da taxa negociada.

Este artigo te ajudou? Confira também outras explicações sobre multas, IPVA e planejamento financeiro para seu veículo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *