IPVA
Categories:

Como pagar IPVA atrasado

São tantos impostos, principalmente no começo do ano, que às vezes a falta de um bom planejamento financeiro pode fazer com que você se perca um pouco na hora dos pagamentos.

O IPVA é um deles, e a quantidade de pessoas que atrasam a quitação deste imposto obrigatório todos os anos, faz com que o Detran procure sempre por novas soluções, que incentivem o pagamento.

O que é IPVA?

O Imposto sobre Propriedade do Veículo (IPVA), é o valor anual cobrado aos proprietários de veículos automotores, que garante que o seu automóvel tenha permissão de circular livremente pelas vias públicas brasileiras. A responsabilidade do imposto é estadual, o que significa que a maior parte das informações que vamos lhe dar por aqui, pode variar de estado para estado.

Como é definido o cálculo do IPVA?

O cálculo do IPVA é definido pelo Governo Federal, a partir do seu valor venal, que pode ser conferido na conhecida Tabela Fipe.

A tabela determina alíquotas aplicadas ao valor do carro naquele ano, e podem variar de estado para estado. Os fatores determinantes para se chegar ao valor venal são o modelo, marca e ano do carro, principalmente.

Para que você conheça melhor a fórmula aplicada e as questões mais importantes sobre esse assunto, nós temos um artigo completo falando sobre como calcular o IPVA.

Consequências pelo não pagamento do IPVA

É claro que se estamos falando de um imposto obrigatório, o não pagamento pode trazer consequências desagradáveis, que ainda gera dúvida em muita gente. 

IPVA atrasado gera multa? 

Se você não estiver com o seu IPVA em dia, é impossível renovar o CRLV, também conhecido como Licenciamento. Por sua vez, trafegar com o documento irregular é uma infração gravíssima, que gera multa de R$ 293,47, além de 7 pontos na CNH. Como medida administrativa, Licenciamento atrasado pode implicar na apreensão do veículo, até que a situação esteja regularizada. 

Ou seja, o não pagamento pode não gerar multa, mas é o gatilho para uma situação ainda mais séria. Por último, o IPVA atrasado traz juros de 0,33% ao dia. Esse juros é fixado em 20% do valor do imposto, mais a taxa Selic, após 60 dias de atraso. 

IPVA atrasado pode sujar o nome? 

Se o IPVA não for quitado em 90 dias, seu CPF será inscrito na Dívida Ativa da União. Você será informado da inscrição, e nesse momento os juros passam a ser de 40%, fora as custas com gastos judiciais.

Ter seu nome inscrito na Dívida Ativa, significa ser impedido de contratar empréstimos e financiamentos, por exemplo. Com o passar do tempo, caso não haja negociação, as cobranças passarão a ser judiciais.

Como evitar novos atrasos?

Por aqui temos o costume de falar sempre sobre um bom planejamento financeiro. Sabemos que impostos pesam na vida financeira, mas não podem ser evitados, como multas de trânsito, por exemplo.

Por isso, se você é proprietário de um veículo, ou pensa em ser em breve, é essencial ter o IPVA no seu orçamento. Você sabe que ele irá chegar, então ele precisa ser projetado nas suas finanças de começo de ano.

Uma outra possibilidade é o parcelamento do imposto. Ao invés de pagar à vista, hoje é completamente possível dividir o valor em parcelas mensais, e com isso a Zapay pode te ajudar. Estamos hoje em 25 estados do Brasil, cadastrados e com sistemas vinculados ao próprio Detran.

Quais são os passos para pagar IPVA atrasado? 

O pagamento do IPVA atrasado pode ser feito através do site da Secretaria da Fazenda. Ao acessar o site, tenha em mãos o número do Renavam do veículo, assim como os dados do proprietário. Emita a “Guia para Regularização de Débitos” e, automaticamente, o boleto será emitido com o valor atualizado e adicionado de juros, para pagamento à vista.

Porém, é possível facilitar esse pagamento também com ajuda da Zapay. Como dissemos acima, fazemos o parcelamento do IPVA para você, mesmo no caso de ele estar atrasado. O pagamento é feito integralmente ao Detran, que tem seus sistema vinculados ao nosso, e então assumimos a dívida. Essa parceria facilita a quitação não apenas do IPVA, mas também de outros débitos como Multas e Licenciamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *