Categories:

O que é manutenção preventiva?

A manutenção preventiva pode ser aplicada a todos os tipos de equipamento. Como aqui falamos basicamente de assuntos relacionados a veículos, claro que a manutenção preventiva veicular não ficaria de fora dos nossos conteúdos.

Ela é basicamente a forma que você tem de manter seu veículo em boas condições de funcionamento. Fazer a manutenção preventiva e garantir que tudo está perfeito, é certamente melhor do que esperar que alguma coisa pare de funcionar, gerando um prejuízo maior. Não apenas de tempo, mas também de dinheiro, já que prevenir é normalmente mais econômico.

Quando deve ser feita?

O manual do seu carro é sempre a melhor forma de conhecer bem a periodicidade recomendada para uma manutenção preventiva. Se ele é 0 KM, você possivelmente foi informado na própria concessionária. É importante ficar atento a essas revisões obrigatórias. Elas são simples, rápidas e o valor vale a pena, já que você garantirá não apenas a sua segurança, mas também a valorização do próprio veículo.

Ao vender ou trocar um carro, por exemplo, aqueles que tiveram suas manutenções básicas realizadas em dia e adequadamente, são mais valorizados que os demais.

De uma forma geral, orienta-se que as manutenções sejam feitas a cada seis meses, ou dez mil quilômetros rodados, mas isso depende muito das condições a que o veículo seja exposto. Velocidade média, estradas em boas condições, poeira em excesso, podem ser alguns dos pontos a considerar.

Por que fazer?

De forma bastante simples, fazemos a manutenção preventiva para evitar problemas, mas também para economizar dinheiro e zelar pela sua segurança e pela dos outros.

Tirando todas as questões de desvalorização do veículo pelo desgaste de peças e a sua segurança, tem também as questões ligadas ao Código de Trânsito Brasileiro (CTB). Dirigir com faróis queimados ou pane no sistema elétrico, é considerado uma infração média, garantindo multa de R$ 130,16, além de 4 pontos na CNH

Por outro lado, se você é parado em uma fiscalização e o agente de trânsito atesta que seus pneus estão carecas, a infração passa a ser grave, com multa de R$ 195,23 e mais 5 pontos.

Além desses dois exemplos que citamos aqui, existem ainda uma série de outras questões essenciais sobre multa de trânsito e seus tipos.   

Quais são as vantagens?


Garantir a segurança das pessoas que fazem parte do trânsito brasileiro já deveria ser suficiente, mas prevenir tem outras vantagens.

Se você não procura manter a manutenção do seu carro em dia, vai precisar fazer isso quando o problema acontecer. O problema é que nesse caso, a conta certamente vai ficar mais cara. A manutenção preventiva pode ser planejada dentro do seu orçamento. Além de não ser pego de surpresa, o valor é muito mais em conta.

Conforme falamos acima, outra vantagem está na hora de vender ou trocar. Se você esteve atento com suas manutenções preventivas, significa que seu carro nunca precisou passar por desgaste extremo antes de ser revisado. Você pode conseguir um valor maior por ele.

Qual a diferença entre manutenção preventiva e corretiva?

Durante esse artigo nós te contamos um pouco sobre características e vantagens de uma manutenção preventiva. Como o próprio nome antecipa, você estará prevenindo um possível problema.

Logo, o que dizer sobre a manutenção corretiva? Se você não se planeja e faz suas revisões com frequência, em algum momento seu carro vai apresentar problemas. Quando isso acontecer e você precisar encontrá-lo em uma oficina, essa será a manutenção corretiva. Aquela cujo objetivo é corrigir os defeitos apresentados.

Por ser normalmente mais importante e urgente, além de que provavelmente algumas peças deverão ser trocadas, a manutenção corretiva é, na maioria dos casos, mais cara.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *