Categories:

Rodízio SP: Placa final 3 e 4

Quem tem carro, moto, caminhão, ou ainda outros veículos, quer sempre fazer o uso destes, não é mesmo? Afinal, há conforto, segurança e autonomia quando você está conduzindo seu automóvel para qualquer um dos compromissos que constam em sua agenda ou de sua família.

Mas, o que acontece quando o número de veículos é tão grande que prejudica o fluxo do trânsito e traz poluição sonora e com excesso de gases poluentes lançados? Pergunta difícil para quem mora em uma metrópole ou ainda precisa viajar para esta grande cidade com frequência, seja para trabalhar, seja para estudar.

A cidade de São Paulo se deparou com este problema. O número excessivo de carros e o crescimento da população na maior metrópole da América Latina trouxeram algumas questões de planejamento urbano – afinal, como trazer eficiência e segurança em um trânsito tão abarrotado?

A saída foi criar o rodízio de placas, em 1997. Essa iniciativa da Prefeitura da Cidade de São Paulo também é conhecida como Operação Horário de Pico e tem como missão diminuir a quantidade de carros em cada um dos dias úteis da semana.

Conheça a seguir como funciona o rodízio em SP, quais são os dias designados para a placa final 3 e a placa final 4, por exemplo – além das demais placas – e as dicas para você evitar multas e ter sua rotina adaptada para o rodízio paulistano.  

Como funciona rodízio em SP?

Qual é o dia de rodízio para a placa final 3 e 4?

Qual é o horário do rodízio para placa 3 e 4?

Como funciona rodízio em SP?

Para você ficar contextualizado dos motivos para que o rodízio tenha sido implementado na cidade de São Paulo, saiba que a maior metrópole da América do Sul tem hoje cerca de nove milhões de veículos em seu trânsito. Para efeito de comparação, São Paulo tem 12,4 milhões de habitantes; se contarmos a região metropolitana, esse número chega a 22,04 milhões de pessoas – aproximadamente a população total do Chile.

A alta concentração de carros (e pessoas) está relacionada ao poder aquisitivo dos cidadãos, renda e também ao acesso ao crédito – bastante visto desde o início do Plano Real. 

O rodízio de placa em São Paulo funciona da seguinte maneira: em cada dia da semana, dois finais de placas são submetidos ao rodízio para a diminuição do congestionamento na cidade de São Paulo. Por exemplo, ao buscar “rodízio final 3” ou “placa final 4 rodízio”, você descobrirá que o dia de deixar os veículos com estes números no final da placa é terça-feira.

Conheça a distribuição completa:

– Finais 1 e 2: segunda-feira.

– Finais 3 e 4: terça-feira.

– Finais 5 e 6: quarta-feira.

– Finais 7 e 8: quinta-feira.

– Finais 9 e 0: sexta-feira.

Qual é o dia de rodízio para a placa final 3 e 4?

Assim, se você é dono de um veículo, cujo final da placa é 3 ou 4, programe-se para usar transporte público (ônibus ou metrô), pegar uma carona com um colega ou ainda esperar que o horário de pico passe para transitar com seu automóvel. O rodízio é aplicado para carros e caminhões.

Mas é importante destacar que há veículos que são isentos de circulação durante o rodízio, sobretudo, devido à urgência de suas funções. Para ter essa possibilidade, o proprietário deve fazer uma solicitação na Secretaria de Mobilidade e Transporte da Prefeitura de São Paulo. 

Conheça quais são os veículos que têm este direito e verifique se você se encaixa no perfil para o pedido de isenção:  

  1. Transporte coletivo ou de lotação.
  2. Veículos guincho.
  3. Carros funerários.
  4. Veículos das Forças Armadas ou Defesa Civil.
  5. Transporte escolar.
  6. Ambulância, polícia e corpo de bombeiros.

 

Caso você, motorista, tenha qualquer dúvida, é possível consultar a Central de Operações CET através da central SP156 ou ainda acessar a página da CET. Basta clicar neste endereço on-line da Companhia de Engenharia de Trânsito.

Quer saber mais sobre como funciona o sistema de rodízio completo na cidade de São Paulo? Então, este conteúdo especial e fique por dentro sobre o que fazer com seu veículo e as ações necessárias para evitar multas: Rodízio de placas em São Paulo: Veja como funciona – Blog Zapay.

Qual o é o horário do rodízio para placa 3 e 4?

O rodízio de placas na cidade de São Paulo é distribuído nos seguintes horários:  das 7h às 10h e das 17h às 20h. Ou seja, se você tem um veículo cuja placa tem final 3 ou 4, seu rodízio acontece todas às terças-feiras, das 7h às 10h e das 17h às 20h. Portanto, fique ligado para evitar deslizes, infrações e dores de cabeça.

Segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), da cidade de São Paulo, os veículos (carros e caminhões) não podem circular nas ruas e avenidas internas do chamado minianel viário. Já nas vias limítrofes da cidade não podem circular automóveis. Segundo a CET, caminhões estão liberados do rodízio, porém devem respeitar as demais regulamentações de restrição ao seu trânsito. 

A multa para o motorista que é flagrado dirigindo em dia não permitido é de R$130,16. Trata-se de uma infração média e adiciona 4 pontos à CNH. Detalhe: a multa pode ser aplicada mais de uma vez, se houver reincidências em dias diferentes. Fique atento.

Mesmo tendo cautela, você ficou na dúvida se tomou alguma multa no dia de rodízio final 3? Ou acabou tendo imprevistos e deslizes e foi autuado com uma infração no dia da placa do seu carro no rodízio placa final 4? Não precisa se preocupar: a Zapay lhe ajuda a consultar estas multas e também indica formas para quitar estes débitos e que cabem no seu bolso. Confira as dicas neste conteúdo: Placa final 1 e 2: Saiba os locais onde tem rodízio em SP e veja nossas dicas sobre como evitar multas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *