rodízio de veículos Grécia Atenas
Categories:

Rodízio: quais cidades no mundo têm restrição como a de SP?

Medida que reduz poluição e congestionamentos, rodízio de veículos não é exclusivo de São Paulo

Os moradores de São Paulo já estão habituados com o rodízio municipal de veículos, afinal, o programa municipal de restrição de circulação completa 25 anos em 2022. O que muitas pessoas não sabem é que a medida não é exclusiva da maior cidade do Brasil e já foi adotada por outras grandes metrópoles ao redor do mundo para reduzir a poluição e diminuir os congestionamentos.

Antes de mostrar quais cidades no mundo implantaram o rodízio de veículos, é importante relembrar como funciona a restrição de circulação em São Paulo. A proibição temporária de circulação é escalonada conforme o dígito final da placa e impede que os veículos circulem nos horários de pico da manhã (das 7h às 10h) e da noite (das 17h às 20h). 

Nestes horários, fica restrita a circulação no chamado Centro expandido de São Paulo, que inclui o perímetro e toda a área formada pelo minianel viário das Marginais Tietê e Pinheiros, avenidas dos Bandeirantes e Afonso D´Escragnolle Taunay, Complexo Viário Maria Maluf, avenidas Tancredo Neves e Juntas Provisórias, Viaduto Grande São Paulo e avenidas Professor Luís Inácio de Anhaia Melo e Salim Farah Maluf.

O rodízio em São Paulo é válido de segunda a sexta-feira, com exceção dos feriados municipais, estaduais ou nacionais. O escalonamento de placas com circulação restrita segue o seguinte cronograma: segunda-feira (restrição para placas finais 1 e 2), terça-feira (placas 3 e 4), quarta-feira (placas 5 e 6), quinta-feira (placas 7 e 8) e sexta-feira (placas 9 e 0). Para saber mais sobre o rodízio SP, como preços de multas e outras informações, clique aqui. Veja a seguir cidades no mundo já adotaram ou ainda têm rodízio de veículos:

rodízio de veículos no mundo

Pequim (China)

Com mais de 21 milhões de habitantes, enorme frota de veículos e forte presença de indústrias, a capital da China sofre com a elevada poluição do ar. Para conter os índices de emissões, Pequim adotou em 2008 o rodízio de veículos. 

As restrições de circulação na megalópole funcionam de segunda a sexta-feira, como em São Paulo, mas com horário estendido: das 7h às 20h, sem intervalo, não podem circular os veículos com as placas determinadas pelas autoridades locais. Em 2015, o governo chinês determinou uma nova regra para tentar conter a poluição: nos dias em que é detectado nível alarmante de qualidade do ar, a restrição é feita com a divisão por placas pares e ímpares. 

Bogotá e Medellín (Colômbia)

Nossos vizinhos de Bogotá, capital da Colômbia, também apostaram no rodízio municipal para conter os níveis de poluição no ar. Em 1998, as restrições tiveram início em dois horários de pico: entre 7h e 9h e das 17h30 às 19h30. Desde 2009, a faixa de horário de restrição foi estendida para das 6h às 20h, sem intervalo. 

Em Bogotá, a divisão de placas funciona da seguinte maneira: em dias pares, ficam proibidos de circular no horário determinado os veículos com dígito final 0, 2, 4, 6 e 8; nos ímpares, a restrição é válida para as placas finais 1, 3, 5, 7 e 9. Com resultados satisfatórios, a medida que estreou em Bogotá foi adotada anos depois por Medellín. Lá, atualmente o horário de restrição é válido das 5h às 20h.

rodízio sp

Cidade do México (México)

A estratégia do rodízio de veículos na Cidade do México é bastante diferente daquelas adotadas na maior parte das grandes cidades. Na capital mexicana, que tem quase 22 milhões de habitantes, a proibição de circulação é definida de acordo com a idade do veículo. 

Modelos com datas de fabricação entre 9 e 15 anos não podem circular um dia por semana e dois sábados por mês. A separação é feita conforme o final da placa e a restrição ocupa quase todo o dia: das 5h às 22h. Os carros com até 8 anos de fabricação podem circular livremente, desde que estejam com as manutenções e vistorias em dia.

Santiago (Chile)

O rodízio de veículos em Santiago, no Chile, existe desde 1986 e tem como principal objetivo reduzir a emissão de poluentes. Por isso, os carros que estiverem com a manutenção em dia podem receber o chamado “selo verde” e circular sem restrições. Para os demais modelos, a proibição de circulação é válida por dois dias da semana, conforme a placa, das 7h30 às 21h.

Atenas (Grécia)

O rodízio de veículos em Atenas, capital da Grécia, é um dos mais longevos e existe desde 1979. O revezamento entre os finais de placas de veículos é feito entre dias pares e ímpares, com restrições nos horários de 7h às 20h, de segunda a quinta-feira. Às sextas-feiras, a medida é válida das 7h às 15h.

rodízio de carros no mundo

Manila (Filipinas)

A capital das Filipinas adotou o programa de restrição de circulação de carros em formato semelhante ao rodízio de São Paulo. A definição de restrição é feita conforme o final de placas, com os dígitos 1 e 2 impedidos de circular às segundas; 3 e 4 às terças; 5 e 6 às quartas; 7 e 8 às quintas; e 9 e 0 às sextas. O período na cidade filipina é válido entre 7h e 10h e das 15h às 19h.

Londres (Inglaterra)

A capital da Inglaterra já estudou implantar o rodízio municipal de veículos durante as Olimpíadas de Londres, em 2012. Porém, o projeto não foi para frente e a cidade seguiu com o modelo de pedágio urbano, adotado desde 2003. Durante os dias de semana, das 7h às 18h, motoristas devem pagar uma taxa equivalente a R$ 72 para poder circular no centro de Londres. 

Gostou deste artigo sobre quais cidades no mundo têm rodízio de veículos? Aqui no Blog da Zapay você pode encontrar diversos outros posts a respeito de manutenção automotiva, lançamentos, curiosidades, trânsito, multas e muito mais. E se você quiser realizar a consulta de débitos de veículo, pode contar com a Zapay para realizar o pagamento parcelado de multas, IPVA e licenciamento em até 12x! É rápido, fácil e seguro.

Imagens: Divulgação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *