Saiba quando abastecer com álcool ou gasolina
Categories:

Álcool ou gasolina: entenda de uma vez por todas

Mas, afinal de contas, qual é a melhor opção na hora de abastecer: álcool ou gasolina? Essa é uma dúvida bastante comum, amigo motorista – e, por isso, a Zapay lhe apresenta alguns pontos para que você possa decidir, com autonomia, qual combustível se encaixa melhor em suas demandas com o carro ou com a moto. 

Saiba quando é vantagem abastecer com álcool e quando a melhor alternativa é usar gasolina, recheamos o conteúdo com exemplos e dicas úteis para você aprender de uma vez por todas. Confira!

Álcool x Gasolina: entenda o cálculo para saber o mais vantajoso

De modo geral, fazer uso de álcool ou gasolina é uma escolha que depende de alguns fatores, dentre eles o preço dos combustíveis e a eficiência energética do automóvel.

Neste contexto, tem a famosa regra dos 70% que já ajuda a facilitar o entendimento da questão: há quem diga que quando o preço do etanol corresponde até 70% o preço da gasolina, é mais vantajoso; já se o preço do álcool corresponder em 70% ou mais ao preço da gasolina, neste caso seria melhor optar pela gasolina.

Contudo, as configurações dos carros variam de um para o outro e esses 70% não são regra (isso pode variar a depender do carro). Esses 70% são um bom balizador para termos noção, vale a pena recorrer quando precisar, mas o cálculo ideal mesmo – pra economizar de verdade – a gente ensina aqui abaixo.

O cálculo ideal é feito considerando o modelo do seu carro

Para saber calcular isso da forma correta e de uma vez por todas, a recomendação é identificar o consumo por quilômetro do seu veículo em específico. 

Com a informação sobre o consumo do seu veículo em mãos, faça a divisão do valor do desempenho do álcool pelo desempenho da gasolina:

  • Se seu veículo roda 7,2 km/litro com álcool e 10 km/l com gasolina…
  • Temos 0,72 ou 72% de rendimento com álcool (7,2 dividido por 10)
  • Neste caso, a “regra dos 70%” seria, na verdade, a regra dos 72%!

Entendeu por que é importante avaliar cada carro separadamente? Assim é certeza de economia.

Dicas para encontrar informações sobre o consumo do seu carro

Na prática, você pode buscar pela ficha técnica ou por reviews do modelo do seu carro na internet para encontrar essa informação – dica: em veículos com computador de bordo há essa funcionalidade de mostrar o consumo do veículo, basta observar a medida em que você dirige para entender o consumo nas diferentes velocidades na qual você dirige.

Caso você não encontre informações sobre o consumo do seu carro em lugar nenhum (é comum em modelos que já saíram de linha, por exemplo), dá pra descobrir o consumo do seu carro fazendo um teste, anotando os dados e calculando. Confira: 

  1. Vá para o posto de gasolina assim que o tanque entrar na reserva. 
  2. Zere o marcador de quilometragem percorrida (ou anote a quilometragem do carro no momento do abastecimento)
  3. Anote quantos litros de combustível você abasteceu.
  4. Utilize o automóvel normalmente e não reabasteça antes dele voltar para a reserva 
  5. Quando o carro chegar na reserva novamente, verifique quantos km você rodou desde que abasteceu (você anotou isso no passo 2).
  6. Pronto, agora você já tem em mãos todos os dados que precisa para calcular: quantos litros abasteceu e quantos km rodou.
  7. Divida os km que você andou pelos litros que você abasteceu = assim você terá uma média do consumo do seu carro 

Parece complicado, mas não é: 

  • Na prática, digamos que você abasteceu R$ 100 e isso deu 14,51 litros de gasolina. 
  • Ao contar a quilometragem rodada, você percebeu que com esses 14,51 litros de combustível, conseguiu rodar 185 km. 
  • Sendo assim, basta dividir 185 (distância percorrida) por 14,51 (litros gastos)
  • O resultado dessa divisão dá 12,74. 
  • Isso seria justamente a média de consumo do carro = ou seja, a cada litro ele anda em média 12,74 km. 

Viu que não é tão difícil assim? Basta exercitar, que rapidinho pega o jeito!

Confira mais um exemplo para fixar: se o condutor abasteceu o veículo com 30 litros de combustível e percorreu 300 quilômetros com esses 30 litros, sua média será de 300/30 = 10 km/l (média de 10 km rodado a cada litro casto)

Misturar álcool com gasolina faz mal pro carro? 

Não precisa ser apenas álcool “ou” gasolina – pode ser álcool e gasolina também, sem medo!

Os motores dos carros flex são preparados para consumir gasolina e etanol puros ou misturados, independentemente da proporção entre eles.

É importante saber que o carro flex consegue operar com a mistura de etanol e gasolina, sem dores de cabeça. Desse modo, a proporção de tal mistura fica a critério do condutor – não trazendo qualquer dano ao motor em nenhuma situação.

Leia também: gasolina aditivada ou gasolina comum?

Veja exemplos de quando é vantagem abastecer com álcool ou com gasolina

Para trazer exemplos do cálculo para saber quando o álcool é mais vantajoso, vamos usar como base o cálculo dos 70%: para saber se o etanol é a melhor opção, o preço de seu litro deve ser dividido pelo da gasolina, de modo que deve ser igual ou inferior a 0,7 ou 70%. 

Mas, lembrando que o ideal mesmo é você conferir o consumo específico do modelo do seu carro, pois isso pode variar um pouco para mais ou para menos. Aqui ésão mais exemplos para você fixar o raciocínio:

Considere que Pedro e João têm o mesmo veículo. Caso João abasteça seu carro com etanol, custando R$ 4,00, e Pedro opte pela gasolina a R$ 5,20, quem terá feito um melhor negócio?

Levando em consideração o cálculo dos 70%:

  • teremos 4 / 5,20
  • o que resulta em 0,76. 

Assim, é Pedro quem estará com a vantagem por ter abastecido com gasolina, pois o valor do álcool corresponde a 76% da gasolina, e tendo com base a regra dos 70%, acima dos 70% o álcool deixa de ser vantagem!

Dica da Zapay: confira quais são as melhores marcas de carro e de bateria de carro.

Álcool x Gasolina: vantagens e desvantagens 

Álcool ou gasolina? Gasolina ou álcool? Conheça as vantagens de cada um – isso lhe ajudará na hora de escolher.

Vantagens de abastecer com álcool ao invés de gasolina

Entre álcool ou gasolina, de modo geral, o preço do etanol costuma ser mais atraente do que o da gasolina, e como vimos acima, se o preço atraente estiver dentro da proporção dos 70%, a vantagem do álcool se torna principalmente a economia.

Outro ponto importante é que o etanol tem uma octanagem mais alta do que a gasolina, o que pode melhorar o desempenho do motor. Alguns motores são especificamente projetados para aproveitar essa característica, resultando em melhor resposta e potência. 

Por isso que às vezes a gente sente que com álcool o carro fica mais forte.

Ainda:  álcool é considerado uma fonte de energia mais sustentável, pois é produzido a partir de biomassa (como cana-de-açúcar ou milho), que é renovável. 

Desse modo, a produção de etanol emite menos gases de efeito estufa em comparação com a produção de gasolina, que é derivada do petróleo. Assunto importante em tempos de aquecimento global e tantas mudanças climáticas.

Vantagens do álcool em relação a gasolina (em termos mais técnicos)

  • Maior octanagem: o etanol tem uma octanagem mais alta do que a gasolina. A octanagem é a medida da resistência do combustível à detonação prematura (batida de pino) no motor. Combustíveis com maior octanagem permitem que o motor opere com uma taxa de compressão mais elevada, o que, por sua vez, pode aumentar a eficiência e o desempenho do motor.
  • Taxa de compressão: motores projetados para funcionar com etanol, geralmente, têm uma taxa de compressão mais alta. A taxa de compressão é a relação entre o volume do cilindro do motor quando o pistão está no ponto inferior (completo) e o volume do cilindro quando o pistão está no ponto superior (completo). Uma taxa de compressão mais alta permite uma maior eficiência na queima do combustível, o que se traduz em mais potência e torque.
  • Melhor resfriamento do motor: o etanol tem uma capacidade de resfriamento superior em comparação com a gasolina. Isso significa que ele ajuda a manter a temperatura do motor mais baixa, o que reduz o risco de superaquecimento e permite que o motor funcione de forma mais eficaz.
  • Mistura ar-combustível: o etanol exige uma mistura ar-combustível mais rica em comparação com a gasolina. Ou seja, mais combustível está presente na mistura, o que pode aumentar a potência e o torque do motor.

Vantagens de abastecer com gasolina ao invés de álcool

Por sua vez, a gasolina apresenta uma densidade energética maior do que o etanol, o que significa que proporciona mais energia por litro. Essa caraterística resulta em uma maior autonomia, ou seja, o motorista pode percorrer maior distância com um tanque cheio de gasolina do que com um tanque cheio de etanol – mais um ponto relevante neste embate álcool x gasolina.

Outro ponto relevante é a disponibilidade, afinal, a gasolina, geralmente, está mais amplamente disponível do que o etanol, sobretudo em regiões onde a infraestrutura para produção e distribuição de etanol é limitada. A depender de onde o condutor mora, a escolha pela gasolina pode ser mais conveniente.

Mais uma característica importante é que a gasolina é menos corrosiva do que o etanol, o que pode resultar em menor desgaste de componentes do motor e do sistema de combustível ao longo do tempo.

Hoje, embora muitos veículos modernos sejam flex (ou seja, podem usar tanto etanol quanto gasolina), ainda há uma variedade maior de automóveis que são otimizados, especificamente, para gasolina, oferecendo opções adicionais para os consumidores.

Imagem de uma bomba de combustíveis em um posto ilustrando o cálculo de se vale a pena abastecer com alcool ou gasolina

Dica da Zapay: a calculadora de gasolina pode ser uma aliada 😉

Dicas para economizar combustível (seja ele qual for)

Sempre calibre os pneus: vale a pena consultar o manual para saber qual é a pressão ideal e fazer as devidas calibragens periódicas antes de rodar, de modo a garantir que o veículo esteja sempre rodando com a calibragem correta, isso faz com que o consumo do carro seja melhor.

Mantenha os vidros fechados na estrada: isso diz sobre a aerodinâmica dos carros – nas estradas, em velocidades mais altas, quando o carro está de janela aberta, o vento entra “segurando” mais o veículo, o que exige mais força para ele continuar andando pra frente e isso gasta mais combustível. Por isso, o ideal é fechar todo o vidro na estrada e optar pelo ar-condicionado, mesmo. Neste caso, compensa!

Qual a preferência dos motoristas de aplicativo: álcool ou etanol?

E se você é motorista de aplicativo, aposto que se pergunta mais que qualquer um: álcool ou gasolina

Os condutores que costumam rodar bastante, como é o caso dos motoristas de aplicativo, consideram a diferença no uso do álcool, que pode se pagar em pouco tempo.

De modo geral, a gasolina vale mais a pena quando o motorista encarar percursos mais longos e que exigem mais potência, como viagens. Já quem trafega mais no perímetro urbano, com trajetos curtos e muitas paradas, o etanol é o mais indicado.

A seguir, confira um vídeo sobre a escolha álcool ou gasolina e saiba a opinião de quem é especialista no assunto, o Bruno Driver, famoso uber youtuber!

E aí, entendeu quando abastecer com álcool ou gasolina?

Há uma série de fatores que o amigo condutor deve considerar para chegar ao melhor consumo de combustível possível – e, obviamente, que é normal ter a dúvida se vale mais a pena álcool ou gasolina no carro ou na moto, ainda mais em tempos como esse nos quais tá tudo caro!

O objetivo deste artigo foi justamente lhe trazer todo o racional por trás dessa análise “álcool x gasolina” através de diversos exemplos, para que você possa escolher o combustível calculando da forma correta, com autonomia e tendo uma real economia! 😉 

Esperamos que tenha gostado do conteúdo. Continue acompanhando o Blog Zapay e fique afiado em tudo sobre o universo dos motoristas!

Avatar image of Zapay
Written by

Zapay

A Zapay nasceu em 2017 para facilitar a vida dos proprietários de veículos! Somos os únicos parceiros credenciados à SENATRAN e a todos os 27 DETRANs do Brasil. Trabalhamos duro para que você, motorista de carro, moto ou caminhão, tenha mais praticidade para realizar diversos pagamentos, processos burocráticos e consultas relacionadas ao seu veículo. Temos mais de 20 MILHÕES de clientes espalhados por todo o pais. Ah, fazemos questão de compartilhar todo o conhecimento e a experiência que a gente tem aqui em nosso blog. Amamos tudo sobre o universo automotivo. Dar dica boa, é com a gente mesmo!