Código de segurança CRV
Categories:

Descubra onde fica o número do CRV

CRV, CRLV, CNH, IPVA e DETRAN são algumas das siglas que o motorista mais escuta quando o assunto é a vida no trânsito. E, não à toa, todos estes termos estão relacionados entre si.

Neste artigo, saiba o que é número de segurança do CRV, onde fica o número de segurança do CRV, como encontrar os dados do seu veículo em formato digital, utilizando os serviços do DETRAN e do Governo Federal (Gov BR), além de dicas sobre a importância do código de segurança CRV na hora de comprovar atestado do veículo e também realizar a sua transferência.

Coloque seu cinto de segurança e embarque nessa com a Zapay!

O site da Zapay é sempre uma mão na roda!

Conheça nossos serviços e aprenda como quitar os seus débitos veiculares. Parcele os débitos em até 12 vezes no cartão de crédito.

Vem que a Zapay lhe ajuda a deixar sua vida veicular em dia!

O que é o número de segurança do CRV? 

Antes de destacarmos o que é, afinal, o número de segurança CRV, vale a pena relembrarmos o que é esta sigla. Trata-se do Certificado do Registro do Veículo, que é o documento de propriedade do automóvel ou da motocicleta. 

Não se trata de um documento de porte obrigatório, porém é de suma importância que o CRV esteja em um local seguro, pois ele é fundamental na hora da venda do veículo.

Assim posto, o número de segurança do CRV – também conhecido como código de segurança do CRV – é uma espécie de código do proprietário do veículo. É importante saber que o CRV não é o mesmo número do RENAVAM (Registro Nacional de Veículos Automotores).

Mas o que seria o RENAVAM, então? Trata-se de um registro que todo automóvel deve ter. Ele é um sistema desenvolvido pelo SERPRO (Serviço Federal de Processamento de Dados), onde estão contidas todas as informações dos veículos, repassadas pelos DETRANs (Departamentos Estaduais de Trânsito). Essa base de dados é centralizada pela SENATRAN (Secretaria Nacional de Trânsito).

Qual a diferença entre CRV e CRLV?

Por terem a sigla bem parecida, algumas pessoas podem confundir o CRV e o CRLV, mas eles são documentos distintos, um deles serve apenas como documento de compra e venda do automóvel, enquanto o outro é um documento onde estão as características do veículo. 

CRV – Certificado de Registro de Veículo: O CRV é um documento que comprova a propriedade de um veículo automotor no Brasil. Ele é emitido pelo Departamento Estadual de Trânsito (DETRAN) quando um veículo é adquirido ou transferido para um novo proprietário. O CRV contém informações importantes sobre o veículo, como dados do proprietário anterior, características do veículo, número do chassi, placa, entre outros, ele também é conhecido como DUT (Documento Único de Transferência). É essencial manter o CRV em um local seguro, pois ele é necessário em transações de compra e venda de veículos.

CRLV – Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo: O CRLV é outro documento relacionado a veículos automotores no Brasil. Ele atesta que o veículo está registrado no DETRAN e que está em conformidade com os requisitos legais para circular nas vias públicas. O CRLV também indica que o veículo está com o licenciamento em dia, o que significa que todas as taxas e impostos relacionados ao veículo estão pagos. O CRLV só é renovado após o pagamento do IPVA, multas e licenciamento, e é obrigatório para a circulação do veículo. Em algumas situações, o CRLV pode ser digital, o que significa que pode ser apresentado em formato eletrônico, como em um aplicativo de celular.

Ambos os documentos, CRV e CRLV, são importantes para a regularização de um veículo e para a sua circulação legal nas estradas brasileiras. Certifique-se de mantê-los atualizados e em conformidade com as regulamentações locais de trânsito.

O que diz o artigo 123, do Código de Trânsito Brasileiro sobre o CRV?

Para que não reste dúvidas sobre em quais momentos o proprietário do veículo precisará apresentar o CRV ou ainda acessar dados contidos neste documento, deixamos em destaque o artigo 123 do CTB. 

Segundo este artigo, a expedição de um novo Certificado de Registro de Veículo será obrigatória nas seguintes situações:
a) quando for transferida a propriedade.
b) quando o proprietário mudar o município de domicílio ou residência.
c) quando for alterada qualquer característica do veículo.
d) quando houver mudança de categoria.

O artigo 123 do CTB destaca ainda que, no caso de transferência de propriedade, o prazo para o proprietário adotar as providências necessárias à efetivação da expedição do novo Certificado de Registro de Veículo é de trinta (30) dias, sendo que nos demais casos as providências deverão ser imediatas.

Já no caso de transferência de domicílio ou residência no mesmo município, o proprietário comunicará o novo endereço num prazo de trinta (30) dias e aguardará o novo licenciamento para alterar o Certificado de Licenciamento Anual.

Ainda: a expedição do novo certificado será comunicada ao órgão executivo de trânsito que expediu o anterior e ao RENAVAM.

Como descobrir o número de segurança CRV? 

No CRV, o número de segurança está localizado na parte superior direita. Mas como chegar até ele virtualmente?

Código de segurança CRV
Código de segurança CRV

Para tal, você deve acessar o site do DETRAN do seu respectivo estado. Em seguida, procurar pela área de consulta a veículos e, nela, digitar o número da placa do veículo e o RENAVAM. Na aba seguinte, é necessário inserir o seu CPF.

Finalmente, as informações do veículo serão apresentadas. Algum detalhe ou outro pode variar a depender do site do DETRAN, mas, em suma, este é o caminho geral.

O proprietário do veículo pode ainda consultar o CRV indo pessoalmente a uma unidade física do DETRAN de sua localidade.

Faça sua consulta gratuita e pague em até 12x.


APP Zapay

O que fazer quando o CRV não tem código de segurança? 

Caso você precise do CRLV-e (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo, em sua forma digital) e não tiver o código de segurança impresso no CRV, não é preciso entrar em pânico.

Segundo o DETRAN RS, você pode obter o certificado no portal do SENATRAN, utilizando a validação avançada (que são os Selos de Confiabilidade) no cadastro Gov BR (gov.br).

Uma das formas para obter este acesso avançado é possuir um Carteira Nacional de Habilitação Digital, uma vez que este documento permite a validação fácil. Desse modo, o código de segurança do CRV impresso é apenas exigido caso a validação avançada não seja possível.

Saiba mais sobre a validação avançada da CNH

Segundo o Governo Federal, os Níveis de Autenticação têm como principal característica o fato de ser um recurso de segurança da informação da identidade, de modo a permitir flexibilidade para realização do acesso. 

Os Níveis de Autenticação apresentam a seguinte divisão:

  • Nível Bronze.
  • Nível Prata.
  • Nível Ouro.

Assim, ainda segundo o Governo Federal, os Selos de Confiabilidade estão presentes em cada nível de autenticação. Eles ainda consistem em orientar para qualificação das contas com a obtenção dos atributos autoritativos do cidadão a partir das bases oficiais. Por intermédio destas bases, é possível a utilização da credencial de acesso em sistemas internos dos clientes e serviços providos diretamente ao cidadão.

O possível uso para os níveis e os selos diz respeito ao aumento da confiança cadastral pelos serviços para aplicar controle de acesso às funcionalidades mais críticas.

Onde fica o número do CRV no documento digital?

Para encontrar o número do CRV, o condutor deve ter como referência o QR Code que aparece no documento digital.

O número do CRV, encontra-se ao lado esquerdo do QR Code, na parte inferior do código.

Como faço para emitir o CRV digital? 

Para emitir o CRV Digital é necessário, antes de tudo, cadastrá-lo. Para tal, o licenciamento do veículo deve estar em dia, bem como multas, taxas passadas, IPVA (Imposto Sobre Propriedade de Veículo Automotor) e demais débitos do automóvel devem estar pagos. Ou seja, a vida burocrática do seu carro deve estar em ordem.

Você deve ter uma conta no Gov BR. 

Depois, é preciso ir até a loja de aplicativos do seu celular e procurar pela Carteira Digital de Trânsito (CDT). Ao encontrar este app, baixe-o. Em seguida, abra o aplicativo e acesse “Entrar com gov.br”. Aqui você deve informar o seu CPF, a senha do cadastro e avançar.

Um aviso importante: não estranhe se o app solicitar permissão para acessar seus dados no site do governo, ele funciona desta forma mesmo – você só precisa autorizá-lo.

Você pode estar se perguntando: “okay, mas onde encontro o CRLV?”. Basta acessar a tela inicial do aplicativo e clicar em “Veículos”. O próximo passo é clicar em “Toque aqui para adicionar um CRLV”. 

Finalmente, você deve digitar o número do RENAVAM – Registro Nacional de Veículos Automotores – e o código de segurança do CRV. Vale o reforço: não há como baixar o CRV digital sem que o licenciamento esteja pago e em dia.

É necessário percorrer todo este caminho para baixar o CRV Digital. Porém, uma vez feito este passo a passo, o certificado estará sempre disponível no aplicativo. 

Dessa forma, sempre que for necessário utilizá-lo (seja para o licenciamento ou mesmo para comprovar quem é o proprietário do automóvel), basta acessar o app pelo celular. Você deve clicar em “Veículos” e logo verá quais são os automóveis registrados no nome do usuário. Clique no veículo desejado e assim tenha acesso ao CRV Digital.

Diferença entre CRV, CRV Digital

Você sabe o que muda com o CRV em formato digital? Vem que a Zapay lhe explica! A versão impressa deste documento comprovava apenas a propriedade do veículo, de modo que seu porte não era obrigatório e ele apenas era acionado quando o dono do carro ou da motocicleta queria vendê-lo (ou seja, quando era preciso realizar uma transferência).

O CRV Digital é mais completo. Com ele, há ainda a comprovação sobre quem é o proprietário do veículo, mas também consta o licenciamento anual do carro ou motocicleta. Ou seja, o CRV traz também a certificação de que o licenciamento, que é uma obrigação anual de todo dono de automóvel, foi feito (pago).

Vale dizer que o licenciamento, sim, é um documento de porte obrigatório – o famoso CRLV, Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo –  e que hoje também pode ser feito on-line.

O CRV Digital possui um QR Code, que também é válido para ser apresentado à fiscalização. Caso o motorista se sinta mais à vontade carregando a versão em papel dos documentos, saiba que isso ainda é possível, sem problemas. 😉   

Como descobrir o número CRV do veículo pelo RENAVAM?

Para descobrir o número do CRV pelo RENAVAM a dica está em uma sigla bastante conhecida pelos motoristas: DETRAN.

Ao acessar o site do Departamento Estadual de Trânsito de sua localidade, procure a área de consulta de veículos e insira o número do RENAVAM e da placa de automóvel. Na etapa seguinte, você deve informar o seu CPF.  

Finalmente, as informações sobre o veículo aparecerão.

Vale relembrar: é possível obter o número do CRV ao ir pessoalmente em uma unidade física do DETRAN. 

Dica da Zapay: Conheça os itens de segurança que são obrigatórios em carros

Saiba mais!

A Resolução referida dispõe sobre os requisitos para emissão do Certificado de Registro de Veículo (CRV), do Certificado de Licenciamento Anual (CLA) e do comprovante de transferência de propriedade em meio digital.

O artigo 8º da Resolução CONTRAN nº809, por exemplo, enfatiza que:  “Art. 8º O órgão ou entidade executivo de trânsito do Estado ou do Distrito Federal não poderá expedir o CRV em meio físico, com modelo previsto na Resolução CONTRAN nº 16, de 06 de fevereiro de 1998, alterada pela Resolução CONTRAN nº 775, de 28 de março de 2019, a partir da data de entrada em vigor da presente Resolução”.

Curtiu o conteúdo e quer ficar sempre atualizado? Acompanhe nosso blog e as redes sociais:

One thought on “Descubra onde fica o número do CRV

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *