IPVA 2024 PR
Categories:

IPVA 2024 PR: consulta, preço da alíquota e calendário

Nada melhor do que deixar o automóvel com a vida burocrática em dia, não é mesmo!? Pensando nisso, a Zapay preparou esse especial sobre o pagamento do IPVA 2024 PR, para que o amigo motorista possa se preparar para essa obrigação com tranquilidade e segurança. Confira!

– IPVA 2024 PR 

– Quem deve pagar o IPVA 2024 PR? 

– Como é feito o cálculo? 

– Quando vencem as parcelas? 

– Como emitir o documento de cobrança? 

– O que ocorre se não pagar o IPVA 2024 PR? 

– Onde realizar o pagamento? 

– Pague com a Zapay 

– Tenho pendências do IPVA 2023, o que fazer?

Dica da Zapay: saiba mais sobre o IPVA 2024 PR.

IPVA 2024 PR 

Embora o Governo do Estado do Paraná ainda não tenha definido o cronograma de pagamentos do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) para 2024, vale a pena o amigo motorista ter em mente as datas de 2023 para se programar e tomar como base.

Desse modo, o Governo paranaense definiu janeiro como o mês para o início do pagamento do tributo e a data de vencimento do imposto para o final de maio. Importante: as datas dependem sempre da placa final do veículo em questão.

Os donos dos veículos automotores que optarem pelo pagamento à vista do IPVA PR podem contar com 3% de desconto. Já aqueles que escolheram pelo parcelamento em até cinco vezes não podem contar com esse benefício. Fique ligado!

Desde 2023, é possível realizar o pagamento do IPVA pelo cartão de crédito. Assim, o proprietário do veículo pode parcelar esse tributo em até 12 vezes. Outra opção para a quitação é realizá-la via PIX e em qualquer instituição bancária – não necessariamente em bancos conveniados com o estado do Paraná.

Há ainda alguns casos que se enquadram na isenção do IPVA PR, como os veículos automotores com mais de 20 anos de fabricação, pessoas com deficiência (PcD), transporte escolar, instituições escolares, dentre outros.

Dica da Zapay: fique por dentro do pagamento do IPVA 2024.

Saiba mais sobre o IPVA PR

O Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores é um tributo estadual lançado anualmente, que destina 50% dos recursos levantados para o município de emplacamento do veículo – os outros 50% vão para a respectiva Unidade Federativa. Sua arrecadação é utilizada para custear os gastos públicos, como educação, saúde, segurança e transporte.

É importante frisar que, para os automóveis adquiridos em anos anteriores, a cobrança do imposto se inicia em janeiro e a alíquota é de 3,5% ou 1% do valor do veículo, podendo ser quitado à vista (com bonificação de 3%) ou em até cinco parcelas.

Caso haja atrasos, os débitos do ano corrente devem ser quitados em uma única cota. Por sua vez, os débitos vencidos de anos anteriores podem ser parcelados.

Quem deve pagar o IPVA 2024 PR? 

Todos os proprietários de veículos automotores têm como obrigação o pagamento anual do IPVA. Porém, há algumas situações de isenção, tais como:

  • Veículos utilizados no transporte público de passageiros na categoria aluguel, do tipo táxi, de propriedade do motorista profissional (Pessoas Física) ou cuja posse seja decorrente de contrato de arrendamento mercantil e por ele sado em sua atividade profissional.
  • Ônibus empregados em linha de transporte urbano, suburbano e metropolitano de pessoas, cedida concessão ou permissão pública.
  • Pessoas enquadradas como Pessoa com Deficiência (PcD).
  • Veículos com mais de 20 anos de fabricação.
  • Veículos destinados, exclusivamente, ao transporte escolar, cuja propriedade ou posse decorrente de contrato de arrendamento mercantil seja Pessoa Física ou Prefeitura Municipal.
  • Veículos proibidos pela legislação brasileira de trafegar em vias públicas.
  • Veículos de propriedade ou cuja posse seja decorrente de contrato de arrendamento mercantil, de pessoas portadoras de deficiência física, visual, mental – severa ou profunda, com Síndrome de Down, ou autistas, equipados com motores de potência não superior a 155 cv, limitado a um veículo por beneficiário.

Como é feito o cálculo do IPVA PR? 

As alíquotas do IPVA PR 2024 serão as seguintes:

  • 1% para ônibus, micro-ônibus, caminhões e veículos pertencentes a locadoras, categoria aluguel ou espécie carga.
  • 1% para veículos comprovadamente equipados com tecnologia GNV (gás natural).
  • 3,5% para os demais veículos – carros, motocicletas e outros. 

 

Calendário IPVA 2024 PR

Quando vencem as parcelas? 

Confira o calendário estabelecido para o pagamento do IPVA 2023, para as opções à vista e parcelado. Vale destacar que quem escolhe a quitação à vista tem 3% de desconto.

 


Prazo de Pagamento IPVA 2023

Janeiro de 2023 – à vista (com bonificação de 3%)

  

Placas com final

Prazo de pagamento

1 e 2

19/01/2023

3 e 4

20/01/2023

5 e 6

23/01/2023

7 e 8

24/01/2023

9 e 0

25/01/2023

Prazo de Pagamento IPVA 2023

5 parcelas (Janeiro a Maio de 2023) – Parcelado (sem bonificação)

 

Placas com final

Primeira parcela

Segunda parcela

Terceira parcela

Quarta parcela

Quinta parcela

1 e 2

19/1/2023

16/2/2023

20/3/2023

17/4/2023

18/5/2023

3 e 4 

20/1/2023

17/2/2023

21/3/2023

18/4/2023

19/5/2023

5 e 6

23/1/2023

22/2/2023

22/3/2023

19/4/2023

22/5/2023

7 e 8 

24/1/2023

23/2/2023

23/3/2023

20/4/2023

23/5/2023

9 e 0

25/1/2023

24/2/2023

24/3/2023

24/4/2023

24/5/2023

Como emitir o documento de cobrança? 

Para emitir o documento de cobrança, é necessário acessar o site da Secretaria de Fazenda, cujo endereço é www.fazenda.pr.gov.br, e clicar em “Emitir”. Na página da consulta, o proprietário do veículo deve seguir esse passo a passo: 

  • Digitar o código do RENAVAM (Registro Nacional de Veículos Automotores) do veículo.
  • Informar a data do pagamento.
  • Digitar o código da imagem.
  • Clicar em “Consultar”.

Os donos de automóveis e motocicletas podem contar ainda com os serviços do PIÀ (Paraná Inteligência Artificial). Para tal, é necessário concluir o cadastro no PIÀ (www.pia.pr.gov.br) e fazer o login. Informe o CPF e escolha uma forma de acesso – pode ser com telefone celular, e-mail, conta gov.br ou certificado digital). 

Em seguida, basta clicar em “Emitir”, selecionar o veículo e, na página de consulta, emitir a guia – não é preciso inserir outros dados. E pronto.

Para as duas opções apresentadas, a emissão da guia é imediata.

Fique por dentro da lei!

Confira em quais leis o Governo do Estado do Paraná se embasa para as determinações acerca do pagamento do IPVA.

O que ocorre se não pagar o IPVA 2024 PR? 

Caso o amigo condutor não efetue o pagamento do IPVA 2024 PR, é essencial saber que ele será punido com multa e taxas extras. Não se esqueça, motorista: quem não está com o IPVA em ordem fica impedido de fazer o licenciamento anual do carro ou da moto – e essa é mais uma obrigatoriedade que os proprietários têm. 

A Zapay é uma aliada também nesses momentos. Use a nossa plataforma e parcele todos os seus débitos veiculares em até 12 vezes no cartão de crédito.

Onde realizar o pagamento? 

Segundo a SEFAZ PR, as guias para o pagamento estão disponíveis na aba “Consultar débitos e guias para pagar o IPVA/PR”. Não se esqueça, para acessar o documento é necessário ter o número do RENAVAM em mãos.

Assim, o IPVA pode ser quitado através dos seguintes meios:

  • GR-PR (Guia de Recolhimento do Estado do Paraná) nos bancos credenciados (Banco do Brasil, Bradesco, Bancoob, Rendimento, Santander, Itaú e Sicredi) para quaisquer exercícios pendentes de IPVA.

 

  • Apenas com o número de RENAVAM do veículo, nas agências ou nos caixas automáticos dos bancos credenciados (com exceção do Banco do Brasil).

 

  • Pagamento via PIX, por meio de QR-CODE em GR-PR disponível no portal público.

 

  • Consulta ao aplicativo Receita Paraná para pagamento via PIX, GR-PR e cartão de crédito – download do aplicativo para os sistemas iOS e Android.
  • Por meio de cartão de crédito para o exercício de 2023, em até 12 parcelas, por meio de empresas como a Zapay. 😉

 

É válido ressaltar que as dívidas ativas desvinculadas do automóvel em questão – ou seja, aquelas oriundas de aquisições em leilões ou determinações judiciais – podem ser quitadas com a emissão de guia para o pagamento do IPVA. O prazo de compensação é de um dia útil após o pagamento. 

Caso o proprietário do veículo deseje parcelar o IPVA, ele deve consultar débitos e guias para pagar o IPVA PR, com o número do RENAVAM, ou ainda acessar o menu “Serviços Parcelamento de IPVA”. É possível também parcelar os débitos de IPVA de exercícios anterior ao atual – fique ligado!

Nesse contexto, o parcelamento pode chegar a até 10 parcelas, de modo a respeitar o valor mínimo da parcela de 1 Unidade Padrão Fiscal (UPF). Se houver ajuizamento ou protesto de dívidas ativas, é necessário procurar a Procuradora-Geral do Estado (PGE) para o pagamento de custas e honorários.

A quitação das parcelas deve ser realizada nos bancos credenciados, com emissão de cada parcela em seu mês de referência. 

O parcelamento pode ser feito pelo proprietário do veículo, pelo comprado registrado no Departamento Estadual de Transito do Paraná (DETRAN PR) ou pelo arrendatário do veículo.

Pague com a Zapay 

Vale a pena reforçar, mais uma vez, que a Zapay é uma grande aliada quando o assunto é o pagamento de débitos veiculares e a manutenção da ordem da vida burocrática do seu veículo. Na plataforma, o condutor pode ter informações sobre o automóvel, além das dinâmicas do trânsito e do mercado automotivo.

De um jeito seguro e prático, o motorista pode parcelar multas, impostos e demais tributos em até 12 vezes utilizando o cartão de crédito, por exemplo. Há ainda outras formas para realizar o pagamento, como PIX, boleto, Ticketlog e Voucher. Basta escolher a opção que melhor cabe em seu bolso. 😉

Como baixar o App da Zapay 

Para baixar o app da Zapay, o amigo motorista deve ter acesso à internet em seu celular e baixar o aplicativo na Apple Store ou no Google Play.

IPVA, multas, licenciamento

Confira qual é o caminho para quitar IPVA, multas e licenciamento com a Zapay: 

Passo 1: consulte débitos pela placa do veículo. Você só precisa digitar a placa do veículo e pressionar o botão “Consultar débitos”.

Passo 2: confira o resultado da consulta. Caso haja qualquer débito referente ao seu veículo (por isso a importância do número da placa), ele aparecerá nesta etapa. O passo seguinte é informar a sua conta da Zapay, com seu e-mail e senha. Se você ainda não tiver o cadastro, basta abrir uma conta em: https://www.usezapay.com.br/ .

Ao informar o e-mail e a senha, você deve selecionar o débito que deseja quitar. Pressione o botão “Pagar agora”.

Passo 3: escolha como deseja pagar. Você pode optar entre pagamento em 12 vezes usando o cartão de crédito, PIX, boleto, Ticketlog ou Voucher. Escolha a melhor opção e clique em “Pagar agora”.

Tenho pendências do IPVA 2023, o que fazer?

Caso o proprietário do veículo esteja com o IPVA 2023 atrasado, ele pode parcelar esse débito em até 12 vezes no cartão de crédito. Segundo a Sefa, esse tributo pode ser regularizado por intermédio de empresas credenciadas com o Estado que operacionalizam os pagamentos parcelados. Outra opção para pagamento é pelo aplicativo de Serviços Rápidos da Receita Estadual.

Ao acessar o site da empresa que atende às escolhas de pagamento do dono do automóvel, ele pode decidir qual é a melhor forma de parcelamento e cadastrar seus dados para a consulta do IPVA. A condição de quitação deve corresponder ao valor total de modo que não é possível fazer o parcelamento de apenas uma parcela ainda em aberto, porém, sim de todas que estiverem vencidas.

Desse modo, é possível os seguintes cartões nas empresas credenciadas: Mastercard, Visa, Elo, American Express e Hipercard.

Secretaria de Fazenda destaca ainda que não é responsável pelas cobranças e juros extras, de modo que as empresas credenciadas têm autonomia para definir condições comerciais das transações, as bandeiras dos cartões usados, número possível de parcelas, juros aplicáveis e outras taxas a serem cobradas, a depender do parcelamento.

Há ainda a opção de pagamento do IPVA à vista, através de Guia de Recolhimento nos bancos credenciados, com o número do RENAVAM, nas agências ou nos caixas automáticos de bancos credenciados, via PIX ou por intermédio de aplicativos de Serviços Rápidos da Receita Estadual.

Lembre-se, amigo condutor: a inadimplência de IPVA impede a emissão do Certificado de Licenciamento do Registro do Veículo (CRLV), documento obrigatório para a circulação de automóveis, motocicletas, ônibus, caminhões e demais categorias automotoras.

Desse modo, transitar sem o CRLV implica em multa pelas autoridades de trânsito e na retenção do automóvel até a regularização das pendências. O não pagamento do tributo também impede a transferência de propriedade do veículo e dificulta a obtenção da Certidão Negativa de Tributos junto à Receita Estadual.

Ainda: caso a inadimplência persista, o débito pode ser inscrito na Dívida Ativa do Estado do Paraná, de modo que o nome do proprietário será incluído no Cadin Estadual, o que gera diversos impedimentos, como restrições de acesso a empréstimos e outras modalidades de crédito, impossibilidade de uso de créditos do programa Nota Paraná e limitações ao exercício de cargos públicos.

É possível também parcelar os débitos de IPVA de exercícios anteriores, em até 10 vezes, respeitando o limite mínimo de uma UPF por parcela, atualmente em R$ 130,90. O parcelamento pode ser realizado por meio do portal do IPVA.

Avatar image of Alessandra Comitre
Written by

Alessandra Comitre

Jornalista formada há mais de 15 anos, com 12 anos de experiência em produção e criação de conteúdo, edição de texto, e gestão de pessoas. Atualmente atuo como redatora e produtora de conteúdo SEO freelancer.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *