Conheça os prazos para renovar a CNH
Categories:

Como consultar a CNH pelo CPF?

Se você chegou até este texto, é bastante provável que você já tenha uma Carteira Nacional de Habilitação – ou, ao menos, almeja conquistar a sua carteira de motorista. Sendo assim: a sua CNH é de qual categoria? Ou qual tipo de carteira de habilitação você gostaria de tirar?

Para todos os tipos de carteira de motorista, é essencial que cada cidadão cuide bem da sua CNH – não apenas fisicamente, mas também com relação à pontuação e às multas. Este artigo lhe mostra como consultar CNH pelo CPF, tanto pelo DENATRAN quanto pelo DETRAN, além de outras dicas sobre como consultar pontos na CNH pelo CPF

Como consultar CNH pelo CPF no portal do DENATRAN? 

Antes de conhecermos o caminho para consultar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) utilizando o Cadastro Pessoas Físicas (CPF), vale a pena conhecermos mais o que é o DENATRAN.

O Departamento Nacional de Trânsito (DENATRAN) é hoje a Secretaria Nacional de Trânsito (SENATRAN), o órgão máximo executivo do Sistema Nacional de Trânsito, que tem autonomia administrativa e técnica. A Secretaria tem ainda jurisdição sobre todo o território nacional.

A SENATRAN tem como atribuição supervisionar e coordenar os órgãos responsáveis pelo controle e pela fiscalização da execução da Política Nacional de Trânsito.  

Ao realizar a consulta à CNH no portal de serviços do DENATRAN (SENATRAN), o motorista poderá ter acesso on-line aos dados da habilitação do cidadão que estiver logado (o motorista) neste site.

Com esta consulta, é possível conhecer informações como:  

  1. Histórico de CNH (CNH emitidas), com detalhamento das informações contidas em cada carteira de habilitação selecionada pelo usuário.
  2. PID (Permissão Internacional para Dirigir) emitida no período de validade da CNH.
  3. Habilitação de Estrangeiro, quando for o caso.
  4. Bloqueios Ativos para a CNH.
  5. Foto do condutor.

Essa consulta pode ser realizada por todo cidadão habilitado que possua CNH Digital ativa – ou seja, que tenha feito a validação presencial no Departamento Estadual de Trânsito (DETRAN) de sua localidade ou validação facial no aplicativo Carteira Digital de Trânsito (CDT).

Este serviço pode ser acessado também por quem estiver autenticado no Portal de Serviços do SENATRAN, por intermédio do login com Certificado Digital ou login com CPF e senha no próprio portal.

O portal de serviços do DENATRAN (SENATRAN) pode ser acesso por este endereço: https://portalservicos.senatran.serpro.gov.br/#/home.

Confira o passo a passo para realizar a consulta de CNH utilizando o CPF:

  1. O primeiro passo é realizar o login no Portal de Serviços SENATRAN, conforme indicado logo acima. Para tal, o cidadão deve entrar com o Certificado Digital ou login com CPF e senha, além de possuir uma CNH Digital ativa. 

O condutor deve clicar no botão Entrar com gov.br”, localizado no canto superior direito da tela e inserir os dados solicitados. 

  1. Em seguida é necessário realizar a consulta. Para esse passo, o motorista deve clicar no ícone “Habilitação”, que está localizado no centro da página principal do Portal de Serviços SENATRAN.

Assim, o condutor terá a oportunidade de consultar suas carteiras de habilitação emitidas, tanto a atual quanto as antigas, de modo a ser possível ver os detalhes de cada uma delas. 

O que é o gov.br?

Trata-se de um portal lançado em 2019 e que reúne, em uma única plataforma, serviços para o cidadão brasileiro, como consulta de CNH, e informações sobre a atuação do Governo Federal.

Segundo o próprio Governo Federal, o gov.br é um projeto de unificação de seus canais digitais. Porém, principalmente, este é um projeto sobre como a relação do cidadão com o Estado brasileiro deve ser simples e focada nas necessidades do usuário de serviços públicos.

Como consultar CNH pelo CPF no portal do DETRAN? 

Já para realizar a consulta de CNH pelo portal do DETRAN, o condutor deve seguir o seguinte caminho:

  1. Acessar o portal do DETRAN da respectiva Unidade Federativa – https://www.detran.UF.gov.br/, é necessário substituir UF pela sua Unidade Federativa. Por exemplo, quem mora em São Paulo, deve acessar o endereço https://www.detran.sp.gov.br/
  2. Na tela principal, procure a aba “CNH – Habilitação”.
  3. No espaço destinado à pesquisa, o condutor deve escrever “consulta” para encontrar este exato serviço.
  4. Depois, o motorista deve selecionar “Consulta de pontos da CNH”.
  5. Nesta etapa, o condutor deve fazer o login no sistema DETRAN com o CPF e a senha cadastrados.
  6. Selecione “Histórico de pontos” ou “Últimos 12 meses” e clique no botão “Pesquisar”.
  7. Se houver alguma pontuação acumulada, ela será mostrada neste momento.

Fique por dentro!

Aplicativo Zapay
Aplicativo Zapay

Quero consultar multas com a Zapay: qual é o melhor caminho?

Embora todo condutor tenha passado pelo processo de formação, onde se aprende a direção defensiva, além do respeito e do zelo pela vida, erros podem acontecer no trânsito. E muitos deles podem se tornar infrações.

A Zapay pode lhe ajudar na hora da consulta de multas e também de outros débitos relacionados ao seu veículo, como taxas e impostos. A nossa plataforma é o melhor local para que você possa manter a sua vida veicular sempre em ordem. 

Ao acessar o nosso site, com o número da placa do veículo e seu melhor e-mail, é possível consultar as infrações e quitá-las. A Zapay facilita e você pode parcelar os débitos veiculares em até 12 vezes no cartão de crédito.  Se preferir, pode também pagar usando PIX, boleto, Ticket Log ou Voucher. Basta escolher a opção que melhor combine com seu planejamento financeiro.

Como consultar suspensão ou cassação da CNH? 

Por sua vez, se o motorista deseja consultar a suspensão ou a cassação da carteira de habilitação, ele deve seguir este passo a passo:

  1. Acessar o portal do DETRAN da respectiva Unidade Federativa. 
  2. Na tela principal, procurar a aba “CNH – Habilitação”.
  3. No espaço destinado à pesquisa, o condutor deve escrever “consulta” para encontrar este exato serviço.
  4. Depois, o motorista deve selecionar “Consulta de processo de suspensão/cassação”.
  5. Escolher entre as opções “Consulta de processo de suspensão” e “Consulta de processo de cassação”.
  6. Na tela que se abrirá, é necessário inserir o número de registro da CNH e clicar em “Pesquisar”.
  7. Se não houver nenhum processo de suspensão ou cassação de CNH, aparecerá uma mensagem indicando esta ausência para o número de registro de CNH indicado. 
  8. Porém, se houver algum processo de suspensão ou cassação, informações sobre estes procedimentos aparecerão na tela.

Multas auto suspensiva

O que é suspensão e o que é cassação de CNH?

  • Suspensão de CNH: Formalmente conhecida como Suspensão do Direito de Dirigir, esta é uma penalidade prevista o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), imposta a determinados casos, os quais os motoristas não seguem a legislação vigente. Com esta penalidade, a CNH do condutor fica bloqueada por um determinado período, segundo a determinação do agente de trânsito.
  • Cassação de CNH: trata-se de uma penalidade prevista no Artigo 263, do Código de Trânsito Brasileiro, onde é instaurado administrativamente o Processo de Cassação do Direito de Dirigir (PCDD) contra os motoristas infratores, de modo que cassa a carteira de habilitação por dois (2) anos. 

A cassação acontece em três situações:

  1. Se, após ser suspenso o direito de dirigir, o motorista infrator conduzir qualquer veículo automotor.
  2. Em caso de reincidência, no prazo de doze (12) meses, das infrações previstas no inciso III do Artigo 162 e nos Artigos 163, 164, 165, 173, 174 e 175.
  3. Quando condenado judicialmente por delito de trânsito, observado o disposto no artigo. 160.

Para acessar os artigos do CTB citados, navegue em: https://www.ctbdigital.com.br/.

Quais dados podem ser consultados no portal do DENATRAN?

Ao acessar o portal do DENATRAN (SENATRAN) e realizar a consulta com o CPF, os seguintes dados podem ser verificados:

  1. Foto da habilitação. 
  2. Dados de identificação do motorista:
    • Nome do condutor;
    • Nome da mãe;
    • Data de Nascimento;
    • Número, órgão expedidor e Unidade Federativa do expedidor da carteira de identidade (RG);
    • CPF;
    • Endereço;
    • Nacionalidade;
    • Cidade de nascimento;
    • Sexo.
  1. Dados da habilitação:
  • Número de registro;
  • Número do formulário RENACH;
  • Número do formulário da CNH;
  • Categoria;
  • Validade;
  • Primeira habilitação;
  • Município expedidor;
  • Data de emissão;
  • Unidade Federativa do endereço atual;
  • Unidade Federativa da habilitação atual;
  • Número PGU (Prontuário Geral Único): CNHs emitidas após 1994 não possuem este dado;
  • Permissionário;
  • Quadro de observações da CNH;
  1. PID (Permissão Internacional de Direção): se houver.
  2. Habilitação estrangeira: se houver.
  3. Bloqueios ativos: se houver.

E quais são as diferenças entre as categorias disponíveis para Carteira Nacional de Habilitação?

Conduzir veículos automotores é o sonho de muitos brasileiros. Quando a CNH é conquistada, é evidente a autonomia que o condutor e sua família passam a ter, bem como uma sensação de liberdade e mais conforto na hora do deslocamento.

Além da responsabilidade que cidadãos habilitados possuem, afinal, todos devem prezar pela vida, é muito importante saber qual é o veículo que melhor atende aos anseios e às necessidades de cada motorista – seja para uso familiar ou empresarial.

Confira as diferentes CNHs disponíveis e veja qual combina mais com você  

  1. Autorização para Conduzir Ciclomotor (ACC): ela permite que os motoristas possam conduzir veículos de duas rodas com até 50 cm³ de cilindrada. Estes veículos não podem ser capazes de ultrapassar 50 km/h.
  2. CNH A: esta categoria de carteira de habilitação permite que o condutor dirija veículos de duas ou três rodas, com ou sem carro lateral, com mais de 50 cm³ de cilindrada. O motorista pode dirigir também ciclomotores da categoria ACC.
  3. CNH B: os cidadãos condutores ficam habilitados a dirigirem automóveis, quadriciclos e motorhomes. Ou seja, o motorista fica apto a dirigir veículos de quatro rodas com até 3,5 toneladas de peso bruto total e capacidade para até oito passageiros (nove, se contar com o condutor). É a categoria mais procurada.
  4. CNH C: ela abrange todos os veículos da categoria B e permite que o motorista conduza caminhões, tratores, além de máquinas de movimentação de carga e agrícola. São veículos de carga, não articulados, e com mais de 3,5 toneladas de peso bruto total. 
  5. CNH D: além de permitir que o condutor dirija todos os veículos das categorias B e C, esta categoria também deixa o motorista fica apto a conduzir veículos que transportam mais do que oito passageiros. São os casos de ônibus, micro-ônibus e vans. Ideal para quem quer trabalhar com transporte escolar, por exemplo.
  6. CNH E: é a mais completa e complexa categoria, pois permite que o motorista conduza os veículos dos tipos B, C e D, além de carretas e caminhões com reboque e semirreboque articulados. Estes são os veículos com unidade acoplada e que excedem 6 toneladas em seu peso bruto total. 

Lembre-se sempre: mais do que a escolha do veículo, passar pelo processo de formação de condutores de forma séria faz muita diferença na vida de todo motorista – e na dinâmica do trânsito, no geral. 

Curtiu o conteúdo e quer ficar sempre atualizado? Acompanhe nosso blog e as redes sociais:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *