vários pneus de carro
Categories:

Conheça as melhores marcas de pneus e saiba qual comprar

Ranking das melhores marcas de pneus: conheça o top10

Fique por dentro sobre as marcas de pneus disponíveis no mercado brasileiro, além de dicas para que os pneus possam durar mais. Afinal, nada como um ótimo custo-benefício, não é mesmo?!

Confira este artigo preparado pela Zapay e conheça as melhores marcas de pneus.  

– O que fazer para que os pneus durarem mais? 

– O que devo saber antes de comprar um pneu? 

– Quais são as melhores marcas de pneus? 

– Pirelli 

– Dunlop 

– Nexxen 

– Bridgestone 

– Michelin 

– Yokohama 

– Goodyear 

– Continental 

– 3 marcas de pneu mais vendidas? 

– Quais são as marcas de pneus mais em conta?

O site da Zapay é sempre uma mão na roda!

Conheça nossos serviços e aprenda a consultar placa do veículo e a pagar multas vencidas.

Saiba como parcelar multas, impostos e demais tributos em até 12 vezes no cartão de crédito.

Vem que a Zapay te ajuda a deixar sua vida veicular em dia!

O que fazer para que os pneus durarem mais? 

Trocar os pneus demanda sempre organização financeira por parte do proprietário do veículo. Tanto pela segurança quanto pelo alto custo na hora de comprar novos pneus, é importante que o motorista saiba como conservar o conjunto de pneus. Ou seja: é necessário saber quais são os cuidados a serem tomados para que a vida útil destes itens possa se prolongar.

Para manter o bom estado de conservação dos pneus, confira as dicas que separamos – para ajudar no desempenho do veículo e pesar menos no bolso:

  1. Atente-se à pressão dos pneus – respeite o manual do fabricante. Afinal, circular com o pneu abaixo do recomendado pela montadora faz com que a vida útil deste item reduza em até 10%. Além disso, a prática faz com que o veículo consuma mais combustível. 
  2. Fique de olho: não use pneus com desenho diferente no mesmo eixo. A tecnologia está a favor da durabilidade dos pneus, cada vez mais longa. Contudo, é necessário contar também com alguns cuidados para o uso adequado dos pneus. Atente-se ao sentido do giro, além do lado de montagem e do uso em estrada pavimentada ou terra, por exemplo. A falta de cuidado com estes pontos pode levar à perda de benefícios técnicos, como aderência entre os lados, a capacidade de escoar água diferente entre os lados, geração de ruídos e resistência à rolagem. Tais problemas podem desestabilizar o carro e colocar a segurança de todos em risco. 
  3. Respeite a capacidade máxima de carga do automóvel. O fabricante do veículo estipula qual é a carga que o veículo aguenta – esta informação pode ser encontrada na lateral do pneu. Mas o que acontece se o veículo trafegar com peso excessivo? A estrutura do pneu será danificada, haverá degaste da banda de rolagem, além de tornar o veículo bastante suscetível. Jamais circule com os pneus com baixa pressão e carga excessiva.
  4. Outro ponto que o condutor deve estar atento é quanto ao alinhamento do veículo, pois ele é garantia de direção segura. Quando o automóvel está desalinhado, pode ocorrer o desgaste prematuro dos pneus e de componentes da suspensão. Este problema pode ainda trazer aumento do consumo de combustível. Ou seja, além do impacto na segurança do veículo, há um peso no bolso do motorista. Você pode estar se perguntando: mas como saber se meu carro está desalinhado? Dirija-se até uma oficina mecânica de confiança, pois para realizar esta mensuração e potenciais correções são necessários treino e instrumentos adequados.
  5. O balanceamento é outro ponto que demanda atenção do condutor e está relacionado à segurança do carro. A falta de balanceamento é uma das responsáveis pelo desgaste prematuro e irregular nos pneus, o que exigirá que a troca seja antecipada. Quando o veículo não está balanceado ocorre uma má distribuição de massas ao longo do conjunto roda e pneu. A correção para esta situação é adicionar pequenas massas para compensar o desequilibro.
  6.  Mantenha sempre as válvulas de segurança protegidas, pois, caso haja ausência da tampinha de segurança (por exemplo) pode ocorrer acúmulo de sujeira no interior da válvula, danificando-a. Dica: sempre que trocar os pneus do carro, mude também as válvulas. Isso garante mais qualidade no componente. A consequência deste problema é a perda de pressão dos pneus. Outro cuidado que o motorista deve ter é atentar-se se a válvula de segurança ressecar, o que pode trincar o componente. A principal causa deste problema é a incidência de Sol na borracha.
  7. O rodízio de pneus é mais um ponto a ser considerado. É importante que o amigo condutor tenha em mente que o desgaste entre os pneus traseiros e dianteiros se dá de formas distintas. Assim, o rodízio aumentaria a vida útil dos pneus e garantiria maior desempenho – colocando o desgastante em níveis semelhantes entre as quatro rodas. Atente-se sempre às recomendações do fabricante. Recomenda-se que o rodízio seja feito a cada cinco mil (5.000) quilômetros.
  8. Fique atento para saber se o pneu do seu veículo necessita que coloque câmara de ar. Veículos leves atuais, costumam dispensar a câmara, por exemplo, pois são de feitos construção radial. Os veículos mais antigos eram de construção diagonal, por isso a necessidade da câmara de ar. Instalar a câmara sem necessidade pode trazer problemas de segurança ao veículo. Por isso, atente-se ao que diz o manual do proprietário e ao que diz o fabricante do pneu.
  9. Respeite sempre as medidas estabelecidas pelo fabricante do pneu e o trabalho conjunto feito com a montadora. Afinal, tais medidas originais de fábrica foram testadas para garantir o melhor e mais seguro desempenho do veículo, garantindo a dirigibilidade e a estabilidade.
  10. Pratique sempre a direção defensiva, para garantir um trânsito seguro para todos, zelar pela vida e evitar desgastes desnecessários e acentuados nos componentes do veículo, dentre eles, os pneus. 


Dica da Zapay: fique por dentro sobre a multa por pneu careca.

Pneu

O que devo saber antes de comprar um pneu? 

  • É recomendável que o condutor entenda as letras e os números que aparecem na lateral do pneu, pois trata-se dos códigos e etiquetas de identificação. Essas sequências indicam medidas, tipo de construção, veículo, índice de carga, índice de velocidade, treadwear, além da etiqueta padrão União Europeia (EU). 
  • Fique sempre ligado quanto às informações que constam no manual do fabricante do carro ou da motocicleta, pois é ali que constam todos os dados técnicos e demais orientações essenciais sobre o veículo. Afinal, é essencial saber qual é o pneu correto para o automóvel, com largura, tamanho e pressão ideal. 
  • Outro ponto relevante é que o condutor saiba identificar o tipo de automóvel que ele tem na garagem. Afinal, os pneus para SUVs grandes são diferentes daqueles utilizados para hatches pequenos, vans ou mesmo sedãs médios. 
  • Conheça as suas rotas: é importante verificar em quais locais o carro costuma ser mais usado. Isso impacta diretamente na velocidade adotada, no tipo de solo e potenciais obstáculos a serem enfrentados e que dizem respeito ao desgaste do pneu. Aliás, conhecer o solo onde o veículo mais transita ajuda a determinar a banda de rodagem.
  • Utilize sempre pneus cuja largura é condizente com as necessidades do veículo. Afinal, tanto a largura quanto os sulcos afetam diretamente a tração do carro, sua estabilidade e o desempenho do automóvel durante as frenagens. Além disso, pode trazer consequências aos componentes da direção e da suspensão. 
  • O peso máximo suportado pelo veículo também deve entrar nestes cuidados, pois transitar com carga acima do limite causa diminui a vida útil do pneu, pois ele fica desgastado. Além disso, há alto risco de acidentes graves.
  • Não compre pneus recauchutados, confira sempre a procedência dos pneus para o seu automóvel e preze pela qualidade.

Quais são as melhores marcas de pneus? 

Confira as principais marcas de pneus disponíveis no mercado brasileiro – e no mundo.

Pirelli

A Pirelli é referência mundial quando o assunto são pneus para carros de passeio, motos, ônibus, caminhões e bicicletas. A empresa italiana foi fundada em 1872, na cidade de Milão, pelo engenheiro Giovanni Battista Pirelli. 

A história da Pirelli no Brasil começou em 1929, após a aquisição da Conac, que era uma pequena fábrica de condutores elétricos, localizada no ABC paulista – mais precisamente, em Santo André.

Dunlop 

A Dunlop é outra empresa protagonista quando o assunto são produtos feitos a partir da borracha, com destaque no mercado automotivo. Trata-se de uma empresa escocesa, fundada em 1888, sendo uma marca de pneus originalmente produzida pela Dunlop Pneumatic Tire Company.

Hoje, a Dunlop é uma marca que faz parte do grupo Sumitomo Rubber Industries, cuja sede fica no Japão, com moderno centro de P&D, além e três campos de prova. Os pneus da marca estão presentes em mais de cem (100) países ao redor do globo.

A fábrica brasileira da Dunlop é a mais moderna unidade fabril de pneus em nosso país, produzindo pneus sem emenda, de modo a garantir mais precisão e segurança.  

Nexxen 

A Nexen Tire, por sua vez, é mais opção para o mercado de pneus, sendo uma referência no mercado de materiais sintéticos. Trata-se de uma empresa da Coreia do Sul, fundada em 1942, com sedes nas cidades de Yangsan e Seoul. Originalmente, seu nome era Heung-A Tire Company.

No Brasil, seus produtos estão voltados para atender demandas de carros, com boa variedade de pneus para esta categoria.

Bridgestone 

Mais uma forte protagonista no mercado de pneus no Brasil e no mundo, a Bridgestone é um nome bastante forte no meio esportivo, com forte atuação na Fórmula 1 até 2010 e, atualmente, é a patrocinadora oficial da Copa Libertadores da América (futebol).

Engana-se quem pensa que a Bridgestone é uma empresa norte-americana: trata-se de um conglomerado japonês com forte atuação na indústria da borracha. Foi fundada em 1931, na cidade de Kurume, com objetivo inicial de abastecer os veículos japoneses da II Guerra Mundial.

A primeira fábrica fora do Japão foi aberta em Singapura, em 1965. Em 1988, a Brigestone assumiu o controle da Firestone (que era a segunda maior no ramo nos Estados Unidos) e hoje é líder no mercado mundial de pneus. 

Michelin 

A Michelin é a representante francesa da nossa lista de fabricantes de pneus com produtos disponíveis no Brasil. A empresa foi fundada em 1889 pelos irmãos Édouard e André Michelin, com sede em Clermont-Ferrand. O nome completo da empresa é Manufatura Francesa de Pneus Michelin.

Curiosidades: a empresa é a responsável pelo aclamado Guia Michelin, que classifica restaurantes e hotéis. Ostenta o mesmo mascote desde 1898, o boneco Michelin, também conhecido como Bibendum.

Hoje conta com 68 unidades de produção, distribuídas em 17 países, produzindo 178 milhões de pneus anualmente. Não à toa, a empresa está presente em mais de 170 países. 

Yokohama 

A Yokohama é uma empresa japonesa, criada em 1917. Já em 1921, apresentou o primeiro pneu de cordas feito no Japão, o Hama Town Cord. Hoje, é uma das maiores fabricantes de pneus em todo o globo, estando presente em mais de 120 países, com grande linha de produtos para veículos de passeio, alta performance, picapes, SUVs, utilitários, caminhões, ônibus, dentre outros. 

Goodyear

A Goodyear é uma empresa norte-americana, fundada em 1898, em Akron (Ohio), por Frank Seiberling. Trata-se de mais um protagonista global quando se trata de pneus para carros, caminhões comerciais e leves, utilitários esportivos, veículos de corrida, aviões, dentre outros. 

A empresa é bastante conhecida no mundo todo devido ao primeiro dirigível lançado por ela, que voou em 1925. O objeto é considerado um ícone publicitário no mundo. A empresa tem ainda forte atuação na Fórmual 1 e é a única fornecedora de pneus para a NASCAR (Associação Nacional para Corridas de Carros de Série).  

Continental 

A Continental é a representante da Alemanha nesta lista. Mais uma gigante na indústria de pneus automotivos, a Continental AG foi fundada em 1871, na cidade de Hanôver. Tem forte mercado na Europa, mas também no continente asiático e americano. 

Trata-se também de uma referência quando o assunto são pneus, trazendo sempre inovação, tecnologia e segurança. A Continental oferece equipamentos eletrônicos e pneus para marcas como BMW, Audi e Volkswagen.

3 marcas de pneu mais vendidas? 

As três (3) marcas de pneus mais vendidas no Brasil são: Pirelli, Bridgestone e Goodyear.

Quais são as marcas de pneus mais em conta?

Os pneus mais baratos disponíveis no mercado são: Ling Long Green Max, Goodride RP28, Formula Energy, Xbri Ecology e Continental EcoContact 3.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *