tração
Categories:

O que é tração de carro e como ela funciona?

Mas, afinal de contas, para que serve a tração de um carro? A Zapay lhe ajuda a entender melhor o que é esta força de tração e quais são os tipos disponíveis nos diversos modelos de automóveis que constam no mercado brasileiro.

– Quais são os tipos de tração de carro? 

– Tração 4×2 

– Tração 4×4 

– Tração AWD 

– Qual a melhor tração? 

– Tração dianteira 

– Tração traseira

Dica da Zapay: gosta de SUVs, amigo condutor? Conheça alguns dos principais modelos altos disponíveis no mercado brasileiro e escolha aquele que atende às necessidades de sua família. 

Quais são os tipos de tração de carro? 

É importante que o amigo condutor tenha em mente que todos os veículos automotores apresentam tração, que é uma força fundamental para que o automóvel possa funcionar. 

Afinal, é a tração a responsável pelo efeito de puxar, arrastar ou movimentar o veículo – em outras palavras, ela é a força que o motor emite para que as rodas possam funcionar e, como consequência, o automóvel irá andar. A tração pode ser entendida como uma força de atrito intermediária, que faz o veículo se deslocar, com diferenciações feitas de três formas: dianteira, traseira e nas quatro rodas.

Quando falamos em tração traseira, a referência é a potência do motor jogada para as rodas da frente do carro, que são as responsáveis por puxar o veículo. Por sua vez, a tração traseira é recomendada aos automóveis que carregam peso na parte de trás, como as picapes. Já, quando há tração nas quatro rodas, a força é feita tanto na parte dianteira quanto na traseira.

Assim, há três tipos de tração de automóveis: 4×2, 4×4 e AWD. A seguir, saiba mais sobre cada uma delas.

Dica da Zapay: fique por dentro sobre as principais marcas de pneu disponíveis no mercado. Não vacile, amigo motorista: esteja sempre com os pneus em dia (calibrado e com as fissuras necessárias) – não se esqueça de cuidar do estepe!

Tração 4×2 

A tração 4×2 leva este nome, pois, descreve a quantidade de rodas no veículo, bem como a quantidade de rodas motoras presente no carro. Assim, o número quatro diz respeito ao número de rodas que o veículo possui, sendo que apenas duas são motoras.

Vale destacar que os veículos que possuem essa configuração, podem apresentar tração dianteira ou traseira. Caso seja tração dianteira, as duas rodas motrizes são as frontais. Por sua vez, se for tração traseira, as duas rodas motrizes serão as de trás.

O site da Zapay é sempre uma mão na roda!

Conheça nossos serviços e aprenda como quitar os seus débitos veiculares.

Aqui você pode consultar placa do veículo e ficar por dentro sobre a vida burocrática do seu carro ou de sua motocicleta.

Saiba como parcelar multas, IPVA, licenciamento em até 12 vezes no cartão de crédito.

Vem que a Zapay lhe ajuda a deixar sua vida veicular em dia!

força da tração

Tração 4×4 

No caso de um automóvel com tração 4×4, ele apresentará quatro rodas, sendo todas as quatro rodas motoras. Há duas vertentes quando falamos em carros 4×4 – aqueles que possuem tração All Whell Drive (AWD) e os que apresentam tração Four Wheel drive (4WD).

Há ainda a tração reduzida, presente em veículos 4×4. Alguns destes carros apresentam o conjunto de câmbio Hi (High) e Lo (Low), sendo o Hi referente ao câmbio normal para ser utilizado no dia a dia do condutor e o Lo (ou reduzida) para situações específicas, como terrenos com pouca tração – geralmente, é utilizado em trilhas. 

Assim, a marcha reduzida diz respeito a um conjunto de engrenagens especiais, cujo intuito é ampliar o torque do motor para ser utilizado em situações adversas.

No tópico a seguir, conheça mais sobre as vertentes AWD e 4WD.

Tração AWD 

Na tração AWD todas as rodas do veículo são motrizes, de modo a caracterizar uma tração integral a todo momento. A proposta da tração 4WD (quatro rodas motrizes) deixa a possibilidade de escolher entre duas ou quatro rodas motoras.

Assim, com a tração 4WD, o motorista pode escolher a tração em duas ou em quatro rodas, a partir do acionamento do comando por intermédio do botão ou alavanca, a depender do modelo e do sistema do carro.

Qual a melhor tração? 

Para saber qual é a melhor tração a escolher, é necessário conhecer as necessidades individuais de cada condutor. Se a prioridade for economia de combustível e condução em estradas pavimentadas, a tração dianteira pode ser a melhor opção. Porém, se a procura for por desempenho esportivo ou a necessidade de lidar com cargas pesadas, a tração traseira pode ser mais adequada. 

É importante também ter em mente que a tração nas quatro rodas é recomendada para situações onde a aderência e a estabilidade em condições adversas são essenciais.

Por isso tais razões, é essencial que o amigo condutor examine quais são as suas necessidades, para que elas possam ser sanadas com o automóvel ideal, no que diz respeito a consumo de combustível, espaço, força e desempenho. 

Tração dianteira 

Os veículos populares (de baixo custo) costumam apresentar tração dianteira (FWD). São carros que costumam ser mais econômicos. Este tipo de tração proporciona mais segurança às pessoas que costumam andar em carros com tração. 

Desse modo, a tração dianteira serve para tornar o chassi mais compacto, não sendo necessário muito espaço, pois tanto as rodas quanto o motor são impulsionados pela dianteira do carro. 

Vale destacar que os carros com tração dianteira tem motor transversal, que fica de um lado para o outro, enquanto que os veículos com tração traseira apresenta motor longitudinal, da frente para trás.

Como, nesse sistema, a potência do motor é transmitida apenas para as rodas dianteiras, a tração dianteira, geralmente, oferece uma melhor eficiência de combustível, um menor custo de produção e um melhor desempenho em condições normais de condução, como estradas pavimentadas. É comumente encontrado em carros compactos, sedãs e veículos de passeio.

A tração dianteira apresenta vantagens, como:

  1. Mais espaço interior no automóvel.
  2. Menor peso.
  3. Melhor direção e eficiência.
  4. Centro de gravidade que melhora a tração.
  5. Manuseio previsível. 

Tração traseira

Os carros que apresentam tração traseira (RWD) estão aptos a realizarem manobras esportivas, por apresentarem mais equilíbrio, melhor divisão de peso e desgaste dos pneus por igual. Estes veículos apresentam maior potência e são mais fáceis de serem rebocados, além de melhor distribuição de peso durante aceleração.

Vale reforçar que os carros com tração traseira são aqueles cujo motor aciona somente as rodas traseiras. Hoje, estes veículos estão cada vez mais raros, mas é possível encontrar este tipo de tração em caminhonetes, como a Toyota Hilux. Há algumas décadas, a tração traseira fez muito sucesso em carro como Chevrolet Opala, Chevrolet Ômega e Ford Maverick.

Nesse sistema, como a potência do motor é enviada para as rodas traseiras, a tração traseira tende a oferecer um melhor equilíbrio de peso, uma distribuição mais uniforme do peso e uma melhor capacidade de lidar com altas cargas de potência. Isso é particularmente vantajoso para carros esportivos de alto desempenho e veículos de grande porte, como picapes e SUVs maiores. A tração traseira também pode oferecer uma melhor sensação de direção e controle em certas situações.

Veículos, como as caminhonetes, apresentam tração traseira devido às cargas, que, por sua vez, ficam sobre as rodas de trás, que são as que fazem força de aceleração. Desse modo, a tração traseira ajuda a evitar o deslizamento do automóvel em ladeiras ou mesmo em estradas escorregadias, devido à lama. 

Assim, para realizar trabalhos mais pesados, a recomendação é que o carro tenha tração traseira. Confira outras vantagens de carros com tração traseira:

  1. Freiam com mais segurança.
  2. Têm melhor direção.
  3. Têm manutenção mais fácil.
  4. Possuem maior capacidade de reboque.
  5. Contam com motores mais potentes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *