MOTOS
Categories:

Descubra o que é DUT de moto

As motos são a preferência de muitos motoristas que desejam fazer mais economia no combustível, na agilidade de locomoção e, dependendo do modelo, no preço da compra desse veículo. Apesar dessas vantagens, existem processos similares com os carros, como a transferência de documentos de venda e compra. Por isso, nós da Zapay vamos ensinar o que é DUT de moto. Logo abaixo!   

 

O que é um recibo de compra e venda do veículo?

Se você ainda não sabe o que é DUT de moto, então provavelmente nunca vendeu ou comprou uma moto usada ou seminova. 

Isso porque o DUT é um documento obrigatório que deve ser realizado sempre que realizar uma transação que envolva a venda e compra de um veículo. 

Nesse caso, DUT de moto representa Documento Único de Transporte de uma motocicleta, que foi vendida para outro proprietário. 

É preciso regularizar esse documento após a compra da moto para evitar problemas para o antigo e o novo proprietário do veículo. Então agora você sabe o que é DUT.

Onde fica o DUT no documento da moto?

Ainda tem dúvidas sobre o que é DUT e recibo de moto, então é porque está pesquisando quais informações constam nesse documento obrigatório para transferência do veículo.

Na versão frontal do DUT de moto constam todas as principais características do automóvel, por exemplo: cor, ano, modelo, placa, tipo de combustível, número do Renavam, entre outras.

Já na parte de trás do DUT, constam os nomes dos antigos proprietários da moto. Por isso, o DUT precisa estar sempre atualizado.

No entanto, não é preciso sempre portar o documento enquanto estiver dirigindo. Na verdade, o ideal é manter esse documento guardado em segurança em casa. 

Esperamos que você tenha entendido de fato o que é DUT de veículo, então podemos seguir com o texto com mais detalhes sobre esse assunto.

Qual é o DUT da moto?

Após entender o que DUT, você deve estar se perguntando qual é o DUT da moto, tentando se referir ao código de segurança CRV.

O CRV (Certificado de Registro de Veículo), é nome dado ao antigo DUT (Documento Único de Transferência). Isso mesmo! O DUT é atualmente chamado de CRV. 

Apesar da mudança de nome, é importante saber que os motoristas brasileiros ainda não se acostumaram com a mudança e continuam usando o termo DUT. Então fique tranquilo e continue usando esse nome.

Portanto, o número desse código possui 11 caracteres e fica na parte superior direita, logo abaixo do número do CRV. 

Essa numeração é atribuída pelo sistema Renavam, sem a possibilidade de ser alterado pelo Detran.

Além disso, esse código é muito importante para o motorista gerar o documento de licenciamento do veículo (CRLV), seja na versão digital (no aplicativo Carteira Digital de Trânsito), seja para imprimir o documento.

Qual o valor do DUT?

O valor do DUT, ou seja, do documento de transferência da moto, varia de acordo com o Detran de cada cidade ou estado. Portanto, verifique no local onde você mora quanto custa para fazer uma transferência de moto.

Separamos alguns exemplos de preços para esse tipo de documento em São Paulo, que custa R$ 212,60 (veículos com licenciamento em dia), no Rio de Janeiro o valor é R$ 173,03, já em Minas Gerais custa R$ 181,87. 

É importante ressaltar que além do preço para a atualização do nome do proprietário do veículo, ainda é preciso pagar o estampamento de placas, caso a moto realizou a mudança de estado ou cidade ou ainda não possui o emplacamento do Mercosul. 

Ainda também é preciso arcar com a despesa pela vistoria para verificar a situação do veículo, nesse caso, da moto.

Como saber se o DUT é digital?

Como saber se é DUT Digital? Para descobrir se o documento de transferência de propriedade do veículo está digitalizado, você precisa fazer o download gratuito do DUT.

Para fazer o download gratuito do PDF completo, primeiro você precisa baixar o app do Poupatempo no seu celular ou acessar o site do Detran do seu estado.

Em seguida, preencha corretamente os dados do vendedor e do comprador, confira com muita atenção cada uma das informações fornecidas e leia o termo de ciência. Depois, é só baixar e imprimir o ATPV-E, um documento que reúne o Certificado de Registro de Veículo (CRV) — novo nome do DUT. E pronto! Agora você sabe que esse é o DUT digital.

Principais cuidados com o DUT da moto

Vamos contar as principais dicas para quem tirou, deseja tirar ou perdeu o DUT da moto. Confira quais são os maiores cuidados, a seguir: 

Mantenha o documento em casa  

Como citamos neste texto, diferente de outros documentos de porte obrigatório, o DUT da sua moto pode ser mantido na sua casa. 

Isso porque o DUT do veículo não será solicitado em paradas e operações realizadas pelos órgãos de trânsito. 

Além disso, manter o DUT guardado em segurança não coloca em risco o vazamento das informações que constam no documento, como o número do chassi, Renavam, nome, CPF e endereço do proprietário, a orientação é guardá-lo bem.

Não confunda o DUT com o CRLV 

O CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo) é muitas vezes confundido com o DUT (Documento Único de Transferência). 

No entanto, são documentos totalmente diferentes, já que o CRLV se diferencia pelo fato de ser emitido anualmente e serve como um comprovante de que o automóvel está devidamente licenciado.

Já o CRV ou DUT, como é mais conhecido, dura toda a vida útil do automóvel, independente da data de emissão. 

Seja cauteloso na hora de preencher o DUT

Evite rasuras com os dados do novo proprietário no momento da venda de um veículo ao preencher os campos solicitados do DUT da sua moto. 

É importante saber que a parte de trás do documento é o espaço indicado para inserir os dados do novo proprietário.

Ao marcar alguma informação errada, o antigo proprietário pode acabar tendo seu nome envolvido em situações que geram multas ou até em casos mais graves, como acidentes. 

Lembre-se das principais informações que devem constar no DUT:  nome completo do comprador, valor da venda do moto, endereço, local, data, números de RG e CPF, além, claro, a assinatura do vendedor do veículo e do comprador.

Assine e autentique o DUT no cartório e leve ao Detran

Após preencher as informações, o antigo e novo proprietário da moto precisam comparecer ao cartório para reconhecer firma em Cartório e atestar a transação da venda.

Em seguida, após fazer uma cópia autenticada do documento, o novo proprietário da moto precisa levar o CRV ao Detran do seu e Estado para finalizar o procedimento da compra do veículo.

Cuidado em receber multa por causa do DUT

Os motoristas que venderam ou compraram uma moto usada ou seminova precisam ter cuidado com as penalidades dadas em algumas situações envolvendo o DUT. 

Isso porque o não cumprimento da realização desse procedimento em um prazo de até 30 dias após a venda da moto pode acarretar uma multa de R$ 195,23 a ser paga pelo novo proprietário, e ainda gera 5 pontos na carteira.

Outra forma de ter problemas com a não realização do DUT da moto após a venda e compra do veículo é a possibilidade do novo proprietário receber multas com o nome do antigo dono da moto ainda no documento. 

Nesse caso, o ideal é o antigo proprietário conversar com o comprador da moto e pedir que ele faça a consulta e o pagamento da multa no site da Zapay. 

Saiba o que fazer se perder o DUT da moto

Perdeu o DUT da sua moto? Então saiba o que fazer para recuperar esse documento tão importante para os proprietários de veículos.

O primeiro passo que o motorista precisa dar após a perda do documento é fazer um B.O (Boletim de Ocorrência). Sem esse procedimento realizado não será possível dar entrada no pedido da segunda via do DUT no Detran.

Em seguida, preencha a requisição encontrada nos sites do Detran para o pedido da segunda via do DUT da sua moto.

Vá até o Detran, leve o Boletim de Ocorrência, além dos seguintes documentos: RG, CPF ou CNPJ (caso a moto seja de propriedade de uma Pessoa Jurídica) – documentos originais e uma cópia simples.

Faça a solicitação da segunda via do DUT da moto, aguarde a vistoria no veículo para o Detran dar entrada na sua solicitação. Feito isso, você poderá preencher o formulário do Renavam e aguardar a chegada do novo documento, que será enviado para o seu endereço pelos Correios.

Agora você sabe o que é DUT de moto! Quer saber mais informações sobre DUT e outros temas relacionados? Então leia o blog da Zapay!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *