Multas de Trânsito Prefeitura SP
Categories:

Aprenda o passo a passo para consultar multas na Prefeitura SP

Você tem dúvidas sobre as multas da Prefeitura SP? Fique tranquilo, pois a Zapay lhe ajuda com mais essa. 😉

Neste artigo, é possível tirar dúvidas sobre consultar multas na Prefeitura SP, como pagar este débito veicular, como solicitar a imagem da multa, quanto demora para multa sair do sistema depois de paga, dentre outras dicas sobre as multas Prefeitura SP. Leia e saiba como evitar problemas na hora de quitar seus débitos.

Após a aprovação do pedido, os débitos irão ser liquidados junto à rede bancária. Depois desse processo, o DETRAN solicita até 2 dias úteis para que os débitos sejam baixados no sistema.

Como saber se tomei multa?

Segundo o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), de acordo com seu artigo 282, o proprietário do veículo é sempre informado quando ocorre uma infração com seu automóvel ou moto. O artigo afirma o seguinte: “Aplicada a penalidade, será expedida notificação ao proprietário do veículo ou ao infrator, por remessa postal ou por qualquer outro meio tecnológico hábil, que assegure a ciência da imposição da penalidade”.

O parágrafo 3º do artigo 282 ainda completa: “Sempre que a penalidade de multa for imposta a condutor, à exceção daquela de que trata o parágrafo 1º do artigo 259, a notificação será encaminhada ao proprietário do veículo, responsável pelo seu pagamento”.

Vale ressaltar que a multa financeira está atrelada ao registro do veículo e não à CNH (Carteira Nacional de Habilitação) do motorista infrator. Desse modo, outra maneira de saber se você tomou uma multa é através de um potencial impedimento na hora de fazer o licenciamento anual do automóvel, por exemplo. Para pagar este tributo, o condutor/proprietário do veículo deve estar em dia com o pagamento dos débitos, como o IPVA (Imposto sobre Propriedade de Veículo Automotor), o seguro DPVAT (Danos Pessoais por Veículos Automotores Terrestres) e as multas.

Sem o licenciamento automaticamente, não é possível renovar o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo, o CRLV. Portanto, não marque bobeira.

Além das multas, sabia que seu licenciamento pode ser parcelado? 

Sim, pois é!

Todo cidadão do estado de São Paulo, e também de outros estados brasileiros, que possuir dívidas de qualquer natureza relativas a veículos automotores podem realizar a quitação dos débitos em até 12 vezes utilizando cartões de crédito.

Dica: é possível utilizar até três (3) cartões de crédito diferentes, independentemente de ser da titularidade da pessoa que está pagando os débitos, garantindo a integridade da operação mediante senha pessoal e intransferível do título do cartão.

Vale ressaltar que podem ser parcelados todos os débitos veiculares, como multas, IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores) – inscrito ou não em dívida ativa –, Seguro DPVAT (Seguro por Danos pessoais causados por veículos automotores de via terrestre) e taxa de licenciamento. Fica a dica!

Você pode ainda utilizar a Zapay para realizar o pagamento dos seus débitos veiculares. Afinal, a Zapay é sempre uma mão na roda e oferece um serviço prático e rápido para que você possa circular com o seu veículo, de qualquer uma das categorias de CNH, tranquilo e dentro da legislação. 

Em nossa página, além de parcelar em até 12 vezes no cartão de crédito, você pode ainda fazer um PIX ou pagar via boleto bancário, TicketLog ou ainda Voucher. É só selecionar a opção que melhor cabe em seu bolso – e no seu orçamento familiar.  

Aplicativo Zapay
Pague suas multas em até 2x com a Zapay

Como solicitar a imagem de uma multa?

Quer reivindicar uma multa e precisa das imagens desta potencial infração? Então, é necessário que você solicite, junto ao DETRAN SP (Departamento Estadual de Trânsito), a microfilmagem de multas. Segundo o próprio departamento, trata-se do processo pelo qual o interessado ou seu representante legal faz a solicitação a microfilmagem de uma multa aplicada – uma microfilmagem para cada multa. “A microfilmagem é uma cópia fiel do documento original de multa, podendo até substituí-lo, servindo como uma prova direta junto à defesa prévia ou recurso para a verificação de alguma divergência, por exemplo, na forma, na marca do veículo, na placa, de erro de preenchimento e de rasura do agente de trânsito”.

Mas atenção: este serviço está disponível apenas para multas do DETRAN.

Conheça o passo a passo para solicitar a microfilmagem de multas, no caso de proprietários de veículos, segundo o DETRAN SP:

Para consultas sobre pontuação e informações sobre multas, acesse o portal do DETRAN SP e faça o login ou cadastre-se, em Serviços On-line e escolha a opção “Pesquisa de débitos e restrições de veículos do proprietário“.

1) Com o requerimento para microfilmagem preenchido e os documentos solicitados, compareça ao setor de protocolo da unidade mais próxima para protocolar o requerimento.

2) Para retirar a cópia da microfilmagem retorne no prazo informado na solicitação e dirija-se ao setor de entrega de documentos na unidade onde o requerimento foi protocolado.

Em seguida, compareça novamente à unidade do DETRAN (onde o serviço foi solicitado) para retirar a cópia da microfilmagem:

Na capital do estado de São Paulo: a retirada do documento poderá ser feita no prazo de 15 dias.
Outra cidade do estado de São Paulo: conforme o prazo indicado pela CIRETRAN (Circunscrição Regional de Trânsito).

Vale reforçar que este serviço atende apenas as multas aplicadas pelo DETRAN e que, na capital, o serviço é realizado nas unidades nos Postos Poupatempo, como Alesp, Cidade Ademar, Itaquera, Lapa, Sé ou Santo Amaro.

Como consultar multa na prefeitura SP?

Para consultar quaisquer multas à Prefeitura de SP, é necessário acessar o site oficial da prefeitura

No site oficial da Prefeitura de São Paulo, é possível consultar multas quanto solicitar a emissão de segunda via deste documento, entre outros serviços de auxílio ao condutor paulistano. Confira o passo a passo para realizar a consulta, segundo a Prefeitura de São Paulo:

Para consulta de multas de trânsito no município de São Paulo, primeiramente, verifique quem foi o órgão autuante:

– Autuação realizada pela CET/DSV (órgão municipal – cidade de São Paulo).

– Autuação realizada pelo DETRAN SP (órgão estadual – estado de São Paulo).

Vale lembrar que CET/DSV significa Companhia de Engenharia de Tráfego, responsável pelo Departamento de Sistema Viário. Já o DETRAN SP diz respeito ao Departamento Estadual de Trânsito do Estado de São Paulo. 

Para devolução de multa lançada, exclusivamente, pela CET/DSV, paga em duplicidade.

– A devolução de multa aplicada pela CET/DSV paga em duplicidade é realizada, automaticamente, mediante solicitação do munícipe, via internet.

Para informar nome do banco, agência e conta corrente via DAT- Devolução Automática de Tributos (cidadão que já possua Senha Web).

– Caso o valor não tenha sido disponibilizado após 40 dias da solicitação de devolução do pagamento em duplicidade, agende atendimento no CAF- Centro de Atendimento da Fazenda Municipal.  

Importante:   o agendamento prévio é obrigatório. Acesse a página designada para os agendamentos.  Escolha assunto: “IPTU”, serviço “reconhecimento de pagamento Multa de Trânsito”.

Para emissão de DAMSP para pagamento de multa de trânsito

Você sabe o que é o DAMSP? Trata-se do Documento de Arrecadação do Município de São Paulo. É um documento emitido pela Prefeitura (e que pode também ser impresso via internet), dotado de código de barras impresso que poderá ser pago nos diversos canais de recebimento disponíveis pelos bancos por meio da leitura do código de barra.

Passo a passo de como pagar a multa CET 

Para realizar a quitação de multa CET, há dois caminhos. O primeiro é o pagamento na rede bancária autorizada, somente por ocasião do licenciamento. O segundo diz respeito sobre a obtenção de segunda via da notificação para pagamento de multa, nos postos de atendimento do DSV/CET.

Multas DER

Uma dica: se você precisar pagar as multas DER (Departamento de Estradas e Rodagem), basta seguir este caminho:

Para efetuar o pagamento, informe o número do RENAVAM do veículo na rede bancária. Para tal, utilize o aplicativo do banco, internet banking, no caixa do banco ou caixas eletrônicos.

O pagamento deverá ser efetuado junto aos bancos conveniados relacionados abaixo, com 20% de desconto até a data de vencimento.

Após o vencimento, pelo valor total da multa, acrescido da variação mensal da taxa referencial SELIC, na forma dos artigos 21 e 22 da Resolução CONTRAN nº 619/2016.

OS bancos conveniados são:

  • 001 – BANCO DO BRASIL
  • 033 – SANTANDER
  • 104 – BANCO C.E.F.
  • 237 – BANCO BRADESCO
  • 341 – BANCO ITAU
  • 389 – BANCO B.M.B.
  • 422 – BANCO SAFRA
  • 633 – BC RENDIMENTO
  • 707 – BANCO DAYCOVAL
  • 756 – BANCO BANCOOB

Como gerar boleto de multa de trânsito? 

Para gerar o boleto de multa de trânsito é necessário solicitar a segunda via de multas para veículos registrados em São Paulo, no site oficial do DETRAN SP.

Trata-se de uma solicitação da 2ª via de Multa por Infração à Legislação de Trânsito (MILT), em caso de perda ou extravio, para realizar o pagamento ainda com o desconto legal de 20%. Ou seja, pagar a multa por 80% do seu valor, desde que não esteja com o prazo vencido e tenha sido aplicada pelo DETRAN SP. 

Ainda segundo o DETRAN SP, expirado o prazo e não realizado o pagamento, o valor da multa será atualizado na data do pagamento, devendo o interessado solicitar outra via da MILT na qual constará o valor atualizado sem o desconto legal.

Avisos importantes: 

  1. O serviço de segunda via da MILT está disponível apenas para multas aplicadas pelo DETRAN SP anteriores a 1º de novembro de 2016.
  2. O serviço é realizado somente mediante agendamento prévio.

Como pagar multa de trânsito da Prefeitura de São Paulo? 

Como você já aprendeu neste artigo, é necessário saber qual foi o órgão autuante: a CET/DSV (órgão municipal – cidade de São Paulo) ou o DETRAN SP (órgão estadual – estado de São Paulo).

No caso da CET/DSV, que diz respeito à multa vinda da Prefeitura de São Paulo, é necessário acessar o site Meu Veículo (meuveiculo.prefeitura.sp.gov.br/frmPesquisarRenavam.asp) e informar o código RENAVAM do veículo, assim como a placa do mesmo.

Em seguida, você deve digitar o texto da imagem e confirmar que não é um robô. Assim, você terá acesso ao boleto da multa para que o pagamento possa ser realizado em um dos bancos credenciados.

Como saber se levei uma multa no mesmo dia?

O melhor jeito é acessar o site do DETRAN de sua localidade e consultar a situação do veículo a partir da placa e do código RENAVAM (Registro Nacional de Veículos Automotores). Uma dica: a informação sobre a infração só fica disponível após ser cadastrada no sistema. 

Pode ser que você tenha cometido hoje uma infração e não necessariamente o registro conste no mesmo dia – isso não quer dizer que seu deslize no trânsito sumiu. O recomendável é acessar o site do DETRAN nos dias seguintes e/ou aguardar o envio da notificação ao seu domicílio.

Quanto tempo a multa sai do sistema depois de paga?

As multas costumam sair do sistema 24 horas após a compensação.

Quais são os órgãos autuadores presentes no trânsito brasileiro? 

Quais órgãos autuadores do trânsito brasileiro você conhece? Neste conteúdo, a Zapay lhe apresenta aqueles que controlam o trânsito, a partir de diferentes categorias de instituições governamentais. Vale frisar que os órgãos autuadores são aqueles órgãos legais que podem penalizar os proprietários de veículos automotores e motoristas. Eles podem ser municipais, estaduais ou ainda federais. Onde se implica cada atuação, quais são os limites de poder, quais órgãos devo recorrer para diferentes problemas – todas essas dúvidas são esclarecidas neste artigo

Avatar image of Ana
Written by

Ana

Em 2022, entrou para o time da Zapay, como Analista de SEO atuando com o planejamento de conteúdo para o blog com o objetivo de auxiliar e atuar no crescimento, ajudando a responder às principais dúvidas dos usuários sobre o universo automotivo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *