híbridos toyota
Categories:

Toyota resolve investir em híbrido fabricado no Brasil

Fique por dentro dos veículos híbridos Toyota e suas novidades para o mercado brasileiro. Além disso, conheça qual é o novo carro híbrido da Toyota, quando será produzido, o que são os automóveis híbridos plug-in flex, dentre outras dicas. 

– Novo carro híbrido da Toyota 

– Quando será produzido o novo Yaris Cross? 

– O que é carro um híbridos plug-in flex? 

– Toyota foi a primeira a trazer carro híbrido flex para o Brasil 

– Quando o híbrido fabricado no Brasil vai para as lojas?

Dicas da Zapay: conheça em detalhes o que são carros híbridos e suas vantagens.

Novo carro híbrido da Toyota 

A Toyota é sinônimo de investimento em tecnologia e boa mecânica, pontos que fazem a marca ser uma das queridinhas do mercado brasileiro. Assim, a montadora japonesa tem como próxima aposta para o segmento de veículos híbridos o Yaris Cross, modelo que começará a ser produzido em 2024.

Um dos principais pontos dessa novidade é que a Toyota já estabeleceu o local de produção desse SUV compacto híbrido no Brasil – a cidade de Sorocaba, no interior de São Paulo.

Dicas da Zapay: fique por dentro dos veículos híbridos mais baratos do Brasil.

Quando será produzido o novo Yaris Cross? 

A produção do Yaris Cross está programada para começar em dezembro de 2024, vale reforçar. Trata-se de um SUV compacto, que está posicionado abaixo do Corolla Cross no portfólio da Toyota. O carro, que será produzido em Sorocaba (SP) apresentará motor híbrido flex.

Nesse cenário, o lançamento do veículo está previsto para o final de 2024.

Vale a pena ter em mente que a Toyota tem um interessante plano de eletrificação: a ideia é que todos os carros da montadora tenham, ao menos, uma versão com algum nível de eletrificação. 

E é exatamente essa tendência que o Yaris Cross se enquadra. Aliás, ele é o terceiro carro com tecnologia híbrida flex produzido pela Toyota no Brasil, depois do sedã Corolla e do SUV médio Corolla Cross.

Segundo a montadora japonesa, a eletrificação não é apenas o futuro – ela já é o presente. A Toyota tem defendido publicamente a adoção de carros híbridos como um caminho mais rápido para a descarbonização. Os veículos elétricos são considerados ainda uma tecnologia demasiadamente cara, de acordo com a montadora, devido à mineiração dos materiais para as baterias, bem como a geração de energia em alguns países.

É válido destacar que o Yaris Cross foi apresenta na Ásia no último mês de meio. O veículo apresenta 4.310 mm de comprimento, 1.770 mm de largura, 1.615 mm de altura e 2.620 mm de entre-eixos. O carro faz uso da plataforma DNGA, que é uma variante da TNGA utilizada pelo irmão Corolla para modelos mais baratos desenvolvida pela Daihatsu. 

Já, no mercado global, o veículo é equipado com um motor 1.5 aspirado de 106 cv de potência e 14 kgfm de torque para as versões de entrada, e um 1.5 híbrido, que combina um propulsor a combustão de 80 cv e um elétrico de 90 cv.

A expectativa é que o Yaris Cross ajude a Toyota a aumentar sua presença no mercado brasileiro. Trata-se de um crescimento sustentável, considerando que a participação da marca no mercado nacional, hoje, é de 8,68% apenas para automóveis de passeio e 9,03% somando os comerciais leves.

Embora a Toyota esteja discutindo seu plano de investimento para o Brasil até 2030, a marca já adiantou que não há planos de nacionalizar o motor híbrido-flex por falta de escala no momento. Porém, esse cenário pode mudar no futuro, conforme as outras fabricantes de veículos começarem a oferecer tecnologias semelhantes, o que incentivará os fornecedores a produzirem componentes no Brasil, de modo a criar a escala necessária.

O amigo motorista que é fã da montadora pode já saber que há alguns produtos nos planos. Por exemplo, a Toyota iniciou os testes de um motor híbrido plug-in flex, usando o RAV4 como protótipo. Bora a Toyota ainda não ofereça nenhum PHEV no Brasil, essa é uma opção que pode ser uma realidade no futuro. Mais um modelo que está nos planos é a nova geração do Yaris – vendida apenas na versão sedã na Ásia

Dicas da Zapay: saiba mais sobre a relação entre carro elétrico e isenção de IPVA.

carro híbrido toyota

O que é carro híbrido plug-in flex? 

Os testes da Toyota com a tecnologia de veículos híbridos plug-in flex em nossos país é uma novidade que tem animado muito entusiastas dessa nova modalidade de automóveis. Para entender os ajustes necessários e projetar os planos de investimentos da montadora por aqui para os próximos cinco anos, os testes iniciais estão sendo feitos com o modelo RAV4, conforme você já aprendeu ao longo desse artigo.

Mas o que seria essa tecnologia? Oras, trata-se da combinação de um motor elétrico plug-in (que pode ser carregado na tomada) com um motor flex (um velho conhecido dos brasileiros, que pode ser abastecido com gasolina ou etanol). A Toyota já produz automóveis que combinam motores elétrico e flex, porém não plug-in.

De acordo com a montadora, essa nova tecnologia visa reduzi as emissões de carbono e aumentar a eficiência energética em cerca de 70% em comparação com os automóveis movidos somente à combustão.

Outra novidade é que a Toyota também está explorando o uso de hidrogênio de baixo carbono em colaboração com outras instituições e organizações. Hoje, a montadora lidera as vendas de carros eletrificados no Brasil, com especial destaque aos modelos Corolla e Corolla Cross, que já venderam 65.000 unidades no país, além de exportarem 55.000 unidades para outros países da América Latina.

Quais são as vantagens de um carro híbrido?

Os automóveis híbridos oferecem várias vantagens em relação aos veículos tradicionais movidos apenas por motores a combustão interna. Conheça alguns dos principais benefícios, a seguir: 

  • Eficiência energética: os carros híbridos combinam um motor de combustão interna com um motor elétrico, o que permite uma maior eficiência energética. Eles podem alternar entre os motores ou usá-los em conjunto, otimizando o consumo de combustível.
  • Economia de combustível: devido à capacidade de operar em modo elétrico em determinadas condições, os carros híbridos costumam consumir menos combustível, resultando em maior economia para os proprietários.
  • Redução de emissões: os carros híbridos produzem menos emissões de poluentes em comparação com os veículos movidos apenas por motores a combustão. O modo elétrico contribui para a redução das emissões durante a condução urbana.
  • Regeneração de energia: muitos automóveis híbridos usam sistemas de regeneração de energia durante a frenagem, convertendo a energia cinética em eletricidade para recarregar as baterias. Isso melhora a eficiência do sistema e reduz o desgaste dos freios.
  • Menos dependência de combustíveis fósseis: a capacidade de operar no modo elétrico reduz a dependência de combustíveis fósseis. E esse ponto é especialmente relevante à medida que a infraestrutura para veículos elétricos se expande, o que permite uma transição mais suave para opções mais sustentáveis no futuro.
  • Incentivos fiscais e benefícios ambientais: em muitos lugares, os carros híbridos podem ser elegíveis para incentivos fiscais e benefícios ambientais devido à sua eficiência energética e às menores emissões de poluentes.
  • Condução silenciosa: o modo elétrico dos carros híbridos proporciona uma condução mais silenciosa em baixas velocidades, contribuindo para um ambiente urbano mais tranquilo.
  • Tecnologia avançada: os veículos híbridos frequentemente apresentam tecnologias avançadas, como sistemas de recuperação de energia, monitoramento do consumo de combustível em tempo real e integração de dispositivos inteligentes.
  • Desgaste reduzido do motor a combustão: a operação mais suave do motor elétrico e a capacidade de desligar o motor a combustão em determinadas situações contribuem para reduzir o desgaste e prolongar a vida útil do motor.
  • Resposta rápida e torque instantâneo: os motores elétricos proporcionam um torque instantâneo, resultando em uma resposta rápida e suave durante a aceleração.

Embora os carros híbridos ofereçam diversas vantagens, é importante que o amigo motorista considere as necessidades individuais, os padrões de condução e a disponibilidade de infraestrutura de carregamento ao decidir se um carro híbrido é a escolha certa para o seu dia a dia.

toyota híbrido

Toyota foi a primeira a trazer carro híbrido flex para o Brasil 

Após dois anos do início das vendas do Prius no Brasil, em 2015, a Toyota começou os trabalhos conjuntos, entre engenheiros brasileiros e japoneses, para o desenvolvimento de uma tecnologia que se tronou referência mundial e é exclusiva para o mercado brasileiro: a híbrida flex.

Trata-se de um direcionado no sentido de extrair o potencial máximo de cada solução: a lata eficiência e os baixos níveis de emissões de poluentes ao fazer uso de combustível oriundo de uma fonte 100% renovável.

A partir do anúncio feito em setembro de 2018, houve investimento de R$ 1.000.000.000 na fábrica da Toyota em Indaiatuba (SP). Na ocasião, a montadora japonesa confirmava o bem-sucedido Corolla como o primeiro modelo fabricado no Brasil a oferecer a inédita tecnologia híbrida flex. Assim, o carro tornou-se uma referência em seu segmento e em toda indústria automotiva do país.

O lançamento do Corolla híbrido flex ocorreu em setembro de 2019, sendo o modelo um líder absoluto no segmento de sedãs médios, além de ser o responsável pela expansão e pela popularização dos veículos híbridos flex no Brasil.

Quando o híbrido fabricado no Brasil vai para as lojas?

A previsão é que o Yaris Cross seja lançado no Brasil até o final de 2024. 

Quais são os cuidados que os motoristas devem ter ao conduzirem carros híbridos?

Ao longo desse artigo, você já aprendeu que os carros híbridos combinam um motor de combustão interna com um motor elétrico, de modo a oferecer eficiência energética e redução de emissões de poluentes. 

Assim posto, ao dirigir um automóvel híbrido, é importante considerar alguns cuidados específicos para otimizar o desempenho e a durabilidade do veículo. A seguir, confira alguns cuidados que os motoristas devem ter ao conduzirem carros híbridos, no geral:

  • Leia o manual do proprietário: familiarize-se com as especificações e recomendações do fabricante no manual do proprietário, pois os carros híbridos podem ter características específicas que diferem dos veículos tradicionais.
  • Manutenção regular: siga o programa de manutenção recomendado pelo fabricante para garantir o bom funcionamento tanto do motor a combustão quanto do sistema elétrico.
  • Condições de carga da bateria: mantenha as baterias carregadas dentro das faixas recomendadas pelo fabricante. Fique atento, pois a falta de carga ou uma carga excessiva pode afetar negativamente o desempenho e a vida útil da bateria.
  • Cuidado com o freio regenerativo: aproveite o sistema de freio regenerativo, que converte a energia cinética em eletricidade para recarregar a bateria. No entanto, esteja ciente de que, em algumas situações, o sistema pode não ser tão eficiente, e o freio convencional deve ser usado.
  • Acompanhe o medidor de carga: muitos carros híbridos têm um medidor de carga que indica quando o veículo está operando apenas no modo elétrico. Esteja atento a esse medidor para otimizar o uso da energia elétrica.
  • Condições de condução: conduza de maneira suave e evite acelerações e frenagens bruscas. Esse cuidado ajuda a otimizar o uso do motor elétrico e a economizar combustível.
  • Cuidado com o ambiente operacional: evite expor o veículo a condições extremas de temperatura por longos períodos, pois isso pode afetar a eficiência das baterias.
  • Verificação do sistema de arrefecimento: certifique-se de que o sistema de arrefecimento esteja funcionando corretamente para garantir que as baterias não superaqueçam.
  • Atualizações de software: fique atento a eventuais atualizações de software oferecidas pelo fabricante, pois elas podem melhorar o desempenho e a eficiência do veículo.
  • Treinamento e conhecimento: se você, amigo motorista, estiver mudando de um veículo convencional para um híbrido, pode ser útil buscar informações e treinamento específico para entender completamente os recursos e as peculiaridades do carro.

Vale lembrar que essas são recomendações gerais, de modo que é indicado seguir as instruções específicas do fabricante do veículo para garantir a melhor experiência de condução e a longevidade do carro híbrido.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *