motorista de aplicativo
Categories:

O que é preciso para iniciar como motorista de aplicativo e como ganhar dinheiro ?

Uma das profissões que mais têm ganhado adeptos nos últimos anos é a de motorista de aplicativo. E este movimento é bastante condizente com o cenário socioeconômico que vivemos: muitos fazem parte de plataformas globais, que mostram novas formas de trabalho, é uma opção para tornar um bem passível em algo rentável (como é o caso de carros e motos) e é uma ocupação para quem está desempregado ou procurando fazer uma renda extra – e reforçar o orçamento familiar.

Fato é: os efeitos da pandemia seriam ainda piores sem o trabalho de motoristas por aplicativos e entregadores delivery. 

Neste artigo, saiba como ser motorista de aplicativo, quanto ganha um motorista de aplicativo, como fazer o cadastro na URBS para motorista de aplicativo, entre outras dicas válidas para todos aqueles que querem adentrar esse universo. Leia o conteúdo e saiba mais!

– Por que se tornar motorista de aplicativo? 

– Principais aplicativos para trabalhar como motorista

Por que se tornar motorista de aplicativo?

Um dos principais motivos que fazem condutores optarem para se tornarem motoristas de aplicativo é a possibilidade de mais renda ou de alguma renda (no caso daqueles que estão desempregados) e também a flexibilidade quanto aos horários. Além disso, há a autonomia em muitos casos – o famoso ser seu próprio chefe.

E quando ganha um motorista de aplicativo? Mensalmente, estes profissionais podem ganhar entre R$1.500 e R$2.800, no início. Ou seja, uma média de R$2.100.

Mas vale o aviso de que é necessário ter muita responsabilidade, não só quanto à legislação de trânsito, que também é importantíssima. Afinal, se o motorista de aplicativo não trabalhar, ele não recebe remuneração alguma. Considere muito estes pontos antes de optar por ser um motorista de aplicativo:

– Você pode criar sua própria rotina, com bastante flexibilidade. Ou seja, você pode conciliar o trabalho como motorista com outro emprego foral ou ainda informal que você tenha. 

– É possível trabalhar em horários alternativos. O período da madrugada, por exemplo, tem uma tarifa diferenciada, o que pode fazer com que a sua remuneração seja ainda melhor. Afinal, este é o horário que frequentadores de bares, restaurantes e baladas requerem o serviço. E vale o alerta e a justificativa para esta procura: quem pensa em sair e beber alcoólicos enquanto se divertir, deve deixar o carro em casa e procurar ou uma carona ou um serviço de transporte.

– Ser seu próprio patrão! Este ponto é um dos principais para muitos que optam por trabalhar com motorista de app. Quem não gostaria de passar mais tempo com a família, os amigos ou mesmo praticando um hobby, não é mesmo?!

– Os seus ganhos serão sempre relacionados ao quanto você trabalha. Sendo assim: quanto mais você trabalhar, mais você vai ganhar. Essa flexibilidade quando à remuneração permite que você possa compensar dias também.

– O dinamismo da rotina. Nenhum dia é igual ao outro quando você trabalha como motorista de app. São trajetos diferentes para percorrer e pessoas diferentes a serem transportadas. O que, de fato, pode trazer uma experiência única a cada corrida.

– Atente-se sempre à manutenção do seu carro. Este é um cuidado inegociável, afinal é a sua ferramenta de trabalho e trata-se da segurança de todos e da sua.

– E lembre-se: sempre que trabalhar com público segurança é essencial. Siga sempre as recomendações da empresa a qual você estará prestando serviços e repórter toda e qualquer situação suspeita. 

Leia também: Conheça a URBS

Se você é motorista de aplicativo ou pretende ser e reside no estado do Paraná, é importante conhecer a URBS – Urbanização de Curitiba S/A. Ela foi criada com o objetivo de administrar o FUC – Fundo de Urbanização de Curitiba, para desenvolver obras de infraestrutura, programas de equipamentos urbanos e atividades relacionadas ao desenvolvimento urbano da cidade, como pavimentação, iluminação, saneamento e paisagismo. A empresa ainda é responsável pelo gerenciamento e o pelo planejamento operacional do transporte coletivo, além do gerenciamento do sistema de táxi e, desde 2006, da atribuição de operalizar o funcionamento da atividade de motofrete na cidade.

Quanto aos motoristas de aplicativos de transporte, a URBS informa que seu cadastramento no sistema é uma exigência legal e ficará aberto, podendo ser feito a qualquer tempo, tanto para motoristas que vierem a entrar no sistema quanto para aqueles que são antigos. Não há nenhuma taxa municipal a ser recolhida no cadastro, porém é necessário que o motorista pague iam taxa de cartório para obter as certidões de antecedentes criminais que precisam ser apresentadas. O cadastramento é simples e totalmente on-line e a carteirinha é virtual. Este cadastramento é importante para assegurar mais qualidade e segurança na prestação do serviço para motoristas e usuários. O veículo conduzido por motorista não cadastrado está sujeito ao artigo 231 do Código Brasileiro de Trânsito, parágrafo VIII. Para mais informações ligue para (41) 3320-3345, horário de atendimento: em dias úteis, das 12h30 às 18h30.

Conheça algumas leis direcionadas aos motoristas de aplicativo, selecionadas pela URBS

Instruções Normativas
Lei nº 12.587/2012 – “Institui as diretrizes da Política Nacional de Mobilidade Urbana”
Lei nº 13.640/2018 – “Altera a Lei nº 12.587, de 3 de janeiro de 2012, para regulamentar o transporte remunerado privado individual de passageiros”
Decreto Municipal nº 1302/2017 – “Dispõe sobre o sistema de transporte privado individual a partir de compartilhamento de veículos.”
Decreto Municipal nº 1103/2019 – “Regulamenta o cadastro do motorista junto à URBS”
Lei Municipal nº 15.603/2020 – “Dispõe sobre trânsito livre para motoristas de aplicativo para embarque e desembarque de passageiros nos grandes eventos na cidade de Curitiba”
Decreto Municipal nº 1072/2021 – “Suspende a contagem da vida útil dos veículos cadastrados na URBS durante a situação de pandemia”
Resolução nº 148, de 2 de agosto de 2019 – “Inclui a ocupação no MEI – motorista por aplicativo.”

Quais são os requisitos dos aplicativos?

Para trabalhar com aplicativos, como Uber e 99, você deve seguir os seguintes critérios:

– Ser maior de idade (ter mais de 21 anos).

– Não ter antecedentes criminais.

– Ter CNH categoria B definitiva com EAR (Exerce Atividade Remunerada).

– Ter CLRV (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo).

– Seu veículo deve ter DPVAT (Danos Pessoais por Veículos Automotores Terrestres).

– Ter um smartphone com acesso à internet e compatível com a empresa que você presta serviço.

Você não precisa ter o carro próprio para prestar serviços a estes aplicativos. É possível trabalhar como motorista de aplicativo atuando com um carro de aluguel. 

Exigências para os motoristas 

Além das exigências acima, há outros detalhes importantes que podem fazer muita diferença para o motorista ser bem-sucedido. São dicas, mas que podem lhe render uma ótima nota no app.

São eles: seja gentil e pense em detalhes que podem melhorar a viagem do cliente, como água, balas, lenços de papel e carregadores universais; tenha sempre uma cadeirinha de criança no porta-malas para atender pais e avós com crianças pequenas; aprenda novos idiomas; seja educado; organize seus horários e mantenha sempre sua área de trabalho em ordem.

Características do veículo 

Cada uma das plataformas de transporte pede algumas especificidades para que o motorista e seu veículo estejam aptos a começar as corridas. Confira algumas delas:

Uber:

Para o Uber X, a categoria mais comum da empresa, os carros devem ser do ano/modelo 2012 ou superior, ter quatro portas, ar-condicionado e cinco lugares.

Já no Uber Comfort, os carros devem ser mais confortáveis e com recursos personalizados para o passageiro. Os veículos devem ter no máximo oito anos de fabricação. Há critérios que podem variar de cidade para cidade.

Na opção de luxo, o Uber Black, os requisitos são ainda mais exigentes. Os carros devem ter quatro portas, cinco lugares, ar condicionado e bancos de couro. Apenas sedans e SUVs na cor preta são aceitos.

99:

Na 99, os carros devem ter no máximo nove anos de fabricação, quatro portas, ar condicionado e documentação em dia.

A empresa apresenta várias categorias, seno a 99 Pop a mais comum.

Na categoria 99 Top, os veículos devem ter quatro rodas, cor preta e ser registrado como táxi (placa vermelha) no DENATRAN (Departamento Estadual de Trânsito).

Atenção à categoria 99 Comfort, pois ela não funciona em todas s cidades e cada município onde há a atuação tem seu próprio requisito.

Lady Driver

O grande diferencial do Lady Driver é que ele é um pp exclusivo para mulheres e pensado na segurança destas. Semelhante aos concorrentes, os documentos do motorista devem estar em dia e o carro precisa ter no máximo oito anos de fabricação. A empresa aceita também carros alugados e parcerias com locadoras.

Veja também: Conheça o SNE app que dá até 40% de desconto em multas

Quem dirige, independentemente da categoria, está sujeito a cometer erros e deslizes no trânsito. E, como você já sabe, quando estes tropeços atrapalham e/ou oferecem perigo ao trânsito, há a conversão para infração, que, por sua vez, se torna uma multa com perda de pontos na carteira. Mas como o motorista pode ser informado quanto às infrações? Até pouco tempo, a comunicação entre os órgãos de trânsito e os condutores era feita via correio. Hoje, com um refinamento cada vez maior da tecnologia, além de seu amplo acesso, há recursos mais eficazes e precisos. Considerando este cenário inovador, o DENATRAN (Departamento Estadual de Trânsito) lançou o Sistema de Notificação de Trânsito, o SNE. Trata-se de uma solução para que a comunicação com os motoristas seja ainda melhor, de modo que o sistema encaminha ao condutor mensagens e alertas sobre a situação burocrática do veículo, além de avisos sobre impostos a serem pagos e também multas.

Acesse este link para conhecer os benefícios possíveis com o SNE – com ele, o motorista pode conseguir até 40% de desconto em suas multas. Conheça este sistema que dinamiza a relação entre os órgãos públicos de trânsito e você, motorista.

Principais aplicativos para trabalhar como motorista

Decidiu por trabalhar como motorista de aplicativo? Veja aqui quais são as principais empresas que você pode prestar serviço e procure aquelas que podem fazer mais sentido para você. 

São elas: Uber, 99, Cabify, Me leva, Eu Entrego, Uber Eats, Garupa, inDriver, Yet Go e Lady Driver.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.