Palhetas do limpador de para-brisa
Categories:

Quando trocar as palhetas do limpador de para-brisa?

Saiba identificar o momento certo para substituir as palhetas e garantir a perfeita visibilidade em dias de chuva

Ter uma visão nítida do trânsito à frente é um dos aspectos indispensáveis para uma direção segura. Quando as condições climáticas não ajudam o motorista, o principal aliado é o limpador de para-brisa. Para manter o perfeito funcionamento do conjunto em dias de chuva, as palhetas devem ser checadas regularmente. 

As constantes mudanças de temperatura ambiente e a incidência de raios UV contribuem para a degradação da borracha das palhetas do limpador de para-brisa, o que diminui a vida útil. Outro aspecto que impacta na durabilidade é o uso do limpador para a remoção de insetos e outros detritos grudados no para-brisa – neste caso, o ideal é fazer a remoção  com uma esponja, água e sabão neutro quando o carro estiver parado.

Como não são utilizados todos os dias, os limpadores de para-brisa acabam tendo a manutenção negligenciada. Os motoristas só se lembram deles quando precisam acioná-los sob chuva e não estão em bom estado. Alguns indicativos de que passou da hora da substituição são a formação de faixas de água ou névoa no para-brisa, riscos, trepidação e ruídos de atrito. 

Palhetas do limpador de para-brisa

Para evitar que os limpadores cheguem neste estado, é essencial que eles sejam checados periodicamente, nos intervalos de revisões do carro – que acontecem, em média, a cada 1 ano ou 10 mil quilômetros de uso. Caso o veículo possua limpador do vidro traseiro, ele também deve ser substituído em conjunto com as peças frontais, já que estão sujeitos às mesmas condições climáticas de desgaste.

No momento da troca das palhetas do limpador de para-brisa, também é importante verificar o estado do motor do limpador e se o esguicho do lavador está desobstruído e na posição correta. Outro cuidado a ser tomado é com a integridade dos braços de limpeza, que não podem estar tortos ou empenados. 

Segundo os fabricantes, as lâminas de borracha devem ser limpas apenas com o uso de pano limpo umedecido e água. Produtos químicos, como querosene ou álcool, podem atacar a borracha e reduzir a durabilidade. Outra dica é não misturar detergente no reservatório do lavador, que deve conter apenas água limpa. 

Palhetas do limpador de para-brisa

Como escolher e trocar as palhetas do limpador de para-brisa?

Em geral, as embalagens das palhetas do limpador de para-brisa possuem escalas de medida, em milímetros. Com isso, o motorista pode verificar o exato comprimento da palheta instalada no veículo. Existem quatro principais tipos de encaixe das palhetas no braço do limpador e, em alguns modelos, a embalagem já traz adaptadores para facilitar a aplicação.

Para realizar a substituição, levante o braço do limpador em posição perpendicular, tomando o cuidado para que a peça não retorne com força em direção ao para-brisa. Em seguida, localize a conexão entre a palheta e o braço e solte a trava de fixação. 

Com a trava solta, é possível puxar o limpador antigo e realizar a instalação do novo, seguindo a ordem inversa da desmontagem. Importante: antes de dirigir, realize o teste com o para-brisa molhado para se certificar de que o limpador está encaixado corretamente e em perfeito funcionamento.

Vale lembrar que dirigir o veículo sem acionar o limpador de para-brisa sob chuva é considerada uma infração grave, passível de 5 pontos na CNH e com cobrança de multa no valor de R$ 195,23 – saiba mais sobre os valores de multa em 2022. Por isso, fique ligado aqui no Blog da Zapay para mais dicas sobre manutenção automotiva, multas, trânsito e mais. E se você quiser realizar a consulta de débitos de veículo, pode contar com a Zapay e parcelar multas, IPVA e licenciamento em até 12x!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.