teste psicotécnico
Categories:

Testes psicotécnicos: o que são e como passar?

Quando chegar o momento de você tirar sua primeira Carteira Nacional de Habilitação (CNH), é natural pensar imediatamente nos exames que serão necessários, e o teste psicotécnico é um deles. 

Na verdade, é aquele que permitirá que você continue o processo de habilitação. Ele é realizado antes mesmo que as aulas práticas e teóricas comecem, para que o Detran possa garantir que você tem capacidade de prosseguir e, na sequência, tornar-se um motorista competente.

O que é teste psicotécnico?

Na verdade, o teste psicotécnico não é uma prática exclusiva para pessoas que buscam a CNH, mas sim para vários outros momentos, como processos seletivos para diferentes profissões.

Trata-se de uma técnica capaz de garantir a capacidade das pessoas na tomada de decisão em situações que possam causar ansiedade. Ele determina funções psicológicas, além de testar compreensão, atenção, raciocínio lógico e memória. 

Para os órgãos de trânsito oficiais, como o Detran, o teste psicotécnico tem o objetivo de testar a forma como o motorista será capaz de lidar com questões básicas do cotidiano no trânsito, como a habilidade de manter a calma e prestar atenção em sinalizações, por exemplo.

Por que é importante fazer esse teste?

Normalmente, a importância para a pessoa que pretende tornar-se um motorista está no fato de que não é possível iniciar aulas e demais exames, sem que o psicotécnico seja realizado, mas é muito mais do que isso.

O exame ajuda não apenas o Detran, mas também a você, a compreender as suas limitações e habilidades. Até o momento de começar as etapas da CNH, é difícil saber como você lidaria com momentos estressantes no trânsito, ou a capacidade de passar por essas situações e ainda memorizar e interpretar as informações apresentadas nas vias.

Para renovar a CNH precisa fazer exame psicotécnico?

A necessidade do exame psicotécnico para casos de renovação, vai depender do tipo de atividade.

Aqueles que exercem atividade remunerada, os conhecidos motoristas profissionais, têm a obrigação de realizar o exame a cada renovação. 

Muito se fala sobre a obrigatoriedade do teste para todos os tipos de renovação, mas a decisão não foi tomada. A medida faz parte da PL 6096/16, que em 2021 ainda tramita pela Câmara dos Deputados.

Como é o teste psicotécnico do Detran?

Os testes podem variar de acordo com o Detran de cada estado, mas todos seguem as mesmas diretrizes. O objetivo, como dissemos anteriormente, é determinar as principais funções psicológicas e motoras de alguém que pretende ser um motorista.

No geral, os testes tendem a ser muito semelhantes às atividades que realizávamos na escola. Você pode pensar que são trabalhos infantis, mas eles podem dizer muito sobre você.

Um teste psicotécnico que pede para que você realize operações matemáticas simples, diz muito sobre a sua atenção ao não confundir os sinais. Já um teste para traçar linhas e fazer desenhos, permite ao psicólogo avaliador compreender mais sobre a sua coordenação motora, ou nervosismo em manter um padrão nas linhas, traços e desenhos.

Outros testes bastante comuns, são os que avaliam seu nível de atenção. Um exemplo pode ser a atividade de desenhar círculos na horizontal, preenchendo a linha. Em um determinado momento, um som é emitido e você então precisa trocar de operação, passando a desenhar traços na vertical. Esse tipo de exame funciona como um marcador da sua atenção em trocar de ação rapidamente, e o stress causado por realizá-la, enquanto aguarda pelo comando de mudança.

Exame medico e psicotecnico do Detran, quem pode aplicar?

O Código de Trânsito Brasileiro (CTB), em sua Lei n° 14.071/2020, determina que os exames sejam aplicados e avaliados por psicólogos examinadores, peritos ou especialistas em Psicologia do Trânsito. 

Existem diretrizes bastante específicas para as aplicações e avaliações dos testes, uma vez que serão determinantes para traçar o seu perfil psicológico e a sua capacidade de tirar a CNH.

Os testes são desenvolvidos pelo Conselho Federal de Psicologia, e é preciso ter bastante cuidado com as atividades encontradas na internet, e que se passam por exames reais aplicados pelo Detran.

Como se preparar para o teste?

Não existe um padrão de estudo para um exame psicotécnico, uma vez que não haja, necessariamente, respostas certas e erradas. A intenção da avaliação é traçar um perfil sobre você, sobre a maneira como se comporta e como realiza as atividades.

Ainda assim, manter-se calmo e descansado antes da aplicação é uma dica que ajuda em todas as situações da vida. 

Outro ponto interessante é realizar testes que desafiem a sua mente, e que sejam diferentes das que costumamos realizar diariamente. Experimente traçar linhas e círculos em um papel, mantendo a calma e um padrão constante. Caça-palavras também é uma boa atividade, principalmente se você as fizer com um cronômetro ao lado.

O que acontece se não passar?

Caso você seja declarado “apto para dirigir”, pode seguir com o processo sem problemas. Agora, existem outros dois resultados possíveis:

– Inapto temporariamente: nesse caso, seu resultado foi considerado insuficiente, mas é possível solicitar um novo exame, após o período se encerrar;

– Inapto para dirigir: este é um resultado não tão comum, mas pode acontecer. Significa que os examinadores não encontraram capacidades necessárias para avançar no processo. Quando o resultado vem apenas como “inapto para dirigir”, pode significar que as funções psicológicas sejam insuficientes, sem que o tempo possa reverter a situação.

Em qualquer um destes dois casos, é possível solicitar um parecer do psicólogo, para que ele explique os motivos para a reprovação, e então você pode pedir um novo exame. O prazo para essa opção é de 30 dias.

Conclusão

O exame psicotécnico é uma das etapas mais conhecidas e comentadas no processo de tirar a CNH, justamente pela compreensão que as pessoas têm das atividades do teste.

No entanto, a importância do exame é reconhecida não apenas por psicólogos que estudam as características de cada pessoa e suas habilidades em lidar com problemas, como também por empresas do mundo todo, que também os aplicam em seus candidatos. 

Dessa forma, vale a pena levá-lo a sério e preparar-se para ele, ainda que no final, não seja nenhum bicho de sete cabeças.

Já que estamos falando sobre as etapas para quem pretende tirar a primeira habilitação, que tal entender um pouco mais sobre o assunto? Aqui na Zapay nós temos um artigo completo que pode te ajudar a conhecer tudo sobre a CNH provisória.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *