roubo de carro
Categories:

Meu veículo foi roubado, o que fazer?

Ter o carro roubado é uma situação extremamente desagradável pela qual ninguém quer passar. Além do prejuízo pela perda de algo que você conquistou com tanto esforço, o proprietário precisa realizar uma série de tarefas burocráticas para conseguir acionar o seguro do veículo e até mesmo para evitar fraudes em seu nome. 

Muitas pessoas ainda têm dúvidas do que fazer em caso de furto do veículo, por isso separamos algumas dicas sobre os procedimentos que você deve realizar para lidar com esta situação e evitar possíveis dores de cabeça no futuro, mesmo quando você acha que tudo já foi resolvido. 

A diferença entre roubo e furto

De acordo com o DETRAN, se o veículo foi roubado ou furtado, você deve ligar imediatamente para 190 e comunicar à Polícia Militar. Será necessário registrar um boletim de ocorrência (BO).

No caso de furto, que significa a ausência de violência ou grave ameaça contra a pessoa, o registro pode ser feito por meio da internet na Delegacia Eletrônica. Dessa forma, o documento será encaminhado à delegacia da área onde houve o furto.

Caso tenha ocorrido um roubo, que é quando há ameaça com ou sem arma e/ou agressão à vítima, é necessário ir à Delegacia de Polícia mais próxima de onde aconteceu o crime.

Vale lembrar que é crucial tomar todas essas providências práticas para conseguir recuperar o veículo. Quanto antes você começar, mais chance terá de recuperar o veículo. Após registrar o boletim comunique o seu seguro. A seguradora irá comunicar o impedimento do veículo no sistema do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) e na Base Índice Nacional, além de também tomar todas as providências para encontrar o automóvel.

Restituição de IPVA pago

Nem todo mundo sabe, mas por lei em casos de roubo ou furto, o proprietário pode solicitar o reembolso parcial ou total do IPVA. Para fazer a solicitação é necessário que o boletim de ocorrência tenha sido feito. Caso o veículo seja recuperado, a restituição será parcial, pois o proprietário não paga IPVA pelo período em que seu veículo não estava em sua posse.

Para mais informações, você pode consultar o site da Secretaria da Fazenda do seu estado. 

Dicas de como evitar furtos e roubos

Nem sempre é impossível evitar furtos e roubos, mas há algumas medidas diárias que podem ajudar a preveni-los. Confira algumas delas que podem te ajudar:

Não deixe nada dentro do carro: sempre evite deixar pertences nos bancos ou em qualquer outro lugar visível, por exemplo: bolsas, tablets, celulares, notebooks, carteiras, mochilas, casacos, entre outros, pois eles podem chamar a atenção de criminosos.

Insulfilm e películas de segurança. O insulfilm pode reduzir em até 75% a visibilidade dos vidros, reduzindo as chances de roubo. Mas vale lembrar quais são os limites de visibilidade permitidos:

  • 75% no para-brisa;
  • 70% nos vidros laterais dianteiros;
  • 28% nos vidros traseiros.

As películas também contem com uma vantagem a mais, elas podem reforçar a resistência dos vidros em até 10 vezes, dificultando a ação dos criminosos ao tentar quebrar os vidros para roubar o carro ou atingir o motorista.

Documentos sempre fora do carro: por praticidade, muitas pessoas deixam os documentos do carro no porta-luvas ou em outros compartimentos no interior do veículo. Saiba que este hábito pode te trazer grandes prejuízos. Caso o veículo for furtado ou roubado e os documentos estiverem dentro do veículo, os criminosos vão conseguir realizar delitos com o carro e se passarem por proprietários.

Tranque o carro e as janelas: é normal às vezes na correria esquecer a chave no volante, fechar as janelas e checar se o veículo está totalmente trancado. Sempre faça essa checagem para garantir que o carro está seguro. Um carro aberto é um verdadeiro convite para criminosos oportunistas. 

Itens de segurança: um rastreador de veículos pode ajudar, e muito, na localização mais rápida do veículo. Nos casos de roubo ou furto, o rastreador pode facilitar a recuperação. 

Trajeto planejado: sempre tenha em mente o trajeto a ser percorrido, dessa forma você consegue evitar regiões que costumam ser mais perigosas, É sempre preferível que você se planeje com antecedência, estude o caminho que irá percorrer para evitar regiões com alto índice de criminalidade se for possível. 

Fique sempre atento ao seu entorno no trânsito e caso, infelizmente seu carro seja roubado ou furtado, siga as recomendações do DETRAN que mencionamos anteriormente para tomar as devidas providências o quanto antes. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *