cone de sinalização de trânsito
Categories:

O que é um cone de sinalização de trânsito?

Com certeza você já se deparou com um cone de trânsito por aí! Mas você parou para pensar qual é sua real utilidade, ou se serve para mais de um objetivo? E o por que de possuir diferentes cores?

O cone de trânsito é utilizado para delimitar espaço. De diferentes cores, tamanhos e cada um com a sua função, o cone de rua vem oferecendo segurança para milhares de pessoas nas vias no dia a dia. 

Os detalhes fotoluminescentes mantém a ideia de alerta do cone de trânsito tanto de dia quanto de noite.

Além de serem usados de forma oficial por órgãos do governo, Detran (Departamento Estadual de Trânsito), polícia, CET (Companhia de engenharia de Tráfego) para auxiliar na direção ou proibição de circulação de carros e pessoas em uma determinada área, os cones de sinalização também são usados por empresas para organizar filas, auxiliando e fornecendo direção, os cones podem contribuir em treinos físicos ou proibir a circulação de pessoas em áreas restritas.

Fuja da burocracia, use a Zapay para consultar placa de veículo e regularize todos os seus débitos.

O cone de sinalização de trânsito é um objeto utilizado para realizar a proteção e o direcionamento de pedestres e veículos, com o intuito de demarcar espaços em estradas, vias públicas ou ambientes de trabalho que precisem ser limitados ou sinalizados, garantindo a segurança de quem passa no local ou de quem está trabalhando utilizando o instrumento como forma de ser visto. Eles também podem ser dispostos para demarcar áreas de esporte ou lazer de crianças, como um parque.

As cores chamativas do cone não são em vão. Essa coloração tem o objetivo de alertar, indicando que o local precisa de atenção redobrada. O fato de serem fotoluminescentes auxiliam para que a visualização ocorra a qualquer hora do dia, dando ainda mais destaque a noite, ajudando a manter o distanciamento do local indicado.

O cone de trânsito é o principal instrumento utilizado para o controle de tráfego de uso temporário, auxiliando na sinalização de um local específico, canalizando e direcionando o tráfego e delimitando ou interditando uma área de circulação.

O cone de rua tem toda sua estrutura de plástico, e é colocado de forma a demarcar um perímetro, evitando que uma pessoa ou um veículo ultrapasse a barreira criada.

Os materiais utilizados nos cones de trânsito também podem ser diferentes. Existe o cone flexível e mais resistente, normalmente são usados em ações rápidas como uma blitz. Também costuma ser bem utilizado por autoescolas, pois eles são resistentes ao ponto de sobreviverem a um atropelamento de quem está aprendendo a dirigir. Existem também os cones de sinalização rígidos que costumam ser empregados em locais fixos, como estacionamentos.

Com diferentes cores, tamanhos e tipos de plástico utilizados em sua fabricação, seu valor também pode ser variável. O cone de trânsito preço que varia entre 12 até 75 reais, tudo vai depender do material utilizado na fabricação, altura do instrumento e local de compra. Para quem precisa saber onde comprar cone de sinalização, é só dar uma procurada nos principais sites de venda, ou ir direto a um fabricante.

Devemos ressaltar que o uso de cone de trânsito serve para alertar sobre um determinado perímetro que precisa ser respeitado.

Os cones de trânsito devem ser utilizados nas vias públicas em três situações:

  1. Nas operações e fiscalizações de trânsito;
  2. Para sinalizar obras, buracos ou acidentes e  serviços;
  3. Em eventos esportivos, onde algumas vias terão seu acesso momentaneamente bloqueado.

É comum ver cones guardando lugares em ruas, em frente a restaurantes, demarcando vias públicas como território privado, mas atenção, demarcar ou bloquear um lugar nas vias públicas utilizando cones de trânsito, cavaletes, ou qualquer outro item sem autorização do órgão responsável pelo tráfego da região é crime e passível de multa que pode variar entre duzentos e noventa e três reais a mil e quinhentos reais. Então qualquer pessoa física ou escola, comércio, igreja que limitam acesso a via pública com cone de sinalização sem autorização, podem ser denunciados.

Os artigos 90 e 246 do Código de Trânsito Brasileiro são bem claros sobre a regra:

Capítulo VII – DA SINALIZAÇÃO DE TRÂNSITO

Art. 90 – Não serão aplicadas as sanções previstas neste Código por inobservância à sinalização quando esta for insuficiente ou incorreta.

  • O órgão ou entidade de trânsito com circunscrição sobre a via é responsável pela implantação da sinalização, respondendo pela sua falta, insuficiência ou incorreta colocação.

Art. 246 – Deixar de sinalizar qualquer obstáculo à livre circulação, à segurança de veículo e pedestres, tanto no leito da via terrestre como na calçada, ou obstaculizar a via indevidamente:

  • Infração – gravíssima;
  • Penalidade – multa, agravada em até cinco vezes, a critério da autoridade de trânsito, conforme o risco à segurança;
  • Multa (R$ 293,47 a R$1.467,35 e 7 pontos), agravada em até cinco vezes, a critério da autoridade de trânsito, conforme o risco à segurança.

Parágrafo único. A penalidade será aplicada à pessoa física ou jurídica responsável pela obstrução, devendo a autoridade com circunscrição sobre a via providenciar a sinalização de emergência, às expensas do responsável, ou, se possível, promover a desobstrução.

Qual a diferença entre as cores dos cones?

Cada cor de cone de trânsito é apropriado para um objetivo e ele não é de uso exclusivo para a sinalização de trânsito, podendo ser utilizado para identificar eventos, obras, sinalização de pedágios, entre outros. Cada um tem especificações técnicas que o deixam ainda mais característico para o objetivo em questão. Basicamente, cada cone de sinalização tem uma funcionalidade e de acordo com a finalidade de cada um é que se determina qual é o mais apropriado para investir.

Qual a utilidade do cone?

O cone de trânsito serve para sinalizar um local, uma blitz, uma obra na rodovia, um na rua com buraco. Sempre que visualizar um cone preste muita atenção para entender o que ele está representando e siga as regras.

Veículos de carga são obrigados por lei a portarem cones de trânsito reflexivos para sinalizar a via em caso de acidentes ou queda de material que esteja transportando. 

  • Caminhão: 4 cones + 4 cones conforme NBR 15071;
  • Cavalo + Carreta: 6 cones + 4 cones conforme NBR 15071;
  • Bi trem: 10 cones + 4 cones conforme NBR 15071.

Quais são os tipos de cones?

Os cones de sinalização costumam ter dois tipos de material. Um é flexível, leve e de fácil manuseio para ser colocado e retirado de forma rápida nas ruas, e sua flexibilidade é pensada pois caso algum motorista desatento passe por cima do cone de trânsito, sua estrutura não será danificada. O segundo é um material mais rígido e mais pesado, utilizado em locais de maneira mais permanente, como em porta de postos policiais, delegacias e estacionamentos de supermercados e shoppings.

As cores originais dos cones de trânsito são sempre duas: laranja e branco ou amarelo e preto.

Como usar cone de sinalização?

É importante ressaltar que utilizar cones para fazer barreiras, guardar vagas de estacionamento, ou impedir o tráfego de carros e pessoas em um determinado local é proibido por lei. Apenas autoridades de trânsito e órgãos competentes podem colocar os cones de trânsito em vias públicas.

Podemos utilizar cones de sinalização apenas para algo dentro da nossa casa, empresa, comércio como por exemplo para organizar filas, demarcar algo no estacionamento, usar para impedir acesso a alguma área proibida, etc.

Cada cor de cone serve para um tipo de sinalização:

  • laranja – utilizado para sinalizar e demarcar locais de práticas esportivas;
  • laranja com listras brancas – utilizado durante o período diurno;
  • laranja rígido com faixas brancas reflexivas – utilizado durante a noite;
  • laranja flexível com faixas brancas reflexivas – serviços gerais de dia e de noite;
  • preto com listras amarelas – obra e trânsito para qualquer período do dia.

Quais são os principais elementos de um cone?

Os cones de trânsito são basicamente feitos de plástico flexível ou rígido, dependendo de para qual finalidade será usado, em formato cônico, com faixas reflexivas em sua estrutura. A seguir detalharemos cada um deles:

  • Cone rígido 50 cm e 75 cm, fabricado com material leve e resistente é ideal para ser utilizado em shoppings, estacionamentos e em interdições fixas de longo prazo;
  • Cone flexível 50 cm e 75 cm, são utilizados para demarcações rápidas, por exemplo, o bloqueio de alguma via em uma blitz. O material utilizado para a fabricação é excelente e suporta bem o peso dos veículos quando passam por cima do objeto. Por apresentar uma ótima resistência e fácil manuseio, o cone flexível é bastante utilizado nas sinalizações de trânsito e nas quadras de treinamento de autoescola para a simulação das dificuldades e perigos em uma via;
  • Cone para obras são caracterizados por sua tecnologia simples que é composta por um peso concentrado na base, ele foi inicialmente projetado para a sinalização em ruas e rodovias, mas também é bastante procurado na demarcação de obras em shoppings, mercados e eventos, e eles tem a vantagem de não tombarem com as correntes de vento;
  • Cone norma NBR 15071 obrigatórios por lei em obras de grande porte, devido a sua grande resistência e a flexibilidade que o produto possui. Basicamente, é o cone mais indicado para garantir obras seguras com as sinalizações de atenção corretas;
  • Canalizador Viário, mais conhecido por “Conão”, apesar de grande é um produto bastante leve e fácil de ser posicionado. Ele indica perigo ou presença de obstáculos nas rodovias para motoristas, motociclistas, ciclistas e pedestres.

Além de todos esses tipos de cone de sinalização, também existem duas outras maneiras de sinalização bem utilizadas:

  1. a barreira viária, que é grande e forte e ao mesmo tempo fácil de ser manipulada, é bastante empregada na sinalização de tráfego, principalmente quando tem algum tipo de obra que obstrui o fluxo do trânsito;
  2. o batizador viário é muito procurado por aqueles que possuem pouco espaço e desejam  bloquear o acesso de carros, motos e pessoas. Muito requisitado em obras, ele é um canalizador de tráfego que desvia o fluxo de um lugar para outro.

Qual a máxima distância entre cones na sinalização?

A distância máxima entre cones de trânsito faz parte da legislação de trânsito no Brasil. Você está por dentro das leis de trânsito do país? Conhecer sobre placas de indicação, placas de advertência e placas de trânsito ajuda a evitar infrações desnecessárias.

Os cones de sinalização devem estar a uma distância de 750 metros para obras realizadas em vias de trânsito rápida, 300 metros para obras realizadas em vias de trânsito arteriais, 200 metros para vias coletoras e de 100 metros para obras executadas em vias locais.

Avatar image of Ana
Written by

Ana

Em 2022, entrou para o time da Zapay, como Analista de SEO atuando com o planejamento de conteúdo para o blog com o objetivo de auxiliar e atuar no crescimento, ajudando a responder às principais dúvidas dos usuários sobre o universo automotivo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *