motor aspirado
Categories:

Motor aspirado: O que é? Como funciona?

Você sabe o que é motor aspirado, amigo condutor? E a diferença entre motor aspirado e turbo? A Zapay preparou esse artigo especial sobre motor aspirado e suas particularidades para tirar todas as suas dúvidas. Confira! 

– Como funciona o motor aspirado? 

– Um motor aspirado gera menos potência do que outros tipos? 

– Vantagens de um motor aspirado 

– Desvantagens de um motor aspirado 

– Qual a diferença entre um motor aspirado e um turbo? 

– O que é o motor turbo? 

– O que é o motor aspirado? 

– Diferenças entre motor turbo e aspirado

Dica da Zapay: motor a diesel ou a gasolina: confira qual é a melhor opção para você. 

Como funciona o motor aspirado? 

Quando se trata de um motor aspirado, a mistura de ar e combustível é forçada para dentro do cilindro, por intermédio da força do vácuo causado pelo movimento do pistão somado à pressão atmosférica natural, além do funcionamento básico de válvulas e pressão. Ou seja, o que define se um motor é aspirado é a alimentação do cilindro.

Desse modo, vale destacar que o cilindro é onde o processo de combustão acontece, de modo a fazer com que a explosão controlada gere força para movimentar o veículo. Por sua vez, a combustão depende da mistura ar-combustível que o cilindro recebe. Assim, a forma como a mistura em questão é conduzida ao cilindro define se um motor turbo ou aspirado.

A forma como funciona um motor aspirado é diferente de um motor turbo ou a compressão, pois, esse introduz a mistura no cilindro por intermédio de um mecanismo de indução forçada, de modo a gerar maior pressão. Nesse contexto, o cilindro de combustão não depende somente da física básica para funcionar – afinal, um motor pode “aspirar naturalmente”, pois não existe indução adicional. 

 Dica da Zapay: aprenda para que serve o motor de arranque

Um motor aspirado gera menos potência do que outros tipos? 

Temos aqui uma questão difícil, amigo condutor, afinal, os motores, costumeiramente, são desenvolvidos com foco em seu funcionamento pleno. Em tese, pode-se afirmar que um motor exatamente igual, em condições idênticas, equipado com sistema turbo, pode gerar mais potência do que sua versão idêntica, porém aspirada. 

Vale destacar que este é somente um dos critérios de qualidade de um motor. Existem vários outros fatores nos quais um motor pode apresentar distinção quanto ao fato de ser aspirado ou não. 

Por exemplo, há competições de velocidade com carros que aceitam somente veículos com motor aspirado. Esse fato faz com que a competição seja mais justa entre os competidores, de modo a gerar um aspecto mais tradicional à competição em questão. É o caso de eventos de grandes dimensões e impactos, como a Fórmula Indy, a Fórmula 1 e a NASCAR.

Dica da Zapay: fique por dentro sobre como renovar CNH vencida 2023

Vantagens de um motor aspirado 

Há uma série de vantagens quanto ao motor aspirado, de modo que ele é uma das principais escolhas das montadoras. Trata-se de um motor mais barato de ser produzido e com montagem que exige menor etapas. Ainda: esse motor é mais fácil de realizar manutenção.

O motor aspirado é considerado aspirado confiável. Ele apresenta menos partes separadas, de modo que as chances de que ocorra um problema são significativamente menores. Além disso, o motor aspirado apresenta a vantagem da resposta direta ao acelerador. Por sua vez, quando se trata de motores turbo, a resposta oferece algum atraso em função de o sistema ser mais complexo. 

Desvantagens de um motor aspirado 

Contudo, é importante ter em mente também as desvantagens presentes em um motor aspirado. Vale destacar que ele é menos potente do que os outros, quando à sua configuração geral. Assim, a proporção de força em relação ao peso, consequentemente, diminui. 

Em um motor aspirado também é menor a possibilidade de executar-se modificações e ajustes no motor – e o motivo é simples: ele possui menos periféricos. 

Diante de tais características, caso a intenção seja gerar um motor de bom desempenho para corridas, por exemplo, o motor aspirado pode não ser a melhor opção. É importante ressaltar que eventos como a Fórmula 1 podem parecer desmentir esse fato, porém os carros dessa competição seriam ainda mais potentes se fizessem uso de motores turbo.  

Qual a diferença entre um motor aspirado e um turbo? 

É importante destacar que as principais diferenças entre um motor turbo e um motor aspirado estão relacionadas ao sistema de admissão de ar e à potência que cada um pode produzir.

A seguir, saiba mais sobre as características de cada um desses motores e suas diferenças.

diferença motor aspirado e turbo

O que é o motor turbo? 

O motor turbo (também chamado de motor sobrealimentado) é um tipo de motor de combustão interna que utiliza um dispositivo chamado turbocompressor para aumentar a potência e a eficiência do motor. O turbocompressor é composto por duas partes principais: uma turbina e um compressor, ambos conectados por um eixo.

O funcionamento do motor turbo ocorre da seguinte forma:

  1. O ar é sugado do ambiente pelo motor, passando pelo filtro de ar e entrando no sistema de admissão.
  2. No sistema de admissão, o ar é direcionado para o turbocompressor. A turbina, localizada na saída dos gases de escape, é acionada pelos gases quentes expelidos pelo motor. Essa turbina gira em alta velocidade devido à pressão dos gases de escape, transmitindo a energia para o eixo conectado ao compressor.
  3. O eixo do turbocompressor faz com que o compressor gire rapidamente, aspirando e comprimindo o ar antes que ele entre nos cilindros do motor. A compressão aumenta a quantidade de ar disponível para a combustão.
  4. O combustível é injetado nos cilindros, onde se mistura com o ar comprimido. A mistura ar-combustível é, então, inflamada pela vela de ignição, gerando uma explosão controlada que impulsiona o pistão para baixo.
  5. Após a combustão, os gases de escape são expelidos pelo sistema de escape, passando, novamente, pela turbina do turbocompressor e gerando o movimento rotacional necessário para mantê-la funcionando.

Assim posto, a principal vantagem do motor turbo é que ele aumenta significativamente a potência do motor, de modo a permitir que os veículos produzam mais energia com menor deslocamento. Isso resulta em melhor eficiência de combustível e menor emissão de poluentes quando comparado a motores maiores e não turboalimentados com a mesma potência.

Além disso, os motores turbo também podem oferecer uma melhor resposta ao acelerador em determinadas faixas de rotação, embora possam apresentar o desafio do turbo lag (pequeno atraso na resposta do acelerador devido ao tempo necessário para a turbina atingir velocidades suficientes).

Vale destacar que os motores turbo são amplamente utilizados em veículos modernos, o que inclui carros de passeio, caminhões, ônibus, dentre outros, o que proporciona uma combinação de potência, eficiência e desempenho.

O que é o motor aspirado? 

Por sua vez, um motor aspirado é um tipo de motor de combustão interna que não utiliza nenhum dispositivo de sobrealimentação, como um turbocompressor ou um supercompressor, para aumentar a quantidade de ar que entra nos cilindros do motor. Assim posto, o funcionamento do motor aspirado é mais simples, se comparado com o motor turbo. Confira:

  1. O ar necessário para a combustão é sugado naturalmente para os cilindros durante o curso de admissão. O ar é captado do ambiente pelo filtro de ar, passa pelo coletor de admissão e entra nos cilindros através das válvulas de admissão. Não há qualquer sistema de compressão forçada do ar.
  2. Após a admissão do ar, o combustível é injetado nos cilindros, onde se mistura com o ar aspirado. Em seguida, a mistura ar-combustível é comprimida pelo pistão durante o curso de compressão e, em seguida, é inflamada pela vela de ignição, gerando a explosão controlada que impulsiona o pistão para baixo.
  3. Após a combustão, os gases de escape são expelidos pelos cilindros e saem do motor através do sistema de escape.

 

Nesse contexto, as principais características do motor aspirado são a sua simplicidade de projeto e a resposta linear ao acelerador. Por não depender de nenhum dispositivo de sobrealimentação, ele não sofre com o turbo lag.

No entanto, os motores aspirados podem produzir menos potência em comparação com os motores turbo, especialmente em altas rotações. Isso ocorre porque a quantidade de ar que entra nos cilindros é limitada pela pressão atmosférica e pela eficiência do sistema de admissão. Portanto, para obter mais potência em um motor aspirado, geralmente, é necessário aumentar o tamanho e a rotação do motor, o que pode resultar em um aumento do consumo de combustível.

Assim, os motores aspirados são amplamente utilizados em muitos veículos de passeio e até mesmo em algumas aplicações comerciais, especialmente onde a simplicidade e a confiabilidade são valorizadas em relação ao desempenho de alta potência.

Diferenças entre motor turbo e aspirado

Confira quais são as principais diferenças entre um motor turbo e um motor aspirado: 

  • Motor turbo:
  1. Admissão de ar: nos motores turbo, o ar é comprimido antes de entrar nos cilindros. Esse processo é feito por meio de uma turbina acionada pelos gases de escape do motor. A turbina está conectada a um compressor, que, por sua vez, comprime o ar e o envia ao coletor de admissão, em uma pressão mais elevada.
  2. Potência: os motores turbo tendem a produzir mais potência em comparação aos motores aspirados, especialmente em altas rotações, devido ao aumento da quantidade de ar disponível para a combustão.
  3. Turbo lag: um dos principais desafios dos motores turbo é o chamado “turbo lag”, que, vale relembrar, é o pequeno atraso que pode ocorrer entre a pressão do acelerador e o fornecimento total de potência do turbo. Esse atraso acontece porque a turbina precisa de certa quantidade de gases de escape para girar e comprimir o ar antes de produzir pressão suficiente para aumentar a potência.
  • Motor aspirado:
  1. Admissão de ar: nos motores aspirados, o ar necessário para a combustão é sugado naturalmente para os cilindros durante o curso de admissão. O ar é captado por intermédio do filtro de ar, passa pelo coletor de admissão e entra nos cilindros através das válvulas de admissão.
  2. Potência: os motores aspirados, geralmente, produzem menos potência em comparação aos motores turbo, sobretudo, em baixas rotações. Isso ocorre, pois, a quantidade de ar aspirado é limitada pela pressão atmosférica e pela eficiência do sistema de admissão.
  3. Resposta do acelerador: os motores aspirados tendem a ter uma resposta mais linear ao acelerador, pois não estão sujeitos ao atraso do turbo lag encontrado nos motores turbo.

Em suma, a principal diferença entre um motor turbo e um motor aspirado está na forma como o ar é fornecido aos cilindros para a combustão. O motor turbo usa uma turbina para comprimir o ar, de modo a aumentar a potência em comparação com o motor aspirado. 

Entretanto, o turbo lag pode ser uma consideração importante ao escolher entre os dois tipos de motores. Cada tipo de motor tem suas vantagens e desvantagens, e a escolha dependerá das necessidades específicas do veículo e do estilo de condução desejado.

Outro ponto a ser considerado é a diferença quanto ao torque. Um motor 1.0 turbo apresenta mais torque do um moto 1.6 ou 1.8 aspirado. Quando falamos em carros modernos, com câmbio de seis, sete ou oito marchas, a montadora usa o torque, que vem trocando uma marcha após a outra. Desse modo, um SUV médio, com um pequeno motor turbo, anda igual a um mesmo modelo com motor maior e aspirado. 

Desse modo, um carro com motor 1.0 turbo é caracterizado por ser bastante econômico e com desempenho igual ou superior a um veículo com motor 1.0 ou 1.8. No caso de um automóvel com motor 1.2, ele andará de forma muito próxima a um com motor 2.0.

Confira mais alguns pontos que marcam a diferenciação entre motores turbo e aspirado.

  • Tecnologia: os motores turbo são mais modernos do que os motores aspirados e, consequentemente, mais caros.
  • Desempenho: veículos com motor turbo têm mais desempenho do que aqueles com motor aspirado. Ainda: o modo de condução pode ser mais energético e agressivo, com trocas de marcha mais rápidas.
  • Manutenção: embora sejam mais modernos, os motores à combustão precisam de mais cuidados na manutenção se comparados aos aspirados. Esse fato acontece, pois, eles trabalham em temperaturas mais altas. Por exemplo, no momento das trocas de óleo, é importante estar atento.
  • Segurança: automóveis com motores turbo tendem a apresentar mais segurança aos condutores, sobretudo em ultrapassagens e retomadas, mesmo em baixas rotações. Afinal, o tempo de resposta é mais rápido do que aquele presente em motores aspirados.
Avatar image of Alessandra Comitre
Written by

Alessandra Comitre

Jornalista formada há mais de 15 anos, com 12 anos de experiência em produção e criação de conteúdo, edição de texto, e gestão de pessoas. Atualmente atuo como redatora e produtora de conteúdo SEO freelancer.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *