Categories:

O que é BIN?

A BIN (Base de Índice Nacional) foi a forma encontrada pelo Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), de manter o controle geral da frota nacional, através de dados informatizados e centralizados.

Trata-se de um compilado de informações de múltiplas fontes, que atestam a situação dos veículos brasileiros. A partir do suporte do Renavam (Registro Nacional de Veículos Automotores), a BIN é capaz de manter o registro das características e informações principais de um carro, por exemplo, e toda a trajetória que ele faz desde que sai da fábrica.

É inclusive nas montadoras que essas informações começam a ser registradas. Após a montagem, enquanto ele ainda está no pátio, as fábricas enviam o chamado pré-cadastro, com os dados originais de peças, chassi, modelo e número de série. Uma vez que essas informações sejam inseridas na base, apenas o Denatran poderá fazer qualquer alteração.

Depois que o veículo é adquirido, ele passa a  fazer parte do trânsito brasileiro, e você, enquanto proprietário, deverá realizar as vistorias anuais de licenciamento. Sempre que isso acontece, o Detran do estado de registro do veículo recolhe as informações e envia ao Denatran, que faz a atualização da BIN, caso exista algo a ser alterado.

Para que serve uma consulta BIN?

Para nós, usuários, a consulta BIN serve basicamente para garantir que o veículo, nosso ou talvez um que estejamos pretendendo comprar, seminovo ou usado, encontra-se em condições legais.

Imagine que você identificou um bom negócio em um carro usado. É claro que uma vistoria mecânica e uma consulta de débitos e restrições financeiras é essencial, mas é através da BIN que você terá acesso ao número do motor, por exemplo, garantindo que ele não tenha sido trocado sem a atualização do sistema. Se isso aconteceu, as chances de uma fraude ou de que a troca não tenha sido realizada em local autorizado são grandes.

Para realizar a consulta, é preciso acessar o Portal do Denatran e realizar o cadastro do usuário. Para isso, será preciso alguns procedimentos, que você encontra já na página principal do departamento.

Quais dados do veículo podem ser acessados?

Além do número de registro do motor, conforme falamos acima, outras informações podem ser acessadas com uma consulta BIN.

Alguns dizem respeito a características originais, como número e tipo de chassi; tipo de combustível; marca e modelo; tipo e número de carroceria; cor; montagem e caixa de câmbio; ano de fabricação e quantidade de passageiros. 

Outras, por outro lado, estão ligadas ao registro e questões administrativas, como UF de registro; UF de destino da fatura; placa; Renavam; pendências e restrições.

Quando fazer uma consulta?

Em situações de compra e venda, a consulta BIN é sempre algo a ser considerado, como mencionamos anteriormente. Os dados acessados são importantes para que você saiba sobre possíveis trocas de itens de série, ou mesmo uma simples mudança de cor do veículo original.

Pendências e restrições também podem ser consultadas. 

Como a BIN pode ajudar em caso de roubo e furto do veículo?

Sabe as restrições que comentamos no tópico acima? Pois uma destas restrições é o alerta de roubo/furto de um veículo, que após ser comunicado pelos órgãos de trânsito, possuem validade em todo o país. É por isso que manter uma base de dados nacional, ainda que alimentada pelos Detrans, torna-se essencial no combate ao roubo e furto de veículos no Brasil

Ao realizar a consulta, qualquer “bandeira” levantada sobre a procedência do veículo é comunicada. Assim, além de evitar a compra de um carro roubado, você pode ainda alertar as autoridades através de denúncias anônimas.  

Restrições financeiras aparecem na BIN? 

A resposta é sim, para casos de Gravames inseridos através do SNG (Sistema Nacional de Gravames).

Além disso, ainda débitos veiculares e multas também podem ser consultados, ainda que para a quitação, os órgãos responsáveis pela autuação deverão ser consultados. 

Conclusão 

Saber que existem formas de reunir as principais informações sobre um veículo em um mesmo lugar, faz toda a diferença antes de tomarmos uma decisão, certo?

A BIN é uma ferramenta importante não apenas para nós, usuários, como também para o Denatran e os Detrans de cada estado, que utilizam a base para garantir mais segurança no trânsito.

Se esse artigo foi útil para você e quiser conhecer um pouco mais sobre os conteúdos informativos que nós produzimos por aqui, conheça o Blog da Zapay. Temos dicas que podem te ajudar a evitar problemas no futuro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *