Multa 693-93
Categories:

RENAVAM 2023: o que é e como consultar

O RENAVAM é o documento de identidade do veículo, com importância desde sua fabricação até o seu desmanche, vamos explicar para você, proprietário: 

O que é RENAVAM?

O RENAVAM é tão importante para um veículo que tem mais peso do que a placa, por exemplo. Ele é o Registro Nacional de Veículo: o documento identificador do veículo. 

Podemos dizer que ele é como se fosse o CPF do seu carro ou moto e, por isso, é tão importante. 

Um banco ao consultar o CPF de uma pessoa sabe todo histórico de crédito, entre outras informações importantes.

No RENAVAM, todo o histórico do veículo está lá, desde informações de fabricação, proprietários e até mesmo modificações. Muitas pessoas confundem chassi com o RENAVAM. Mas vamos explicar a diferença para você.

Chassi é o nome da estrutura do veículo que dá suporte a sua carroceria, motor e demais componentes. Já o RENAVAM é o raio x, ou seja, todas as informações possíveis sobre um veículo.

O número do RENAVAM de um veículo nunca muda. Ele é o mesmo desde o momento de registro no DETRAN até o desmanche. Mesmo que haja modificações no automóvel, o RENAVAM é sempre o mesmo.

Ele vem impresso na parte superior do Certificado de Licenciamento do Veículo (CRLV).

O proprietário poderá até consultar multas pelo RENAVAM.

Como é o número do RENAVAM?

O número do RENAVAM segue uma estrutura composta por 11 dígitos, mas até 2013 ele tinha apenas 9 dígitos. A mudança veio devido ao aumento no número de veículos circulando pelo país, sendo necessário acrescentar mais 2 dígitos para suprir toda a frota existente.

Todas as categorias de veículos possuem seus próprios números de RENAVAM, que são diferentes sequências para carros, motos, caminhões e assim por diante. Entretanto, independentemente do estado de registro do veículo, os números seguem um padrão uniforme.

RENAVAM: para que serve

Com o número do RENAVAM, é possível encontrar todas as informações de um veículo. Confira a lista a seguir.

  • Pendências como multas, dívidas de IPVA e CRV
  • Características físicas do automóvel
  • Informações de fabricação
  • Modelo e configurações do veículo
  • Emplacamento
  • Licenciamento 
  • Mudanças de proprietário
  • Informações de roubos e furtos (mesmo que sem seguro)

RENAVAM na compra e venda de veículo

Ao comprar um veículo, antes de qualquer fechar negócio, é imprescindível que o futuro proprietário pesquise o RENAVAM do mesmo. Isso porque é preciso confirmar se o carro não possui dívidas ou se foi alterada alguma característica física dele sem regulamentação.

Caso haja irregularidades, é muito importante que o atual proprietário regularize. Se essa regularização não for feita antes da venda do veículo, todas as pendências passarão para a responsabilidade do novo proprietário.

A Zapay permite o pagamento online e no cartão de crédito de pendências financeiras do veículo, como IPVA e multas. 

Lembre-se que uma vez que você compre o veículo é sempre importante estar com o RENAVAM em mãos. Pense como em um casamento. Se você for parado em uma blitz sem esse documento

Como consultar o RENAVAM?

Cada estado tem suas formas de consultar o RENAVAM e suas regras. No entanto, praticamente todos permitem que isso seja feito online. 

Confira o passo a passo:

  1. Acesse o site do DETRAN da sua cidade
  2. Busque no menu pela opção “RENAVAM”
  3. Digite o código RENAVAM do veículo que se encontra no documento CRLV
  4. Pronto! Agora você sabe todos os detalhes do veículos e se há algum tipo de dívida

Caso você ainda não tenha um login e senha no site do DETRAN, é possível criar um na hora. É bem rapidinho.

Aprenda a consultar também RENAVAM SP.

Como descobrir o número do RENAVAM do meu veículo?

O número do RENAVAM não está fisicamente localizado na moto ou no carro, como uma placa de identificação. Em vez disso, ele está registrado nos documentos do veículo, como o Certificado de Registro de Veículo (CRV) ou o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV), também conhecido como documento do veículo.

Para encontrar o número do RENAVAM do seu veículo, você pode consultar os seguintes documentos:

  1. CRV (Certificado de Registro de Veículo): O número do Renavam geralmente está impresso no CRV, que é o documento inicial de registro do veículo. Esse número é essencial para a transferência de propriedade do veículo.
  2. CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo): O número do Renavam também é encontrado no CRLV, que é o documento que comprova que o veículo está licenciado para circular. O CRLV é emitido anualmente após o pagamento do licenciamento do veículo. 
  3. Nota Fiscal de Compra: Se você adquiriu um veículo novo, a nota fiscal de compra também pode conter o número do Renavam.
  4. Segunda Via do CRV ou CRLV: Se você não tem acesso aos documentos originais do veículo, pode solicitar a segunda via do CRV ou CRLV ao Departamento de Trânsito (Detran) de sua região, onde o número do Renavam estará presente.

É importante manter esses documentos em local seguro e em conformidade com as leis de trânsito do seu país, pois o número do Renavam é essencial para várias transações relacionadas ao veículo, como transferência de propriedade, pagamento de licenciamento e multas, entre outros.

RENAVAM: existe multa por dirigir sem?

Sim e não. Hoje você pode sim sair com seu carro sem o documento CRLV, mas se for parado por alguma autoridade de trânsito, é preciso que ele tenha acesso ao sistema digital para verificar essa informação.

Caso isso aconteça, a infração é de gravidade leve, como prevê o artigo 232° do CTB. A multa por não portar o documento é de R$88,38 e 3 pontos acrescentados à CNH. O veículo também fica retido pela polícia até a apresentação do documento.

Por isso, recomendamos que você sempre saia para dirigir seu carro com o documento CRLV do seu veículo.

Como atualizar o RENAVAM em caso de venda?

Art. 134:

“No caso de transferência de propriedade, o proprietário antigo deverá encaminhar ao órgão executivo de trânsito do Estado dentro de um prazo de trinta dias, cópia autenticada do comprovante de transferência de propriedade, devidamente assinado e datado, sob pena de ter que se responsabilizar solidariamente pelas penalidades impostas e suas reincidências até a data da comunicação.

Parágrafo único. O comprovante de transferência de propriedade de que trata o caput poderá ser substituído por documento eletrônico, na forma regulamentada pelo Contran.

No caso da não transferência do documento, qualquer multa vai para o dono que consta no CRLV.

4 comentários: “RENAVAM 2023: o que é e como consultar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *