Multa 693-93
Categories:

RENAVAM RS: Como consultar?

Tire suas dúvidas sobre o RENAVAM RS neste artigo que a Zapay preparou para você. Saiba o que é este registro, para que serve o RENAVAM Rio Grande do Sul, onde fica localizado nos documentos, como fazer a consulta RENAVAM RS e qual a relação com o IPVA. Confira!

RENAVAM RS: O que é o RENAVAM do veículo? 

Saber o que é o RENAVAM é uma das obrigações de todo motorista no Brasil, devido a sua importância na vida automotiva. Trata-se da sigla para Registro Nacional de Veículos Automotores, que funciona como um documento identificador de um carro, uma moto ou qualquer outro veículo.

Para se ter uma ideia do tamanho da importância do RENAVAM RS podemos compará-lo ao CPF de uma Pessoa Física. De modo que, não é exagero dizer que o RENAVAM tem peso maior do que a placa do carro – ou que o RG, no caso da comparação com um indivíduo. 

A partir da consulta RENAVAM é possível conhecer todo o histórico do veículo, desde os dados sobre a fabricação, passando por modificações e por todas as transações até o veículo ir para o desmanche (que é quando ele fica inativo). 

Segundo o Governo Federal, o RENAVAM diz respeito a um sistema que tem como objetivo principal armazenar os dados dos veículos de diferentes categorias automotivas que circulam no Brasil. E enfatiza: o RENAVAM armazena todo o histórico do automóvel. 

Vale dizer que o número do RENAVAM RS de todo veículo permanecerá o mesmo até o final de sua vida útil – ou seja, é aquele mesmo que foi registrado no Departamento Estadual de Trânsito (DETRAN). E se o veículo passar por modificações? A regra é a mesma: nada muda o número do Registro Nacional de Veículos Automotores.

Para encontrar o número do RENAVAM, basta o condutor observar a parte superior do Certificado Registro de Licenciamento de Veículo (CRLV) e do Certificado de Registro de Veículo (CRV). É na parte superior destes documentos que o número RENAVAM estará impresso. 

Se você planeja comprar um carro usado ou seminovo, saiba que o acesso do número RENAVAM pode ser de grande ajuda. Afinal, com ele é possível consultar os potenciais débitos pendentes do veículo, saber sua procedência e evitar dores de cabeça para fechar o negócio. Afinal, ninguém merece ter surpresas negativas e perder dinheiro com veículos cuja vida burocrática é bagunçada, não é mesmo?!

Com o número RENAVAM, é possível conhecer informações como ano de fabricação do veículo, número do chassi, sinistros, cor original, débitos, entre outros dados importantes.

Dica da Zapay: conheça a página especial que preparamos sobre os serviços oferecidos pelo DETRAN RS

Mas qual é a diferença entre os números do RENAVAM e do chassi? 

RENAVAM – é um raio-X completo do seu veículo, através de seu número é possível acessar todo o histórico do automóvel, do início ao final de sua vida útil.

Chassi – é a estrutura que dá suporte à carroceria do veículo, além de motos e demais componentes. O número do chassi é uma espécie de documento de identidade do automóvel, sendo composto por 17 caracteres, números e letras que não se repetem.

Para que serve? 

A principal função do RENAVAM é fornecer todo o histórico do veículo, desde sua fabricação até o dia em que ele ficar inativo e ser desmontado. Todas as modificações que o automóvel vier a ter constarão na base RENAVAM.

Nesta base de dados, o condutor poderá encontrar informações como: licenciamento, emplacamento, pendências com multas, dívidas de IPVA (Imposto Sobre Propriedade de Veículo Automotor) e CRV (Certificado de Registro do Veículo), informação de fabricação, características físicas do veículo, modelo e configurações do automóvel, mudança de proprietário, além de informações sobre roubos e furtos (mesmo para aqueles veículos sem seguro).

Desse modo, com acesso ao número RENAVAM, é possível verificar se há bloqueios judiciais ou administrativos no veículo em questão, pesquisar eventuais débitos pendentes, tomar conhecimento se o carro já foi envolvido em acidentes e precisou de reparos, investigar a procedência, conhecer as modificações e alterações feitas, além de irregularidades com a documentação, como licenciamento e CRV.

O RENAVAM é também sinônimo de segurança: com ele em mãos, o condutor pode passar por blitz ou paradas policiais sem temer nada. Com o registro em mãos, o condutor pode também realizar quantas consultas forem necessárias ao DETRAN de sua respectiva localidade.

Onde fica o RENAVAM?

Ao ter acesso ao CRV e ao CRLV, o condutor pode facilmente encontrar o número RENAVAM: ele consta logo acima do campo “Nome”.

Passo a passo: Como consultar o RENAVAM RS no DETRAN? 

Ao acessar a página do Departamento Estadual de Trânsito do Rio Grande do Sul (DETRAN RS), o cidadão deve procurar pela área “Veículos” (há um desenho que auxilia na navegação) e clicar em “Consulta ao veículo”.

Em seguida, a aparecerá a tela “Login ou cadastro”, que explica que se trata de um serviço que exige que o usuário se conecte à Central de serviços do DETRAN RS. Uma vez que o cidadão estiver conectado, ele poderá realizar o acesso à base RENAVAM e também a outros serviços de forma segura e prática.

O condutor será direcionado ao gov.br e, em seguida, retornará à Central de Serviços do DETRAN RS.

Não se esqueça de que para acessar o Login Cidadão, é necessário ter acesso ao seu número de CPF.

De modo geral, a consulta na base RENAVAM é bastante simples e ela pode ser feita tanto no site do DETRAN quanto no do DENATRAN (Departamento Nacional de Trânsito). A diferença entre as duas buscas é que a mais detalhada é aquela feita pela base RENAVAM do SENATRAN.

Para motoristas de qualquer Unidade Federativa, o caminho é o seguinte:  

  1. Acessar o Portal de Serviços do DENATRAN e realizar o login com a conta gov.br, com o CPF e a senha cadastrada – quem não tiver deve criar uma conta.
  2. Preencher as lacunas: código RENAVAM, placa, CPF ou CNPJ do proprietário do veículo. Clicar em “Prosseguir”.
  3. Na tela seguinte, é possível visualizar diversas informações associados ao automóvel, como capacidade, cor, dentre outras.
  4. Caso o cidadão deseje, é possível verificar se há registro de multas e furtos, basta clicar no botão “Indicadores de Situação de Veículo”.
  5. Se o automóvel tiver um condutor principal, as informações podem ser acessadas na aba “Principal condutor”.
Venha conhecer nosso aplicativo!

Com o app da Zapay você vai:

Consultar seu IPVA, licenciamento e Multas;

Parcelar tudo em até 12x com as menores taxas do mercado;

Ser avisado quando precisar renovar seus documentos.

APP Zapay

Tem como consultar o IPVA pelo RENAVAM?

Se o dono do automóvel preferir, é possível conferir o valor a ser pago no IPVA na rede bancária credenciada ao DETRAN de sua localidade. Mas como fazer isso? Simples, basta se dirigir a terminais de autoatendimento, internet banking e aplicativos de celular disponibilizados pelos bancos. 

Um ponto importante: para todas estas alternativas, é necessário informar o número do RENAVAM.

É possível também verificar o valor que deve ser pago no IPVA no portal da Secretaria de Fazenda do seu estado. Nesta opção, é necessário inserir o número do RENAVAM e da placa do veículo.

Como pagar parcelado?

O parcelamento do IPVA 2023 RS pode ser feito em até seis (6) vezes, desde que a opção pelo parcelamento seja feita até o final de janeiro. Após este período não será mais possível parcelar o imposto, de modo que caberá apenas a opção de pagamento integral.

Se o condutor tiver o IPVA de anos anteriores em atraso, é importante saber que há como quitar o imposto em até cinco (5) vezes.

É também possível pagar o IPVA RS através do PIX. Para tal, é necessário acessar o QR Code em uma das seguintes opções:

a)       Portal da Receita Estadual.

b)       Portal do DETRAN.

c)       Aplicativo IPVA – AppStore e Google Play.

 O Governo do Rio Grande do Sul atenta ainda que é possível quitar o imposto em uma das instituições financeira da rede credenciada, sem a necessidade de guia de arrecadação. Para tal, é necessário informa a placa do veículo e o número do RENAVAM.

Conheça a rede credenciada:

  1. Banrisul – inclusive para não correntistas no caixa, correspondentes bancários e Banripontos.
  2. Sicredi – inclusive para não correntistas no caixa.
  3. Sicoob – inclusive para não correntistas no caixa.
  4. Banco do Brasil – não correntistas pelo www.bb.com.br/cidadao, autoatendimento Whastapp/TAA/Mobile/Internet, correspondentes bancários.
  5. Bradesco – somente para correntistas – canais de autoatendimento.

O proprietário de automóvel e motocicleta pode realizar a consulta dos valores do IPVA 2023, da taxa de licenciamento, do Seguro DPVAT (anos anteriores) e de eventuais multas tanto na página www.ipva.rs.gov.br e quanto no endereço www.detran.rs.gov.br. Ainda: é possível instalar o aplicativo IPVA RS para celular/smartphone e obter todas as informações referidas.

O IPVA dos veículos em circulação (ou seja, usados e seminovos) será considerado lançado no dia 1º de janeiro de 2023. Desse modo, os vencimentos ocorrerão no mês de abril de 2023, de acordo com o final de placa.

Após a o pagamento de todas as obrigações (Seguro DPVAT de anos anteriores, licenciamento, IPVA, multas e demais taxas) do veículo, o CRLV será atualizado para o ano de 2023 e será possível emiti-lo através do app Carteira Digital de Trânsito, Central de Serviços do DETRAN RS e Portal do DENATRAN, por intermédio dos CRVAs do Estado ou mesmo imprimindo em domicílio (impressão do CRLV-e), permanecendo o CRLV 2022 válido até as seguintes datas, de acordo com o número final da placa:

Final da PlacaData
1, 2, 3, 4 e 5até 30/06/2023
6, 7, 8, 9 e 0até 31/07/2023

O Governo gaúcho alerta que, apesar das datas de validade do CRLV informada, devem ser observadas as datas de vencimento do IPVA (conforme tabela abaixo), já que o pagamento do imposto após o vencimento acarreta acréscimo de multa moratória e juros (com base na taxa Selic), além da perda dos descontos de Bom Motorista e Bom Cidadão.

Final de Placa1234567890
Vencimento (2023)24/abril24/abril25/abril25/abril26/abril26/abril27/abril27/abril28/abril28/abril

Vale dizer que o pagamento do IPVA poderá ser efetuado em cota única ou parcelado e o vencimento de cada parcela é o último dia útil de cada mês.

Cota Única
PagamentosUPFDesconto Pessoa JurídicaDesconto Pessoa Física*
Até 29/12/2022202210% (+UPF/RS**) pela antecipaçãoaté 28,0% (+UPF/RS**) pela antecipação
Até 31/01/2023202310% pela antecipaçãoaté 28,0% pela antecipação
Até 28/02/2023 20236% pela antecipaçãoaté 24,8% pela antecipação
Até 31/03/2023 20233% pela antecipaçãoaté 22,4% pela antecipação

* Considerando os descontos máximos do Bom Motorista e Bom Cidadão
** Variação da UPF/RS estimada em 5,88%

Parcelado
PagamentosUPFDesconto Pessoa JurídicaDesconto Pessoa Física*
Até 31/01/2023202310% pela antecipaçãoaté 28,0% pela antecipação
Até 28/02/202320236% pela antecipaçãoaté 24,8% pela antecipação
Até 31/03/202320233% pela antecipaçãoaté 22,4% pela antecipação
Até 28/04/20232023até 20%
Até 31/05/20232023até 20%
Até 30/06/20232023até 20%

* Considerando os descontos máximos do Bom Motorista e Bom Cidadão

Dicas da Zapay!

Dica 1: saiba mais sobre o RENAVAM 2023 

Dica 2: RENAVAM pela placa: dá para saber por este caminho

Curtiu o conteúdo e quer ficar sempre atualizado? Acompanhe nosso blog e as redes sociais:

Avatar image of Ana
Written by

Ana

Em 2022, entrou para o time da Zapay, como Analista de SEO atuando com o planejamento de conteúdo para o blog com o objetivo de auxiliar e atuar no crescimento, ajudando a responder às principais dúvidas dos usuários sobre o universo automotivo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *