tanque de combustível
Categories:

Tanque de Combustível: Guia Completo

Saiba como identificar potenciais problemas no tanque de combustível do seu automóvel e evite dores de cabeça e no bolso. Ainda: conheça a importância da tampa do tanque de combustível, por que o tanque é importante para o veículo, os tipos disponíveis no mercado, como fazer manutenção preventiva, dentre outras dicas.

– Por que o tanque de combustível é crucial para o desempenho do veículo 

– Tipos de tanques de combustível: conheça as opções disponíveis 

– Os principais materiais utilizados na fabricação de tanques de combustível 

– Manutenção preventiva do tanque de combustível: dicas e cuidados essenciais 

– Como identificar e solucionar problemas com o tanque de combustível 

– A importância da limpeza regular do tanque de combustível

Dica da Zapay: fique por dentro sobre como funciona a transmissão automática

Por que o tanque de combustível é crucial para o desempenho do veículo?

Há alguns motivos que fazem com que o tanque de combustível de um automóvel tenha enorme importância para o seu desempenho. Um deles é a capacidade de armazenamento de combustível. 

Esta é a informação mais evidente, afinal, o tanque de combustível é projetado para armazenar o combustível necessário para o funcionamento do veículo. Ele fornece um local seguro para manter o combustível (seja ele etanol, gasolina ou diesel) até que seja necessário para alimentar o motor. A capacidade do tanque determina a quantidade de combustível disponível para o automóvel, o que afeta diretamente sua autonomia e a distância que o carro pode percorrer antes de precisar reabastecer.

Outro ponto fundamental sobre a importância do tanque de combustível é o fornecimento contínuo de combustível. O tanque de combustível é conectado ao sistema de alimentação do motor, de modo a fornecer um fluxo constante de combustível ao motor. Por sua vez, o motor consome o combustível à medida que funciona e o tanque garante que haja uma reserva suficiente para atender à demanda do motor durante a condução.

O tanque de combustível está também relacionado à estabilidade do automóvel. Este componente é posicionado no veículo de maneira a ajudar a distribuir o peso de forma adequada, assim, contribui para a estabilidade e o equilíbrio do veículo. A localização correta do tanque de combustível evita desequilíbrios que poderiam afetar negativamente a dirigibilidade do carro.

É preciso considerar também que muitos veículos modernos possuem sistemas de controle de emissões que dependem do uso eficiente do combustível. Esses sistemas monitoram e controlam a queima de combustível para reduzir as emissões prejudiciais ao meio ambiente. Desse modo, um tanque de combustível adequado e bem mantido ajuda a garantir o funcionamento correto desses sistemas, além da redução das emissões poluentes.

Mais um ponto relevante sobre o tanque de combustível em bom estado de conservação e livre de vazamentos é a confiabilidade e a durabilidade do carro. Afinal, vazamentos de combustível podem causar problemas de segurança, danos ao sistema de escape e até mesmo incêndios. Portanto, a manutenção adequada do tanque de combustível é fundamental para garantir o funcionamento seguro e confiável do automóvel.

Em suma, o tanque de combustível desempenha um papel fundamental no que diz respeito a armazenamento, fornecimento e distribuição de combustível para o motor, de modo a afetar a autonomia, a estabilidade, o desempenho e a confiabilidade do automóvel como um todo.

Dica da Zapay: pensou nos termos “carro estrada” e ficou na dúvida sobre quais são os melhores modelos para este tipo de viagem? Confira este artigo sobre o tema e conheça os melhores veículos para pegar a estrada.

Tipos de tanques de combustível: conheça as opções disponíveis 

É importante ter em mente que os tipos de tanque de combustível dos veículos automotores podem variar, a depender do automóvel em questão e de sua finalidade. No entanto, em termos gerais, existem alguns tipos comuns de tanques de combustível encontrados em carros – que você poderá conhecer mais no tópico a seguir.

Vale a pena destacar que os tipos de tanques de combustível podem variar entre os fabricantes e modelos de veículos. Assim, cada fabricante pode ter especificações e métodos de construção para os tanques próprios, levando em consideração alguns fatores, tais como: segurança, eficiência, regulamentações ambientais e requisitos de design do veículo.

O site da Zapay é sempre uma mão na roda!

Conheça nossos serviços e aprenda como quitar os seus débitos veiculares.

Aqui você pode consultar placa do veículo, além de demais pendências que seu carro ou sua moto possam ter, eventualmente.

Saiba como parcelar multas, IPVA, licenciamento em até 12 vezes no cartão de crédito.

Vem que a Zapay lhe ajuda a deixar sua vida veicular em dia!

Os principais materiais utilizados na fabricação de tanques de combustível 

Confira alguns dos principais materiais usados na fabricação de tanques de combustível:

  1. Tanque de combustível de metal: é o tipo mais comum e tradicional, sendo geralmente feito de aço ou alumínio, de modo a oferecer durabilidade e resistência. Esses tanques podem variar em formato e capacidade, dependendo do projeto do veículo.
  2. Tanque de combustível de plástico: este tipo está cada vez mais popular, especialmente em veículos mais novos (fabricados recentemente). Eles são feitos de materiais plásticos de alta resistência, como polietileno de alta densidade (PEAD) ou poliamida. Os tanques de plástico são mais leves do que os de metal e podem ser moldados em formas mais complexas, o que facilita a integração com outros componentes do veículo. Além disso, eles são menos propensos à corrosão e vazamentos.
  3. Tanque de combustível de plástico reforçado com fibra de vidro: alguns veículos de alto desempenho ou veículos especiais podem ter tanques de combustível feitos de plástico reforçado com fibra de vidro (FRP). E há motivos para tal. Afinal, esses tanques oferecem alta resistência e leveza, tornando-os adequados para aplicações onde o peso e a segurança são considerações importantes.
  4. Tanque de combustível flexível: os veículos movidos a Gás Natural Veicular (GNV) ou biocombustíveis, como o etanol, podem usar tanques de combustível flexíveis, que, por sua vez, são feitos de materiais compostos flexíveis, que permitem a acomodação das pressões características desses combustíveis. Desse modo, os tanques de combustível flexíveis são uma opção comum para veículos convertidos para GNV.
tampa do tanque de combustível

Manutenção preventiva do tanque de combustível: dicas e cuidados essenciais 

Há alguns cuidados que são fundamentais quando o assunto é a manutenção preventiva do tanque de combustíveis. Esta atenção pode evitar o surgimento de dores de cabeça relacionadas a este componente do automóvel. Confira as dicas:

  • Faça inspeções visuais periódicas no tanque de combustível em busca de sinais de vazamentos, corrosão, danos físicos ou qualquer outra anormalidade. Preste atenção especial em conexões, áreas de solda e juntas. Caso perceba qualquer problema, a recomendação é levar o veículo a um mecânico de confiança para avaliação e reparo.
  • Evite deixar o tanque de combustível completamente vazio por longos períodos. O combustível ajuda a lubrificar e resfriar a bomba de combustível, portanto, manter um nível adequado de combustível no tanque pode prolongar a vida útil da bomba.
  • Faça uso sempre de combustível de qualidade e evite abastecer em postos desconhecidos ou suspeitos. Combustíveis adulterados podem causar danos ao tanque de combustível e ao sistema de alimentação do veículo. Procure sempre abastecer em postos confiáveis, que sigam os padrões de qualidade.
  • Alguns combustíveis, como o etanol, podem ser corrosivos e podem acelerar a corrosão do tanque de combustível, especialmente se houver exposição prolongada. Caso o amigo condutor faça uso desses tipos de combustíveis, é necessário ter atenção para seguir as recomendações do fabricante do veículo e realizar a manutenção adequada. 
  • Tome cuidado ao dirigir em áreas com obstáculos no solo, como lombadas ou estradas em más condições. Afinal, impactos fortes podem danificar o tanque de combustível e causar vazamentos. Com este cenário, evite também colisões que possam afetar diretamente o tanque.
  • A tampa do tanque de combustível ajuda a evitar a entrada de impurezas, poeira e água no tanque. Assim, é importante verificar se a tampa está em boas condições e se está vedando corretamente. Ela deve ser substituída, se estiver danificada ou se não estiver vedando adequadamente.
  • Consulte o manual do proprietário do veículo para obter informações específicas sobre a manutenção recomendada do tanque de combustível. Siga as orientações do fabricante em relação aos intervalos de manutenção, substituição de peças e outros cuidados específicos.

Caso você note qualquer problema ou suspeite de danos no tanque de combustível, é fundamental levar o veículo a um mecânico qualificado para avaliação detalhada e reparo adequado. A manutenção preventiva regular ajudará a garantir a segurança, o desempenho e a longevidade do sistema de combustível do seu automóvel.

Como identificar e solucionar problemas com o tanque de combustível 

Para que seja possível identificar e solucionar eventuais problemas com o tanque de combustível de um veículo automotor, é fundamental que este automóvel seja mantido em boas condições de funcionamento, de modo que potenciais danos e riscos à segurança sejam evitados.

Fique por dentro sobre como identificar alguns problemas que podem estar relacionados ao tanque de combustível:

  • Vazamentos de combustível: caso o amigo condutor perceba um odor forte de combustível ou manchas de líquido no chão perto do tanque de combustível, este pode ser um sinal de que há um vazamento. Nesse caso, é essencial parar de dirigir o veículo imediatamente e chamar os serviços de um mecânico especializado (e de confiança) para inspeção e reparo.
  • Problemas de abastecimento: se o motorista tiver dificuldade em abastecer o tanque ou se o combustível transbordar facilmente, é sinal de que pode haver um problema com a ventilação do tanque. Esta dificuldade pode ser causada por um tubo de ventilação obstruído ou um problema com a válvula de controle de emissões do tanque. Um mecânico qualificado pode diagnosticar e solucionar este tipo de dor de cabeça.
  • Problemas de leitura de combustível: caso o indicador de combustível não esteja funcionando corretamente, fornecendo leituras incorretas ou intermitentes, isso pode indicar um problema com o sensor de nível de combustível localizado dentro do tanque. Nesse caso, pode ser necessário substituir o sensor defeituoso.
  • Corrosão: tanques de combustível de metal podem ser suscetíveis à corrosão, conforme já mencionamos neste artigo, especialmente aqueles expostos a condições extremas de umidade ou se houver danos na pintura protetora. A corrosão pode levar a vazamentos e danos ao tanque. A recomendação é inspecionar visualmente o tanque em busca de sinais de corrosão e, caso essa oxidação seja detectada, é necessário consultar um mecânico profissional para reparo ou substituição.
  • Impactos ou danos físicos: quando ocorre um impacto forte no carro, como em uma colisão ou ao passar por obstáculos no solo, é possível que o tanque de combustível seja danificado. O indica é verifique visualmente o tanque em busca de amassados, rachaduras ou outros danos aparentes. Caso haja algum dano, é necessário levar o veículo a um profissional para avaliação e devido reparo.

É importante destacar que analisar e trabalhar no sistema de combustível e no tanque pode ser uma atividade perigosa, que requer conhecimento especializado. Se o amigo motorista não se sentir confortável ou não tiver experiência suficiente em lidar com esses tipos de problemas, é recomendável procurar um mecânico qualificado para a inspeção, diagnóstico e reparo do tanque de combustível.

A importância da limpeza regular do tanque de combustível

Assim como os demais componentes de um veículo automotor, o tanque de combustível também demanda alguns cuidados e atenção, sobretudo no momento de abastecer o seu carro. A maior parte dos tanques de combustível encontrados em automóveis, hoje, é feito de plástico – outrora, estes recipientes eram feitos de chapas metálicas.

Ou seja, os veículos atuais não costumam apresentam oxidação no tanque de combustível, uma vez que seu material constituinte é o plástico. Contudo, pode ser que o combustível errado seja inserido no seu veículo na hora ade abastecer em um posto de combustíveis. 

Imagine a situação na qual seu automóvel funciona a gasolina e ele foi abastecido com diesel. Deve realizar uma boa limpeza em todo o tanque para que o diesel seja eliminado – o mesmo vale para os combustíveis comprovadamente adulterados, eles não podem ficar no tanque.

Apenas diante destas duas situações é que se demanda a limpeza do tanque de combustível de um carro. Qualquer limpeza mirabolante oferecida pode ser uma tentativa de golpe. Fique atento!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *