Despachante SP
Categories:

Qual a função do despachante de veículos SP?

Você sabe o que faz um despachante? Não?! Então, embarque nessa com a Zapay e saiba como funciona um despachante on-line SP e o que faz o profissional desta área.

Sabia que a Zapay pode ser o seu despachante on-line grátis São Paulo ou ainda de qualquer uma das Unidades Federativas do Brasil? Nós podemos lhe ajudar a quitar os débitos veiculares e manter a vida burocrática do seu veículo sempre em dia. Confira!

O que faz um despachante? 

Qual é a função do despachante de veículos? 

Diferença entre a Zapay e um despachante de veículos

O que faz um despachante?

O despachante é um daqueles profissionais sempre requisitados quando o assunto é a ordem burocrática do seu automóvel, motocicleta ou veículo de qualquer outra categoria.

Este profissional é conhecido como despachante de veículos ou despachante de trânsito e cabe a ele a responsabilidade em auxiliar o proprietário do automóvel em colocar a documentação em dia.

Assim, cabe ao despachante realizar a intermediação entre o proprietário do veículo e o DETRAN (Departamento Estadual de Trânsito), por exemplo, de modo a prestar diversos serviços relacionados à emissão de documentos, quitação de multas em atraso, impostos, entre outros serviços.

Uma vez que o trabalho do despachante versa serviços que asseguram que tudo esteja em ordem, perante a legislação de trânsito brasileira, este profissional recebe o direito legal de colocar toda a documentação veicular do cliente em dia ao DETRAN. Assim, o despachante colabora com procedimentos, como regularização, registros, vistorias, entre outros serviços os quais possa ser contratado.

Qual é a função do despachante de veículos?

Reforçando o tópico anterior, o despachante é o profissional responsável pela ponte a ser feita por um indivíduo (seja ele uma Pessoa Física ou uma Pessoa Jurídica) e o DETRAN.

Os serviços mais comuns que o despachante executa são:

  1. Licenciamento de veículos.
  2. Transferência de veículos.
  3. Comunicação de venda.
  4. Primeiro emplacamento.
  5. Alteração de características do veículo no registro.
  6. Baixa definitiva do veículo como sucata.
  7. Consulta de situação do veículo.
  8. Segunda via de CRV (Certificado de Registro do Veículo) – popularmente chamado de documento de compra e venda. 
  9. Segunda via de CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo).

Diferença entre a Zapay e um despachante de veículos

Agora que você sabe o que faz um despachante, já deve ter percebido que ele atende muitos dos serviços os quais é possível fazer com a Zapay, certo? Confira a seguir as vantagens de realizar a quitação de débitos veiculares conosco.

Ao fazer uma consulta no DETRAN, no app da Carteira Digital de Trânsito ou ainda no portal de serviços do SENATRAN é possível saber qual débito veicular está em aberto e sendo cobrado.

Desse modo, é possível também consultar placa de veículo e débitos veiculares utilizando os serviços da Zapay. Afinal, somos sempre uma mão na roda quando ao assunto é facilitar sua vida no trânsito.

E é tudo de um jeito rápido e fácil. O nosso site – www.usezapay.com.br – oferece um reconhecido serviço de pagamento de débitos veiculares, além de muitas informações para você e seu veículo.

Com o número da placa e o e-mail, você pode quitar o valor do seu IPVA na plataforma da Zapay, por exemplo, que é autorizada e vinculada a 25 DETRANS pelo Brasil. Basta realizar o cadastro no site com e-mail e senha, consultar a dívida e selecionar a forma de pagamento.

Além de ser possível o pagamento nas plataformas on-line, você também pode regularizar o IPVA dentro das próprias agências do DETRAN, algumas já possuem em suas unidades, empresas de crédito autorizadas.

Com a Zapay – tanto no site quanto no app –, você ainda resolver pendências com licenciamento, multas, DPVAT (Seguro Obrigatório de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres, ou por sua Carga, a Pessoas Transportadas ou Não), dentre outros débitos veiculares.

Após a aprovação do pedido, os débitos irão ser liquidados junto à rede bancária. Depois desse processo, o DETRAN solicita até 2 dias úteis para que os débitos sejam baixados no sistema.

Como baixar o APP Zapay

Se você ainda tem algum receio em realizar um pagamento tão essencial pelo app, ou deixar nas mãos de uma empresa terceirizada essa responsabilidade, a gente se apresenta de novo. 

A Zapay presta serviços em 25 estados do nosso país e possui a maior cobertura nacional de consulta de veículos, integrados aos DETRANs de todas as regiões do Brasil. 

Banner_Blog

Isso só mostra o comprometimento que temos com um bem tão valioso para você e com o pagamento de impostos que permitem que você, amigo condutor, usufrua desse bem com toda a tranquilidade do mundo. 

Além disso, aqui na Zapay, seu desejo é uma ordem! Procuramos atender a preferência de cada motorista, seja os que desejam pagar os débitos on-line ou os mais tradicionais, que ainda preferem quitar os seus impostos em postos físicos. 

É mais conforto para o motorista e sua família! 

Fique por dentro do nosso passo a passo:

  1. Baixe o app da Zapay e consulte os débitos pela placa do veículo. No caso deste artigo, você deve consultar os relativos ao IPVA.
  2. Se existirem débitos de seu automóvel ou moto em aberto, estas informações aparecem na tela. É preciso se cadastrar na Zapay e criar um usuário e uma senha. Com esta ativação, você poderá selecionar o débito que deseja pagar ao clicar no botão “Pagar agora”.
  3. Em seguida, escolha a forma de pagamento que melhor cabe no seu bolso e no seu planejamento familiar. É possível efetuar a quitação em até 12 vezes no cartão de crédito, fazer um PIX, pagar via boleto, TicketLog ou ainda voucher. É só escolher a opção que lhe deixa mais confortável e efetuar o pagamento
Venha conhecer nosso aplicativo!

Com o app da Zapay você vai:

Consultar licenciamento, IPVA e Multas;

Parcelar tudo em até 12x com as menores taxas do mercado;

Ser avisado quando precisar renovar seus documentos.

APP Zapay

Quanto custa o serviço de um despachante? 

Tudo depende de qual serviço você irá contratar e os valores variam de localidade para localidade. Caso você tenha comprado um veículo, ele precisará fazer o primeiro registro e o licenciamento, certo? Este serviço custa cerca de R$600.

Já os serviços para transferência custam aproximadamente R$$400 e o licenciamento R$250. 

A dica: é pesquise sempre para encontrar os melhores valores e os profissionais mais competentes para realizar os serviços. Afinal, é a documentação do seu veículo que o despachante irá manusear. Evite dores de cabeça e no bolso.

Quem pode ser despachante?

Para ser um despachante de veículo é preciso ter em mente que é necessário muito conhecimento técnico – afinal, este profissional estará lidando com burocracias, documentação importante e a legislação (sobretudo, as leis de trânsito).

Se você deseja ser um despachante de trânsito, é importante se inscrever no concurso do DETRAN e fazer os cursos oferecidos pelo departamento. 

Outro caminho é você se filiar ao Sindicado dos Despachantes de Trânsito – esta é uma forma para obter apoio com todos os trâmites necessários para iniciar o negócio.  

Dicas da Zapay!

Dica 1: Saiba como pagar os débitos veiculares.

Dica 2: Fique ainda mais por dentro sobre o que faz um despachante de veículos.  

Dica 3: Conheça os passos para emitir o CRLV 2022 de forma digital. 

O que é IPVA?

IPVA é a sigla para Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores. Trata-se de um imposto que incide sobre a propriedade de veículos – ou seja, a ser pago por todos aqueles que detém um carro, moto, ou qualquer outro veículo automotivo, em seu nome; o imposto não diz respeito a embarcações nem a aeronaves. 

O IPVA é um imposto estadual, de modo que apenas o Distrito Federal, bem como os estados brasileiros têm o poder de instituí-lo.

Ainda: é possível saber mais sobre as bases do IPVA ao acessar o artº 155, Inciso III, da Constituição Federal. Nele consta que “Compete aos Estados e ao Distrito Federal instituir impostos sobre […] (III) propriedade de veículos automotores”.

Cada estado tem autonomia para estabelecer um critério próprio a ser utilizado na alíquota do imposto. Vamos usar o Distrito Federal como exemplo para entendermos a alíquota. Para o IPVA, a cobrança, em 2022, sobre o valor do veículo é de 3% para automóveis, 2% para motocicletas e 1% para caminhões e micro-ônibus. Sendo assim, a base de cálculo é o valor venal do veículo, estabelecido pelo estado que cobra o imposto. Mas o que seria o valor venal? Trata-se de uma estimativa feita pelo Poder Público sobre o preço de determinados bens – sua função é servir como base para o cálculo de determinados impostos e, em alguns casos, emolumentos judiciais ou administrativos.

A título de comparação, estas são as taxas de IPVA cobradas pelos estados do Centro-Oeste brasileiro:

– Goiás: 3,75% para carros de passeio; 3,45% para caminhonetes e utilitários e 3% para motocicletas.

–  Mato Grosso: 3% para carros de passeio; 2,5% para caminhonetes e utilitários e 1% para motocicletas.

– Mato Grosso do Sul: 3,5% para carros de passeio; 3,5% para caminhonetes e utilitários e 2% para motocicletas.

– Distrito Federal: 3% para carros de passeio; 1% para caminhonetes e utilitários e 2% para motocicletas.

E o licenciamento?

A taxa de licenciamento 2022 é um documento obrigatório que precisa ser pago anualmente a fim de possibilitar a livre circulação veicular.

No entanto, é importante informar que caso o condutor apresente outras pendências ou multas junto ao DETRAN de sua região é preciso que antes seja regularizado o licenciamento atrasado.

Caso o condutor seja pego trafegando com o documento vencido, além de pagar multa, pode perder 7 pontos na carteira e ter o veículo apreendido. Ninguém merece uma dor de cabeça dessas em nenhum momento da vida, não é mesmo?

Fique tranquilo, porque existem três formas de regularizar essa pendência e pagar as suas dívidas. O dono de veículo que deseja quitar com este débito pode realizar de forma presencial por meio das agências dos bancos conveniados em seu estado, pelo caixa eletrônico ou pela Internet. Basta encontrar a forma mais prática e seguir em frente.

Caso seja escolhida a internet, o motorista deve saber que será liberado um boleto através do portal oficial do DETRAN ou da Secretaria da Fazenda do seu estado.

É muito simples acessar e emitir o boleto, basta seguir o passo a passo abaixo:

  • Acessar o site oficial do DETRAN do Paraná.
  • Clicar na aba licenciamento.
  • Inserir os dados pedidos.
  • Preencher o código.
  • Clicar em enviar.

Na hora da busca, é preciso informar o número do RENAVAM (Registro Nacional de Veículos Automotores). É essencial levar em consideração que o valor é de responsabilidade estadual, desse modo, varia de estado para estado. Então faça todo o processo com muita atenção e, se tiver dúvidas, encontre a seção FAQ para respondê-las da melhor maneira possível.

Isso porque vão rolar multas caso não haja o pagamento no período estabelecido pelo DETRAN estadual. Por isso, ressaltamos a importância do acesso a sites oficiais do governo, que são garantia de informação verdadeira e de qualidade, não ficando apenas no discurso e no diz que me diz.

Avatar image of Ana
Written by

Ana

Em 2022, entrou para o time da Zapay, como Analista de SEO atuando com o planejamento de conteúdo para o blog com o objetivo de auxiliar e atuar no crescimento, ajudando a responder às principais dúvidas dos usuários sobre o universo automotivo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *