multa 659-92
Categories:

Qual o valor da taxa de licenciamento 2022?

O assunto agora é taxa de licenciamento 2022. Não importa se você quer saber sobre a taxa de licenciamento 2022 mg, taxa de licenciamento 2022 rj ou de qualquer outro estado. A Zapay preparou um artigo geral sobre o tema e sua importância.

Fique ligado e acelere com a gente!

O que é taxa de licenciamento?

Antes de abordarmos os valores, vamos falar sobre o que é a taxa de licenciamento? Essa taxa é um imposto recolhido pelo DETRAN, o Departamento Estadual de Trânsito, todos os anos, e que abrange o país inteiro. Porém, o DETRAN de cada estado tem autonomia em relação às datas de vencimento e aos valores a serem pagos. O licenciamento também funciona como uma espécie de “autorização”, para que o veículo circule pelas vias públicas brasileiras sem nenhum problema.

Mas você sabe como licenciar o seu veículo? Ou ainda: já recebeu a notícia de que é possível fazer este processo todo on-line? A Zapay lhe ajuda com todas estas questões e suas eventuais dúvidas sobre o processo de licenciamento.

Na hora de efetuar a quitação do seu imposto anual, por exemplo, a gente também lhe ajuda. Para efetuar o pagamento do licenciamento e também de outros débitos veiculares, a Zapay é uma mão na roda! Afinal, estamos presentes em 25 estados brasileiros e possuímos a maior cobertura nacional de consultas de veículos, integrados aos DETRANs de todas as regiões do Brasil. E a Zapay atende a todas as preferências, tanto se você deseja pagar os débito on-line quanto se também preferir a quitação em postos físicos. Aquilo que for mais confortável ao motorista e sua família.

Na Zapay, você pode consultar os débitos do veículo, como licenciamento, IPVA (Imposto sobre Propriedade de Veículo Automotor), multas e DPVAT (Danos Pessoais por Veículos Automotores Terrestres). Para isso, é preciso seguir este passo a passo:

  1. Consultar os débitos pela placa do veículo.
  2. Se existirem débitos de seu veículo em aberto, estas informações aparecerão na tela. É preciso se cadastrar na Zapay e criar um usuário e uma senha. Com esta ativação, você poderá selecionar o débito que deseja pagar ao clicar no botão “Pagar agora”.
  1. Escolha a forma de pagamento que melhor cabe no seu bolso e no planejamento familiar. Você pode efetuar a quitação em até 12 vezes no cartão de crédito, fazer um PIX, pagar via boleto, TicketLog ou ainda Voucher. É só escolher a opção e efetuar o pagamento.

Taxa de licenciamento 2022: qual o valor deste ano?

Repetindo anos anteriores, para renovar o CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo) é preciso efetuar o pagamento do licenciamento 2022.

Essa taxa tem valores diferentes de acordo com o estado. Ou seja, o que for cobrado pelo Detran do estado de São Paulo não é o mesmo cobrado pelo Detran do estado do Rio de Janeiro.

No entanto, podemos fazer uma média. A taxa de renovação do CRLV costuma custar entre R$150 a R$200,00. A média de valor da taxa de licenciamento 2022 é bem inferior ao cobrado pelo IPVA ou outros impostos.

Clique aqui se quiser saber mais sobre a taxa de licenciamento para veículos com placa final 9.

Como pagar a taxa de licenciamento?

Vamos agora ao ponto principal do artigo. Você não sabe ou tem dúvida em como pagar sua taxa de licenciamento. Então, em primeiro lugar, para que donos de veículos possam ter acesso a informações e datas referentes ao licenciamento 2022, o DETRAN (Departamento Estadual de Trânsito) de cada estado brasileiro disponibiliza em seu site oficial uma área para consulta.

Agora, é só acessar o site e seguir os passos para conseguir obter informações sobre o valor a ser quitado, data de pagamento e muitos outros dados importantes, que valem sempre estar à mão.

O pagamento do licenciamento 2022 é feito através de uma guia de recolhimento, disponível no site oficial do DETRAN de cada estado. Todo o proprietário de veículo pode imprimir essa guia ou recebê-la pela internet

Já com o boleto impresso ou em seu e-mail, é preciso ficar de olho na data vigente para vencimento. O pagamento pode ser feito em agências autorizadas ou em qualquer unidade de atendimento do DETRAN.

Tudo pronto, agora é aguardar! Dias depois do pagamento ser processado, um novo CRLV – Certificado de Registo e Licenciamento de Veículo é enviado para a residência do proprietário do veículo.

Taxa de licenciamento atrasada: o que acontece?

Andar com seu veículo pelas ruas sem estar com o licenciamento em dia pode acarretar uma série de problemas legais, ou seja, muito stress para o motorista. Por esse motivo, trouxemos uma série de razões para você ter o documento em mãos e o licenciamento pago toda vez que for dirigir seu automóvel.

Olha só o que acontece se a licença não for paga:

Recebimento de uma multa

Não pagar a licença gera multa e, spoiler, a multa é bem salgada. A lei de trânsito prevê uma infração de natureza gravíssima ao conduzir um veículo sem o licenciamento em dia. O valor da multa é de R$293,47.

Perda de pontos na carteira

Como você bem sabe, onde a multa vai, a pontuação na CNH (Carteira Nacional de Habilitação) vai atrás. O motorista que dirigir um automóvel com o licenciamento vencido perde (7) sete pontos na carteira de motorista (CNH). Sempre bom ressaltar que ter uma infração gravíssima em sua carteira, o motorista tem o seu limite de pontos na CNH reduzido de 40 para 30, sendo necessário ficar atento para não perder a mesma ao estourar a pontuação.

Risco de apreensão do veículo

Não é só o bafômetro que apreende veículo não! Ao ser para pelas autoridades responsáveis dirigindo um automóvel sem o licenciamento pago e vigente, o mesmo será apreendido até que a situação seja regularizada.

Pagamento das diárias no Detran

Se o veículo for apreendido por conta do licenciamento vencido, além do inconveniente de não ter o seu veículo no dia a dia, ele precisa pagar as diárias referente ao período em que o automóvel ficou recolhido no pátio do Detran.

Data do licenciamento para caminhões

Carro é uma coisa, caminhão é outra. Devido as suas diferenças, as regras para licenciamento de caminhão são diferentes. Vamos pegar a tabela do licenciamento para caminhões no ano passado no estado de São Paulo.

  • 1 e 2: mês de setembro.
  • 3, 4 e 5: mês de outubro.
  • 6, 7 e 8: mês de novembro.
  • 9 e 0: mês de dezembro.

Como dá para ver, são apenas quatro (4) meses (setembro, outubro, novembro e dezembro) em que é possível fazer o licenciamento de caminhão. É importante ficar atento ao final da placa do seu veículo para não se atrasar.

Nesse cenário hipotético, se o caminhão tem placa terminada em 2, o mês foi setembro. Se a placa termina em 4, o mês para atualizar o CRLV é outubro, e assim por diante.

É necessário conhecer como funciona a tabela no DETRAN do seu próprio estado, porém sempre tenha em mente que o licenciamento de caminhão sempre segue um cronograma diferente do estabelecido para o licenciamento dos outros veículos.

Qual é a importância do licenciamento de caminhões?

Mas, no fim das contas, é necessário mesmo fazer o licenciamento também para caminhões? A resposta é sim. O caminhoneiro tem deveres que vão muito além do que apenas sair dirigindo o veículo pelo país. Entre as providências necessárias (e obrigatórias por lei), está o licenciamento.

Até porque não seria estranho o caminhoneiro oferecer um serviço de ótima qualidade mas, por outro lado, esquecer-se de licenciar o caminhão? De repente, durante uma fiscalização, ele recebe uma multa salgada por infração gravíssima e, de quebra, ainda tem o veículo apreendido. Não dá, né?

O licenciamento de caminhão é uma obrigação imposta pela legislação com validade de Norte a Sul do nosso Brasil.

Por isso, é preciso lembrar, todos os anos, nas datas corretas, de tomar as medidas necessárias para o recebimento do Certificado de Registro de Licenciamento de Veículo. Neste ponto, vale a pena monitorar constantemente o site do Detran de seu estado para ficar atento às informações de uma fonte confiável.

Vantagens do licenciamento de caminhão

Muito além do que evitar problemas com multas de trânsito, pontuação e o Código de Trânsito Brasileiro (CTB). São diversas vantagens que o licenciamento todos os anos proporciona aos donos de caminhões. Siga com a gente.

Autoriza a circulação do caminhão

Muito provavelmente o motivo principal para fazer o licenciamento é que o CRLV em dia permite ao caminhão andar por todo o país sem preocupações. Caso o motorista seja abordado por algum fiscal nas estradas, não terá problemas. É só mostrar toda a documentação em dia, ficar sempre ligado no que for pedido e seguir tranquilo a viagem.

Facilidade para a venda

Caso o dono esteja pensando em passar seu veículo adiante para comprar um novo, é bom saber que o fato de ele se encontrar licenciado e regularizado em todos os aspectos ajuda.

O motivo é simples. Todo comprador deseja um veículo que esteja prontamente apto a circular. Se ele mesmo tiver que fazer o licenciamento, será muito mais difícil – há ainda outros problemas como o caso de o veículo ter licenças e dívidas antigas a serem quitadas, que fica ainda mais complicado para resolver.

Vamos supor que o seu caminhão foi colocado à venda. Ele está em boas condições de uso e de conservação, mas o licenciamento está atrasado. Talvez, você demore para efetivar o negócio, principalmente se considerar que, atualmente, há outros veículos com as mesmas características do seu disponíveis em diversas cidades e preços semelhantes, porém já regularizados. Afinal, o mercado de caminhões seminovos e usados está sempre em alta.

Permite transferência de propriedade

Outra situação que deve ser levada em conta é que só é possível fazer a transferência do caminhão quando não há pendências financeiras. Dessa forma, a venda só é efetivada por completo com a transferência do veículo para o novo dono quando as dívidas forem saldadas.

Fazer a venda de um veículo e não o transferir rapidamente é um grande risco. Todas as infrações cometidas por ele serão responsabilidade sua, à medida que, aos olhos da justiça brasileira, você ainda é o dono do caminhão.

Ajuda a fechar negócios

Empatia é saber se colocar no lugar do outro. Você preferiria contratar os serviços de um caminhão com tudo em dia, regularizado ou um veículo cheio de irregularidades, multas para pagar e licenciamento vencido?

Manter o caminhão regularizado, aumenta as chances de captar e fidelizar clientes, até para novas vendas futuras, o que, consequentemente, ajuda a levantar mais dinheiro. Esteja certo de que muitos consumidores exigem o CRLV atualizado para efetivar um negócio.

Além disso, estar dentro da legalidade contribui para a sua reputação como profissional e melhora sua imagem diante do público.

Por isso não cansamos de repetir o quanto a documentação regularizada é um diferencial competitivo. As empresas procuram fazer boas parcerias, com profissionais comprometidos e confiáveis.

Caminhões em bom estado de conservação, autorizados a rodar por todo o Brasil, são valiosos aliados para que os negócios sejam bem-sucedidos.

Evita o descumprimento de prazos

Cumprir prazos é uma das qualidades mais procuradas em motoristas de caminhão. Não importa qual é sua área de atuação, a qualidade do serviço está intimamente ligada ao cumprimento das entregas no dia combinado. Não é difícil entender o porquê.

A entrega no prazo combinado, ou até de forma antecipada, é fundamental para o bom desenvolvimento da cadeia produtiva e assegura que o consumidor final tenha todas as suas necessidades supridas.

E sabe quem não corre perigo de sofrer apreensão durante uma abordagem policial e, consequentemente, ter a efetivação do frete comprometida? O caminhão licenciado. É algo que oferece mais tranquilidade para a empresa ou a pessoa física que contratou, torna o transporte mais rápido e diminui as perdas dos produtos, especialmente daqueles de natureza perecível.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *