Imagem de uma placa educativa de trânsito escrito "placas educativas"
Categories:

Placas educativas: entenda como são e veja exemplos

O papo hoje é sobre placas educativas!

Já imaginou como seria o trânsito se não houvessem placas? Todo mundo ia fazer o que bem entendesse, haveriam diversos acidentes, teria engarrafamento em todo canto… enfim, maior caos!

Ao longo deste artigo, você vai entender quais as características das placas educativas de trânsito e a importância dessa sinalização educativa. Veja diferentes exemplos e fique por dentro de tudo o que você precisa saber sobre as placas educativas. 

O que são as placas educativas de trânsito?

As placas educativas são placas de trânsito com o objetivo de educar e conscientizar motoristas, ciclistas e pedestres sobre boas práticas de segurança no trânsito, apresentando mensagens informativas, postas de forma direta e clara, sobre diversos aspectos da segurança no trânsito. 

As mensagens das placas educativas podem abordar temas como a importância do uso do cinto de segurança, a necessidade de respeitar os limites de velocidade, a proibição do uso de celular ao dirigir, entre outros exemplos.

As placas educativas fazem parte de uma estratégia ampla de educação e prevenção de acidentes, de modo a ajudar na promoção de comportamentos seguros e na redução de acidentes.

Consulte sua placa grátis

Para que servem as placas educativas?

As placas educativas servem para educar e conscientizar, prevenir acidentes, orientar e reforçar regras e boas práticas, além de promover a cidadania, contribuindo para um trânsito mais seguro e harmonioso.

Com tantas vantagens, as placas educativas têm enorme importância em nossa rotina, pois promovem a redução de acidentes, comportamentos seguros, além do zelo pela vida, formam hábitos positivos e cidadãos, funcionam como complemento à fiscalização e causam importante impacto na cultura de segurança nas vias públicas.

Quais as características das placas educativas

As placas educativas são sempre placas retangulares brancas com uma frase curta escrita na cor preta, além de uma linha preta ao redor das bordas (como uma moldura, por assim dizer). 

Confira abaixo um exemplo de placa educativa e entenda na prática:

Exemplo da placa educativa "só ultrapasse com segurança"

Separamos também diferentes exemplos de placas educativas em diferentes contextos e situações, confira!

Veja exemplos de placas educativas frequentes nas estradas

As estradas geralmente tem diversas placas educativas em diferentes trechos. Geralmente, quando nos lembramos dessas sinalizações educativas, são justamente imagens de placas educativas em estradas que lembramos. Confira algumas das mais recorrentes:

  • LONGO TRECHO EM DECLIVE
  • NÃO ULTRAPASSE COM FAIXA CONTÍNUA
  • LUZ BAIXA AO CRUZAR VEÍCULOS
  • SOB NEBLINA REDUZA VELOCIDADE
  • VERIFIQUE OS FREIOS
  • RESPEITE A VIDA
Imagem com diversos exemplos de placas educativas frequentemente vistas nas estradas

Veja exemplos de placas educativas frequentes na cidade

Agora, conheça algumas das placas educativas que são frequentemente vistas nas cidades:

  • NÃO FECHE O CRUZAMENTO
  • EVITE DANOS À SINALIZAÇÃO
  • USE O CINTO DE SEGURANÇA
  • OBEDEÇA A SINALIZAÇÃO
  • MOTOCICLISTA USE SEMPRE O CAPACETE
  • VERIFIQUE OS FREIOS
Imagem com diversos exemplos de placas educativas frequentemente vistas na cidade

Também existem placas educativas para pedestres 

Por sua vez, as placas educativas para pedestres são sinais de trânsito especialmente projetados para informar, educar e conscientizar os pedestres sobre comportamentos seguros ao utilizar vias públicas. 

Estas placas educativas desempenham um papel vital na promoção da segurança dos pedestres, de modo a ajudar a prevenir acidentes e a garantir que todos utilizem as ruas de maneira responsável e atenta. Lembre-se: os pedestres são os indivíduos mais vulneráveis no trânsito.

Confira alguns exemplos de placas educativas para pedestres:

  • PEDESTRE, ATRAVESSE NA FAIXA
  • UTILIZE A PASSAGEM PROTEGIDA
  • UTILIZE A PASSAGEM SUBTERRÂNEA
  • PEDESTRE, USE A PASSARELA
Imagem de duas placas educativas para pedestres: pedestre atravesse na faixa e utilize a passagem protegida.

Quais os princípios para utilizar uma placa educativa?

Uma placa educativa pode ser usada ao longo das vias públicas e em locais onde é comum notar desobediência à sinalização e/ou às regras gerais de circulação e conduta tanto de pedestres quanto de motorista de veículos automotores.

Esses princípios respeitam as diretrizes do Manual brasileiro de sinalização de trânsito – Volume III Sinalização Vertical de Indicação, documento elaborado pelo Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN). 

Além das placas educativas, também existem os dispositivos luminosos 

Em complemento às placas educativas, há os dispositivos luminosos, que fazem uso de recursos luminosos, como o próprio nome entrega. O objetivo é proporcionar melhores condições de visualização da sinalização ou ainda, a partir de elementos eletrônicos, possa permitir a variação da sinalização ou de mensagens.

Vamos a alguns exemplos para ficar mais fácil a compreensão? Bora lá!

  • Advertência de situação inesperada à frente.
  • Regulamentação de uso da via pública.
  • Orientação em praças de pedágio e pátios públicos de estacionamento.
  • Mensagens educativas com foco no comportamento adequado dos usuários da via pública. 
  • Informação sobre condições operacionais das vias públicas. 
  • Orientação do trânsito para a utilização de vias alternativas.

Conheça os outros tipos de placas além das educativas

Nas vias públicas, há diversos tipos de placas de sinalização que servem para orientar, informar e regular o comportamento dos usuários das vias públicas, contribuindo para um trânsito mais seguro e organizado. 

Por isso, além das placas educativas, é possível trazer alguns outros exemplos de placas de trânsito:

  1. Placas de regulamentação: essas placas têm o objetivo de informar os usuários das vias públicas sobre as normas e regras que devem ser obedecidas. São caracterizadas pelo formato circular, geralmente com fundo branco e borda vermelha. Algumas exceções incluem placas de parada obrigatória, que têm formato octogonal.
  2. Placas de advertência: essas placas alertam os motoristas sobre condições perigosas ou mudanças na via. Elas são, geralmente, de formato de losango com fundo amarelo e borda preta.
  3. Placas de indicação: por sua vez, essas placas fornecem informações úteis sobre a localização, direções, distâncias, serviços e pontos de interesse. Elas têm diferentes formatos e cores, dependendo da informação que transmitem.
  4. Placas de atrativos turísticos: informam sobre atrações turísticas, áreas de interesse histórico ou cultural e outros pontos de interesse para turistas. Geralmente, elas têm fundo marrom com texto e símbolos em branco.

E aí, pegou o fio sobre as placas educativas?

As placas educativas são enormes aliadas no trânsito, executando um papel fundamental para ajudar na redução de acidentes ao prevenir os condutores para que eles não ocorram. 

Essas sinalizações educativas de trânsito costumam ser estrategicamente pensadas, por exemplo: é comum haver uma placa educativa dizendo “VERIFIQUE OS FREIOS” antes de trechos com descidas perigosas, por exemplo. 

Sempre que ver uma placa educativa, obedeça. Acredite: ela não está ali à toa!

Esperamos que tenha curtido o nosso conteúdo sobre as placas educativas. Continue acompanhando o blog da Zapay para aprender cada vez mais!

Dica: vai fazer uma viagem de carro? Então, fique ligado nas placas de trânsito e nas dicas da Zapay. Não se esqueça de abastecer devidamente o automóvel e evite a pane seca.

Avatar image of Zapay
Written by

Zapay

A Zapay nasceu em 2017 para facilitar a vida dos proprietários de veículos! Somos os únicos parceiros credenciados à SENATRAN e a todos os 27 DETRANs do Brasil. Trabalhamos duro para que você, motorista de carro, moto ou caminhão, tenha mais praticidade para realizar diversos pagamentos, processos burocráticos e consultas relacionadas ao seu veículo. Temos mais de 20 MILHÕES de clientes espalhados por todo o pais. Ah, fazemos questão de compartilhar todo o conhecimento e a experiência que a gente tem aqui em nosso blog. Amamos tudo sobre o universo automotivo. Dar dica boa, é com a gente mesmo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *