Foto de Carros
Categories:

Os carros mais baratos inflacionados pela pandemia

A pandemia causada pela Covid-19 já dura quase 2 anos, mas agora estamos na melhor fase com a vacinação acelerada e a economia retomando aos poucos. 

Porém, muitos preços foram impactados pela pandemia, inclusive do setor automobilístico. Por isso, nós da Zapay fomos descobrir quais foram os carros mais baratos do Brasil nos últimos anos, que tiveram os seus valores impactados pela pandemia. Confira a seguir!  

Vendas de carros no Brasil na pandemia

Antes de apresentar os carros mais baratos que tiveram aumento na pandemia, nós vamos explicar o cenário do setor automobilístico desde março de 2020.

Quando a pandemia começou no Brasil e impactou a vida de todos os brasileiros, consequentemente, as vendas de carros caíram rapidamente.

Segundo a Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores), as vendas de veículos novos caíram 26% em 2020.

Em 2021, cresceu a expectativa da retomada das vendas de carros, principalmente por conta do retorno aos poucos à vida normal, dos comércios reabrindo as portas e o avanço da vacinação.

Mas apareceram outros problemas para o setor automotivo por conta das paralisações na pandemia, as lojas e fábricas sofreram com a escassez de peças e componentes, além de terem menos carros ou nenhum veículo em estoque.

Por que os preços dos carros foram inflacionados na pandemia?

Embora o mercado de automóveis tenha conseguido vender carros, os preços dos veículos foram impactados pela pandemia

Isso porque, infelizmente, durante a pandemia, houve fechamentos de fábricas de automóveis, falta de peças à venda e preços alterados.

Além disso, a alta do dólar e a escassez de semicondutores, que atrapalharam a produção de veículos, também ajudam a explicar as mudanças dos valores dos carros no Brasil. 

Os carros mais baratos inflacionados pela pandemia 

Fizemos uma pesquisa na tabela da Fipe e descobrimos quais foram os carros mais baratos 0 km, que sofreram com as mudanças dos preços durante a pandemia e estão mais caros atualmente. 

Veja quais foram os modelos, as variações dos preços e se ainda vale comprar! Logo abaixo: 

  1. Renault Kwid Life

O Renault Kwid Life é considerado um dos carros mais baratos do Brasil. Esse veículo possui um motor 1.0 Flex 12V e câmbio automático.

O preço médio atual do modelo 0 KM na tabela da Fipe é R$ 49.728 (referência: Dezembro/2021).

Em março de 2020, o preço de um modelo 0 KM carro era R$ 34.887. A diferença é de R$ 14.841. 

  1. Fiat Mobi Easy

O segundo da lista dos carros mais baratos à venda no Brasil é o veículo Fiat Mobi Easy, que possui sob o capô o motor 1.0 Fire Flex. 

O valor médio desse modelo está R$ 49.272 (referência: Dezembro/2021), segundo a tabela da Fipe

Em março de 2020, começo da pandemia, o Fiat Mobi Easy custava R$ 34.366. Portanto, a diferença é de R$ 14.906.

  1. Chevrolet Joy Black

O Chevrolet Joy Black possui o motor 1.0L aspirado SPE/4 flex, além de um sistema de motorização que acompanha transmissão manual de 6 marchas e direção elétrica progressiva. 

Esse modelo também é considerado um carro barato, por isso vamos analisar a sua variação de preço. 

Atualmente, o valor do Chevrolet Joy Black é de R$ R$ 68.126 (Dezembro/2021), segundo a tabela da Fipe. 

Enquanto em março de 2020, começo da pandemia, o modelo 0 km poderia ser comprado por: R$ 51.968. A diferença é de R$ 16.158.

  1. Hyundai HB20 Sense

Além de ser um dos carros mais baratos do Brasil, Hyundai HB20 Sense também sofreu com a inflação dos preços dos automóveis por conta da pandemia. 

Esse modelo possui os diferenciais de ter um projeto mais moderno, mais espaço interno e itens surpreendentes (comandos de som no volante, 4 airbags, banco com regulagem de altura e controle de estabilidade).

Na tabela da Fipe, o HB20 Sense 1.0 Flex 12V Mec. aparece com o preço médio de R$ 65.605 (Dezembro/2021), bem mais alto que em março de 2020: R$ 45.985. Aumento de R$19.620.

  1. Fiat Uno Attractive

O Fiat Uno Attractive é o quinto veículo da lista dos carros mais baratos que sofreram com a alta dos preços ocasionada pela pandemia. 

Esse modelo possui direção hidráulica, banco traseiro bipartido, ar-condicionado, travas elétricas, trava automática das portas a 20 km/h, vidros dianteiros elétricos com one touch e antiesmagamento, entre outros diferenciais.

Em março de 2020, o modelo 0 km poderia ser comprado por R$ 44.602. Hoje em dia, em dezembro de 2021, segundo a tabela da Fipe, o valor é de R$ 64.340. Aumento de R$ 19.738. 

  1. Ford Ka Freestyle

O Ford Ka 1.0 Freestyle 12V Flex 5p Mec., no modelo de 2020, segue na lista dos carros mais baratos no Brasil. 

Esse modelo pode ser uma boa compra, já que possui motor 1.0, preço convidativo, boa dirigibilidade e suspensões elevadas.

O Ford Ka FreeStyle 0 km custava R$ 55.719 em março de 2020 e, atualmente, pode ser encontrado por R$ 62.385. Diferença de R$ 6.666.

  1. Lifan 530 Talent

O último da lista dos carros mais baratos é o único veículo representante chinês dessa seleção: o Lifan 530 Talent.

Esse automóvel possui motor 1.5 16V de 103 cavalos, além disso, oferece conforto, beleza e bom desempenho. 

Seu modelo zero KM está avaliado em R$ 44.900, em dezembro de 2021, de acordo com a tabela Fipe. No entanto, seu valor era de R$ 43.947, em março de 2020. Aumento de R$ 953. 

Ainda vale a pena comprar os carros mais baratos?

As diferenças dos valores mostraram como os preços dos carros mais baratos foram impactados pela pandemia. 

Porém, por serem considerados veículos com preços populares e entregam bons desempenhos, esses modelos ainda são boas opções para quem procura preço baixo e boa performance. 

E aí, qual dessa lista de carros mais baratos você estava pensando em comprar antes da pandemia e agora o valor está mais alto? Conta pra gente nos comentários!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *