pessoa na moto
Categories:

Licenciamento de moto: entenda como fazer, custos e prazos

Não importa o tipo de veículo, todo ano vem a mesma preocupação: os impostos relativos a ele. Assim como o IPVA, o Licenciamento é um dos principais, e claro que para proprietários de motocicletas não seria diferente.

De acordo com pesquisa realizada pela Confederação Nacional de Municípios, o número de motos no Brasil é superior ao de carros em 45% das cidades. Pensando nisso, este artigo é para tratarmos um pouco mais sobre o licenciamento obrigatório específico para esta categoria.

O que é licenciamento de moto?

Ainda que possam existir algumas diferenças, o licenciamento de moto é um imposto anual e obrigatório, que tem como objetivo garantir que o veículo esteja apto a circular em vias públicas brasileiras.

Licenciamento é o termo mais conhecido, mas ele é oficialmente identificado como Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV). É de uso obrigatório, e uma forma que os órgãos de trânsito têm de controlar os veículos registrados no país.

2021 trouxe uma facilidade para o processo de licenciamento, que tornou-se eletrônico, juntamente com a CNH digital, não sendo mais necessário que o proprietário – caso opte pelo formato – precise ir até uma agência solicitar o CRLV.

Existe diferença entre licenciamento de moto, carro e caminhão?

Aqui na Zapay já falamos algumas vezes sobre a autonomia que os Detrans possuem em cada estado, para algumas situações específicas. Todos seguem as diretrizes do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), mas para datas e prazos de pagamento, por exemplo, cada órgão pode definir o seu.

No caso do licenciamento, essa é justamente a diferença entre categorias diferentes. Normalmente, carros e motos seguem os mesmos valores e calendário de pagamentos, como em São Paulo, diferenciando-se apenas de caminhões. No entanto, novamente, isso pode variar.

Qual o valor do licenciamento de moto

Assim como o calendário, o valor pode mudar de acordo com o Detran, mas essa diferença nunca é muito discrepante, ficando sempre na média de R$ 100,00.

Na agenda de 2022, por exemplo, o estado de São Paulo terá o valor de R$ 98,91 para veículos usados, enquanto no Paraná o valor estará na faixa de R$ 87,00. O estado do Ceará divulgou a taxa de R$ 117,08, e o da Bahia será de R$ 112,00. 

Tabela de licenciamento de moto

A maioria dos estados já liberou seus calendários de pagamento do licenciamento para o ano de 2022, que é sempre ditada de acordo com o último dígito da placa do veículo. Como essas datas também podem variar, usaremos o estado do Paraná, como exemplo, lembrando que independente da região, as diferenças não são grandes nem para valores, nem para datas.

Final da PlacaMês de pagamento
1Abril
2Até maio
3Até junho
4Até jullho
5 e 6Até agosto
7Até setembro
8Até outubro
9Até novembro
0Até dezembro

Como consultar licenciamento de moto?

Os sites dos Detrans são as formas mais conhecidas para consulta de status do seu Licenciamento. Os portais oferecem serviços de consulta gratuita, geralmente em abas de serviço para motoristas, proprietários ou veículos. A consulta presencial também é possível, ainda que hoje seja um pouco menos utilizada.

Uma outra forma é através do próprio aplicativo da CNH digital, que comentamos no início deste artigo. Você precisa baixar e configurar o app, mas depois disso, será possível visualizar a documentação, que inclusive é aceita no formato digital, em eventuais fiscalizações de agentes de trânsito.

Agora, se você quer um pouco mais de praticidade, aqui na Zapay a gente pode te ajudar. Nós não apenas fazemos essa consulta gratuitamente, como também verificamos todos os possíveis débitos que seu veículo possa ter, oferecendo a possibilidade de pagamento parcelado.

A Zapay é conveniada com 25 Detrans pelo Brasil, possibilitando a quitação de débitos de forma rápida e segura.

Conclusão

A gente sabe bem que são muitos impostos e datas para lembrar e se preocupar todos os dias, mas esperamos que esse conteúdo tenha te ajudado a entender melhor o que é e como funciona o licenciamento.

Ainda que prazos e datas possam variar, elas nunca diferem muito de estado para estado, então é importante que você use essas referências para programar seu início de ano, e não ser pego desprevenido.

É importante lembrar que circular sem o licenciamento é infração leve, com multa de R$ 88,38, além dos 3 pontos adicionados à sua CNH.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *