documento licenciado
Categories:

Licenciamento de acordo com a placa: como funciona?

Se você é proprietário de um veículo, é bem possível que entenda o suficiente sobre o licenciamento anual, para saber sobre os problemas gerados por dirigir sem que ele esteja regularizado, certo?

Agora, caso contrário, esse artigo foi feito para você.

Todo final de ano começam as preocupações e o planejamento para os impostos que deverão ser quitados durante os meses seguintes, e o Licenciamento é apenas mais um deles.

Trata-se do imposto que permite que você rode tranquilamente pelas vias públicas brasileiras. O Licenciamento, também conhecido como Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos (CRLV) é de porte obrigatório, e através dele os órgãos oficiais de trânsito podem garantir que outros débitos como IPVA, Seguro DPVAT e possíveis multas tenham sido quitados, já que o licenciamento só pode ser regularizado depois de todas as outras obrigações.

O que é licenciamento por placas?

Para facilitar a organização dos contribuintes que pagam o licenciamento todos os anos, os Detrans estabelecem um formato de cobrança baseado no último número das placas dos veículos.

Dessa forma, além de melhorar a arrecadação, o controle dos veículos passíveis de estarem com o imposto atrasado também é potencializado.

De acordo com o sistema de placas, o último número de identificação do veículo é que determinará o mês de vencimento do licenciamento. O imposto deverá ser quitado até a data estipulada pelo Detran.

Qual é o valor?

Assim como o calendário, que falaremos mais adiante, os valores para licenciamento de veículos dependem de cada estado. Isso acontece porque os Detrans possuem autonomia para algumas questões, entre elas os meses de arrecadação e valores para, por exemplo, carros, motos e caminhões.

Como exemplo, podemos citar alguns estados que já divulgaram sua tabela de valores para 2022:

– Paraná: R$ 86,50

– Minas Gerais: R$ 112,40

– Mato Grosso do Sul: R$ 156,27

– Pernambuco: R$ 80,00

– Bahia: R$ 112,00

– Rio de Janeiro: R$ 219,00

– São Paulo: R$ 131,80

É importante dizer que esses valores podem sofrer alterações, já que muitos estados oferecem desconto para pagamento antecipado, ou ainda taxas diferentes para veículos usados ou 0 KM. Contudo, a média dos estados para o licenciamento 2022 é de R$ 100,00.

Como funciona o pagamento de final de placa para licenciamento?

Uma dúvida recorrente é sobre o envio do licenciamento por correio, diretamente no domicílio dos proprietários. Essa é uma prática cada vez menos comum, principalmente depois que o CRLV tornou-se digital.

Ele pode ser acessado através do aplicativo CNH digital, em vigor desde o início de 2018. Após o download e o cadastro, você baixa a CNH junto aos demais documentos, sem precisar portar suas versões impressas.

Mesmo assim, a guia de licenciamento ainda pode ser acessada através do Detran do seu estado, e o pagamento feito via internet banking, bancos, casas lotéricas e presencialmente através dos guichês de atendimento. 

Como saber o vencimento do licenciamento pelo final da placa?

Quando os calendários são disponibilizados, é fácil acessá-los através dos sites dos Detrans de cada estado, já que cada órgão cria seu próprio cronograma de pagamento.

Alguns estados divulgam cronogramas com meses destinados a cada final de placa, outros preferem determinar apenas a data limite para os pagamentos. Seja como for, é fundamental que você fique atento aos prazos, já que não existe tolerância.

Após o período, dirigir com a documentação vencida é infração gravíssima, com multa de R$ 293,47, 7 pontos na CNH e, como medida administrativa, o veículo é apreendido e levado ao pátio, até que tudo esteja regularizado.

Qual é o calendário de pagamento do licenciamento placas 2022?

Já que falamos que cada estado pode determinar o funcionamento do calendário de pagamento do Licenciamento e outras obrigações, como o IPVA, a melhor forma de garantir que sua situação esteja regularizada, é consultando o site do Detran, ou ainda aqui na Zapay. Nosso sistema é autorizado e vinculado aos Detrans de 25 estados de todas as regiões do Brasil.

Para facilitar o entendimento, trouxemos alguns exemplos para 2022:

São Paulo

Automóveis:

Final da placaPrazo
1Até 30 de abril
2Até 31 de maio
3Até 30 de junho
4Até 30 de julho
5 e 6Até 31 de agosto
7Até 30 de setembro
8Até 29 de outubro
9Até 30 de novembro
0Até 30 de dezembro

Rio de Janeiro

Final da placaPrazo
0 a 2Até 27 de fevereiro
3 a 6Até 31 de março
7 a 9Até 30 de abril

Paraná

Final da placaPrazo
1 e 2Agosto
3, 4 e 5Setembro
6,7 e 8Outubro
0 e 9Novembro

Mato Grosso

Final da placaPrazo
1Janeiro
2Fevereiro
3Março
4Abril
5Maio
6Junho
7Julho
8Agosto
9Setembro
0Outubro

 Ceará

Final da placaPrazo
1Até 10 de março
2Até 12 de abril
3Até 10 de maio
4Até 10 de junho
5Até 12 de julho
6Até 10 de agosto
7Até 10 de setembro
8Até 11 de outubro
9Até 10 de novembro
0Até 10 de dezembro

 É possível parcelar o pagamento do licenciamento?

O parcelamento tornou-se possível após a Resolução n° 697 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), em vigor desde 2017, e não apenas para o licenciamento. Outros débitos como multas, por exemplo, também podem ser parcelados. As condições ficam a critério da instituição que receberá o pagamento, e aqui na Zapay você faz tudo isso com segurança e sem sair de casa. Nosso sistema é autorizado e vinculado aos Detrans de 25 estados e o pagamento de Licenciamento, IPVA multas e taxas pode ser parcelado em até 12x.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *