MOTOS
Categories:

IPVA zero para motos até 150 cilindradas: como está o projeto?

Em 16 de novembro, a Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) aprovou o projeto de isenção da alíquota do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) para motocicletas de até 150 cilindradas. Agora a proposta segue para o Plenário. Segundo o texto, a norma passa a valer em todo o território a partir do dia 1° de janeiro do ano subsequente à sua sanção.

O objetivo do projeto é ajudar os contribuintes e a retomada da economia. Segundo o autor da proposta, o senador Chico Rodrigues (DEM-RR), o projeto beneficiaria sobretudo as classes C, D e E, que representam as classes da maioria das pessoas que adquirem esse tipo de veículo, estimando que  a redução do preço das motos de baixa cilindrada pode chegar a R$ 400.

“No Brasil, em especial no cenário municipal, sabemos que há grande dificuldade de locomoção em áreas rurais e com dificuldades econômicas. Nessas regiões a motocicleta é veículo de fundamental importância para a locomoção da população e para a movimentação da economia”, afirmou o relator na CAE, senador Mecias de Jesus (Republicanos-RR).

O que é o IPVA

O Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) é um tributo anual calculado sobre o valor de mercado dos automóveis (tabela fipe), a taxa que deve ser paga pelos proprietários de veículos representa cerca de 2%-4% do preço do veículo, dependendo do seu estado.

Por que o IPVA 2022 vai ficar mais caro?

A inflação e a alta do dólar aumentaram consideravelmente os valores dos carros novos e usados. Apesar desse aumento valorizar os veículos ele também implica no valor do IPVA, pois o imposto é cobrado sobre o valor de mercado do veículo, que estão subindo, e portanto há grandes chances de o IPVA 2022 ser mais alto em relação ao do ano passado, por exemplo, já que seu veículo está valendo mais agora. 

Fique ligado

Assim que houver atualizações sobre o projeto nós publicaremos no blog, mas vale levar em consideração que se você está pensando em comprar uma moto de até 150 cilindradas talvez seja melhor esperar para garantir o benefício. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *