dupla transferência de veículo
Categories:

Transferência de veículo PR: saiba como fazer

A transferência de veículo PR é um processo relativamente simples, mas fundamental quando o seu veículo vai mudar de estado ou até mesmo de dono.

Para saber mais sobre a relação entre a transferência de veículo – DETRAN PR, como transferir um veículo – DETRAN PR e muito mais, fique ligado nesse artigo que a Zapay preparou para você, amigo motorista.

Vem com a Zapay!

Precisa consultar a placa de um veículo para conferir os débitos do mesmo? Quando o assunto é pagar multas ou consultar placa de veículo, conte com a gente!

O que é preciso saber antes de fazer a transferência de veículo no Paraná (PR)? 

Primeiro é preciso entender o que é a transferência de veículo. Podemos resumir ela como um documento que registra a transferência de propriedade de veículos. Este procedimento emite novos Certificado de Registro de Veículo (CRV) e Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV).

Quais são os documentos necessários? 

Existe uma série de documentos necessários, separamos abaixo a relação do próprio site do DETRAN PR:

1) Pessoa Física, traga:

  • Documento oficial com foto e CPF.
  • Comprovante de endereço.
  • Certificado de Registro de Veículo (CRV) original preenchido e com reconhecimento por autencidade (verdadeiro) de firma do comprador e do vendedor. Se a firma foi reconhecida em cartório de fora do estado do Paraná, apresente também o sinal público.
  • Débitos quitados. Se o veículo estiver registrado em outro estado, os débitos ainda a vencer também devem ser pagos.

2) Pessoa Jurídica, traga:

  • Documento oficial com foto e CPF do representante legal.
  • Comprovante de Poderes.
  • Cartão do CNPJ.
  • Certificado de Registro de Veículo (CRV) original preenchido e com reconhecimento por autenticidade (verdadeiro) de firma do comprador e do vendedor. Se a firma foi reconhecida em cartório de fora do estado do Paraná, apresenta também o sinal público.
  • Débitos quitados. Se o veículo estiver registrado em outro estado, os débitos ainda a vencer também devem ser quitados.

3) Procurador, traga:

  • Documentos da Pessoa Física ou Jurídica citados acima.
  • Documento oficial com foto do procurador.
  • Procuração conforme normas do DETRAN PR.

4) Se o vendedor for pessoa jurídica, traga:

  • Comprovante de poderes do vendedor.
  • Certidão Negativa de Débitos (CND) do INSS.
  • Solicite a CND no site da Receita Federal.
  • Pague a taxa em qualquer agência dos bancos credenciados e retorne à unidade de atendimento para concluir o processo.
  • Após retirar o documento no DETRAN PR, o proprietário deverá procurar uma fábrica para confeccionar as placas/tarjeta, caso necessário.

Como solicitar a Transferência de veículo PR? 

Faça a solicitação seguindo o passo a passo no site do DETRAN PR – https://www.detran.pr.gov.br/.

Onde solicitar? 

É preciso ir até o DETRAN PR para fazer a solicitação.

Quais são as taxas de transferência no PR? 

Todos os anos, o estado paranaense pode alterar o valor cobrado para os diferentes serviços. Quando o assunto é transferência de veículos, o valor está em torno de R$ 310, o qual inclui a emissão do CRV com os dados do novo proprietário e a vistoria da transferência.

De qualquer maneira, os valores mudam dependendo das situações específicas. Exemplificando, no caso de transferência de veículo financiado, de um arrendatário para outro e com a mesma financeira ou banco como proprietário o procedimento requer somente a vistoria e a nova emissão do CRV e do CRLV, neste caso a taxa é menor, está em torno de R$ 180.

Em quais situações é necessário realizar a transferência? 

A transferência de moto ou de outros tipos de veículos é necessária para registrar a mudança de propriedade de um automóvel. Suas regras estão descritas no Código de Trânsito Brasileiro (CTB), que também determina que ela seja realizada em até 30 dias após a compra ou venda de um veículo.

É importante salientar, de início, que há dois tipos de transferências: de Localidade e de Propriedade. A transferência de localidade ocorre quando o proprietário do veículo continua o mesmo, mas tem o endereço alterado, seja dentro da mesma cidade, do mesmo estado ou para outro estado. A transferência de propriedade, por outro lado, ocorre quando o proprietário muda.

Os procedimentos são parecidos, mas é possível obter informações detalhadas nos sites dos Departamentos Estaduais de Trânsito.

Transferência de propriedade – veículo registrado no mesmo município do estado 

Essa transferência ocorre quando o veículo muda de dono, porém continua estando na mesma cidade.

Transferência de propriedade – veículo registrado em outro município do estado 

Essa transferência ocorre quando o veículo muda de dono, porém muda de cidade, mas se mantém no mesmo estado.

Transferência de propriedade – veículo registrado em outro estado 

Essa transferência ocorre quando o veículo muda de dono e o seu estado.

Transferência interestadual – veículo registrado no estado de origem e que será registrado em outro estado 

Essa é a transferência para o veículo que se mantém com o mesmo dono, mas apenas vai mudar de estado com seu carro.

Transferência de localidade – veículo registrado em outro estado

Essa é a transferência para o veículo que se mantém com o mesmo dono, e apenas vai mudar de estado com seu carro.

Outros serviços do DETRAN PR disponíveis online

A maioria dos serviços está disponível pelo site do DETRAN PR, aplicativo DETRAN InteliGente ou pelo telefone 0800 643 7373. Os cidadãos não terão prejuízos quanto aos prazos ou serviços previamente agendados enquanto perdurar o estado de emergência nacional pela COVID-19.

Serviços do DETRAN disponíveis on-line:

Renovação da CNH: a solicitação pode ser feita pela internet. A biometria e a foto – obrigatórias no processo de renovação – não serão exigidas. Como medida emergencial, o DETRAN vai usar as informações já existentes no banco de dados.


Emissão do licenciamento (CRLV): o documento do veículo também pode ser solicitado on-line. O motorista pode apresentar o CRLV-e (versão digital no celular) ou imprimir o documento em uma impressora comum. O documento está disponível no site do DETRAN, no PIÁ e ainda pelos aplicativos Detran Carteira Digital de Trânsito (CDT).

 

Serviços de infrações, como identificação de condutor, recurso de infrações para todas as instâncias, recurso para suspensão ou cassação da CNH, estão disponíveis pelo PIÁ e no site do DETRAN. 

-> identificação de condutor.

-> recurso de infrações para todas as instâncias. 

-> recurso para suspensão.

 -> ou cassação da CNH.

 

Demais serviços disponíveis pela internet:

– Permissão Internacional para Dirigir.

– Carteira Definitiva.

– Segunda via da CNH.

– Consulta informações do IPVA

– Consulta Situação e Débitos Do Veículo.

– Consulta Envio da CNH. 

– Certidões de veículos. 

– Reemissão de guias de CNH. 

– Consulta de status e pontuação na CNH. 

Dicas antes de fechar negócio sobre um novo veículo

Muitas vezes, a transferência de veículo é um dos passos na hora de fechar um negócio, como na venda de um carro usado, por exemplo. Mas, você sabe quais outros cuidados você deve ter na hora de vender? Confira abaixo a relação e fique atento caso esteja para comprar ou vender um veículo no estado do Paraná.

1) Antes de finalizar a compra, consulte os possíveis débitos, bloqueios, restrições e histórico de vistorias do veículo no site do DETRAN PR. É só colocar a placa e o número do RENAVAM (Registro Nacional de Veículos Automotores). Não precisa de cadastro prévio. Não aceite relatório ou laudo apresentado em papel, pois não terá como confirmar a autenticidade do documento.

2) Fique sempre com um pé atrás caso pintem “ofertas imperdíveis” ou “preços muito baixos”. Hoje em dia, golpes estão em todo lugar, principalmente pela internet, atraindo compradores com preços bem abaixo do praticado no mercado. Consulte a tabela Fipe para verificar valores atuais de veículos.

3) De forma alguma feche a compra sem conhecer o veículo pessoalmente, ou seja, só pelas fotos do anúncio do vendedor. É aconselhável ainda levar o carro a um mecânico de confiança para verificar o funcionamento do motor, do sistema de iluminação, entre outros itens no veículo.

4) Se você é o vendedor, não entregue o documento de transferência do veículo em branco. Pegue a assinatura e os dados do comprador no Certificado de Registro de Veículo (CRV) e faça a comunicação de venda no cartório de registros da sua cidade. Isso evitará problemas futuros com cobranças de débitos ou mesmo responsabilidade civil e criminal após a venda.

5) Após a comunicação de venda, fique com uma cópia autenticada e entregue o CRV original ao novo proprietário do veículo. É necessário o reconhecimento da assinatura do vendedor e do comprador por autenticidade no documento. O prazo para providenciar a transferência de propriedade é de 30 dias corridos. Se for transferido depois, o novo dono será multado em R$ 195,23 e receberá cinco pontos na CNH (infração grave).

6) Em até cinco dias da data de ida ao cartório, o antigo dono do veículo pode acompanhar no site do DETRAN PR se a comunicação de venda foi efetuada pelo cartório. Em caso negativo, o cidadão pode notificar a venda ao departamento por meio do site ou então pessoalmente numa unidade, apresentando a cópia autenticada do CRV.

7) Se o veículo foi vendido sem a comunicação de venda e não foi transferido pelo novo proprietário, o antigo dono pode solicitar no DETRAN PR um bloqueio administrativo que permitirá a remoção do veículo ao pátio quando for parado numa blitz.

8) Para a transferência do veículo, é necessário que o comprador submeta o carro a uma vistoria de identificação veicular. Há empresas credenciadas pelo DETRAN PR em todo o Estado (veja endereços no site do DETRAN PR). Procure a melhor opção.

9) Preste atenção nos principais documentos obrigatórios da moto ou do carro, solicitados na hora da transferência: cópia e original da CNH atualizada, comprovante de residência atualizado (por exemplo, água ou luz) e os documentos do veículo (CRV e CRLV, documento de compra e venda e o licenciamento anual, respectivamente).

Curtiu o conteúdo e quer ficar sempre atualizado? Acompanhe nosso blog e as redes sociais:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *