Categories:

Número do espelho da CNH: O que é?

O que é o número do espelho da CNH? Essa pergunta pode surgir na cabeça de quem vê o tema, já que não conhece o que é o número espelho CNH, ou onde encontrá-lo. Por isso, a Zapay preparou um artigo contando tudo sobre o tema, inclusive onde fica o número do espelho da CNH.

Onde encontro o número de espelho da CNH?

Diversos condutores e apaixonados por carros talvez nunca tenham ouvido falar sobre o número espelho da CNH (Carteira Nacional de Habilitação). O principal motivo é por ele não ser pedido quase nunca e nem identificado claramente na própria carteira de habilitação. Isso vale tanto para a versão física como a digital.

Mas, apesar disso, ele não é nem um pouco complicado de encontrar. Não importa se você está vendo a parte frontal ou o verso da CNH, ele sempre está do lado esquerdo e na posição vertical.

Para ter certeza, é só ver se esse dígito é feito de 10 números, sendo 9 caracteres e 1 dígito verificador. Todos eles ficam juntos e o dígito não é separado por hífen.

Para que serve o número do espelho da CNH 

Mesmo que a CNH mostre somente um conjunto de informações básicas para identificar o motorista, existem alguns números no documento que são pouco conhecidos e podem gerar dúvidas. Esse é o caso do número de espelho da CNH.

De acordo com o art.4º, inciso II, da Resolução Nº 886, de 13 de dezembro de 2021, do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), o número de espelho da CNH é um número de identificação nacional composto por 9 caracteres mais um dígito verificador de segurança. Este é autorizado e controlado pelo órgão máximo da União.

Além disso, este órgão também identifica cada espelho da Carteira Nacional de Habilitação expedida. E é justamente para esse órgão verificar a autenticidade da sua CNH que existe essa numeração.

Se quiser saber mais sobre o código de segurança da CNH, acesse aqui 

O que posso consultar com esse número?

Seguindo as diretrizes do CONTRAN (Conselho Nacional de Trânsito), o número de espelho é um segundo número de identificação nacional do condutor. Por isso, caso ele seja pedido em qualquer estado brasileiro, em uma abordagem policial, por exemplo, ele deve ser fornecido para acesso às informações sobre o proprietário do documento.

Deixamos claro que o primeiro número de identificação nacional é o número de registro, que fica identificado na parte frontal da Carteira Nacional de Habilitação.

Todas as CNHs emitidas no Brasil seguem o mesmo padrão seguindo as orientações do CONTRAN. Isso significa que, mesmo que as carteiras sejam feitas em estados diferentes, elas devem contar com alguns dados essenciais para serem consideradas válidas em todo território nacional.

Mas nem tudo precisa de uma investigação de detetive para ser identificado. Até porque grande parte delas são dados pessoais que contribuem para a identificação do condutor.

Existem algumas numerações e sequências que não são conhecidas por todas as pessoas. Abaixo você pode ver um compilado das informações que podem ser encontradas na CNH

  • Dados pessoais: São as informações daquele conduto. Essas informações são o nome, documento de identidade, CPF, data de nascimento e os nomes dos pais;
  • Categoria: É referente à categoria na qual o condutor é habilitado. Pode ser: A, B, C, D e E. 
  • Número de registro: Impresso na cor vermelha, ele pode ser definido como um número de identificação nacional. É composto por 9 caracteres e 2 dígitos verificadores de segurança;
  • Validade: Também impresso em vermelho, é onde consta o dia, o mês e o ano em que a CNH vence e precisa ser renovada;
  • Data da 1ª habilitação: Consta o dia, o mês e o ano da primeira habilitação do condutor;
  • Local e data de emissão: Nesses campos estão a cidade, o estado, o dia, o mês e o ano em que a CNH foi emitida;
  • Número de espelho da CNH: Assunto do artigo, lembramos que ele fica na lateral esquerda da frente e do verso, e serve como segundo número de identificação;
  • Código numérico de validação: É um código de segurança, fica logo abaixo da data de emissão (sem identificação) e é composto por 11 números;
  • Número do Renach: Ele é o Registro Nacional de Carteira de Habilitação (Renach). Para localizá-lo, é só olhar abaixo do código numérico de validação. Ele é composto pela sigla da Unidade Federativa expedidora do documento e 9 números seguidos;

QR Code: Está impresso na parte traseira e é um código de segurança para a validação do documento.

Importância da CNH

Mas você sabe qual a importância e as vantagens de ter uma CNH? Hoje vivemos ainda um período cheio de fake news, a Zapay tem o compromisso de trazer as informações verdadeiras sobre esse documento tão importante. Por isso, separamos abaixo alguns dos principais motivos que fazem da CNH um item fundamental até os dias de hoje. 

Documento de Respeito

A Zapay trabalha para ser sempre uma mão na roda para todo mundo, e a CNH também tem essa missão, facilitando a vida do condutor. Assim que você tiver a sua em mãos ou na sua carteira, pode deixar de lado o seu RG e o CPF. Isso porque ela tem um alcance em todo território nacional, aceito em 99,9% dos lugares por ser um documento com foto (muitas vezes mais atual do que a foto do RG, diga-se de passagem. Por isso, ela dispensa o uso desses outros dois documentos. Dá para você apresentar em portas de prédios, usar para fazer registros de outros documentos, entre muitas outras funcionalidades.

Busca de Emprego

A busca pelo emprego é sempre um tema que está em nosso dia a dia. Seja concorrer à primeira oportunidade ou na busca de uma melhor colocação, o emprego é sempre um dos pilares da vida adulta. E é aí que entra a CNH, uma parceira que pode se tornar sua maior aliada nessa busca. A concorrência está cada vez maior, assim como a qualificação de diversos candidatos. Por isso, é importante você ter diferenciais na hora de se candidatar à aquela vaga tão esperada. Muitos empregos, como representante comercial, por exemplo, exigem carteira de habilitação devido ao deslocamento diário entre cidades ou mesmo dentro do município. E, acredite, isso inclui vagas que nem precisam de experiência! Basta ter a CNH em mãos e pegar o volante para aprender um novo ofício e começar uma nova carreira. E tem mais, cada vez mais concursos públicos estão exigindo a CNH, então fique de olho nessas vagas!

Liberdade!

Estar livre para ir para onde quiser e voltar na hora que bem entender é sempre bom, né? Você com certeza já teve aquele momento em que quis ir até um lugar e não teve quem levasse você? Um show de sertanejo, um sítio de amigos, um jogo de futebol, uma viagem para praia… Sempre depender da carona dos pais ou dos amigos pode ser bem chato às vezes, né? Nesses casos, a CNH é uma verdadeira benção. Você pode ir e vir quando quiser, para onde quiser. Com os dias cada vez mais corridos, isso pode ajudar muito você, seus familiares e seus amigos. Mas temos um recado importante para todos os condutores: na hora da diversão, se beber, não dirija!

Se você possuir débitos pendentes, acesse https://usezapay.com.br/ e veja tudo que a Zapay pode fazer por você.

Como é a nova CNH?

A nova resolução aprovada pelo congresso nacional aprovou a apresentação e porte do documento poderá ser expedido tanto em meio físico como digital. Portanto, cada condutor pode escolher como deseja portar esse documento. 

A CNH agora possui as cores verde e amarela predominantes, remetendo ao Brasil. Ela também vem com uma tabela de identificação para os tipos de veículos que o motorista tem permissão para dirigir. 

Saiba mais detalhes de como será a nova CNH que passa a valer em 1° de junho de 2022: 

  • A categoria (A, B, C, D ou E) está visível na primeira coluna da nova CNH;
  • Em seguida, haverá a imagem do tipo de veículo e a confirmação se o motorista está habilitado para conduzir;
  • Nesse documento atualizado, haverá a indicação por meio da letra “P” se referindo que o condutor tem apenas permissão para dirigir;
  • Caso o motorista já possua a CNH definitiva, então a indicação será feita pela letra “D”;
  • Haverá um campo para indicar que o condutor utiliza a carteira de motorista para trabalhar;
  • Na nova atualização também terá um campo para apresentar possíveis restrições médicas;
  • O QR Code será mantido na nova versão da CNH, que já está disponível nos documentos emitidos desde 2017. Esse código armazena todas as informações do documento, inclusive a fotografia, com exceção da assinatura do condutor. 

Veja a imagem da nova CNH, abaixo: 

Nova Carteira Nacional de Habilitação — Foto: Contran/Reprodução

Se quiser saber mais sobre a nova CNH, clique Nova CNH aqui e leia o artigo que a Zapay escreveu sobre o assunto.

Tipos de CNH

Não existe apenas um tipo de CNH. São diversas categorias, cada uma indicada para um perfil específico de motorista e veículo. As categorias são as seguintes:

Categoria A

A carteira de motorista para categoria A é indicada para condutores de veículos motorizados com 2 ou 3 rodas. Portanto, ela é mais utilizada por motoristas que pretendem dirigir motos, triciclos, ciclomotor, entre outros.

Categoria B

Essa carteira na categoria B é a mais comum entre os motoristas, já que ela é indicada para os condutores que utilizam veículos com 4 rodas ou mais, peso bruto total de até 3.500 kg e que não exceda 8 passageiros. Os veículos aceitos por essa categoria são os carros de passeios, picape, utilitário SUV e Van.

Categoria C

carteira de motorista na categoria C inclui todos os veículos das categorias anteriores (A e B), porém o limite de peso pode chegar até 6.000 kg. Os veículos aceitos por essa categoria são: caminhões, trator de roda, trator de esteira, equipamento automotor destinado à execução de trabalho agrícola, de construção, entre outros.

Categoria D

Essa carteira de motorista (categoria D) abrange os veículos das categorias B e C, além de veículos de transportes de passageiros, como ônibus e vans (máximo 8 passageiros). É preciso ter mais de 21 anos, ter carteira na categoria C há pelo menos 1 ano e na categoria B há pelo menos 2 anos.

Categoria E

O condutor que tirar a carteira de motorista na categoria E pode dirigir todos os automóveis da categoria B, C, D e veículos com unidades acopladas que excedam 6 toneladas, como carretas, trailers e caminhões com reboques ou semirreboques articulados.

Curiosidades

Idosos no volante? Pode sim! 

Já é conhecido por muitos que, para tirar a CNH, as pessoas precisam ter a idade mínima de 18 anos. Mas você sabia que não existe uma idade limite para dirigir? Independente de quantos anos o condutor tem, mesmo já bem idoso, poderá continuar dirigindo. Porém, tem uma regrinha: a condição para renovação da carteira muda.

Pessoas com mais de 65 anos precisarão renovar a carteira de motorista a cada 3 anos, para verificar as condições. Então, caso você tenha ou conheça alguém com mais de 65 anos, não se esqueça que as regras de renovação irão mudar. E, claro, fique atento aos problemas de saúde que pessoas dessa idade costumam ter e podem comprometer uma direção segura para todos.

Recém-Habilitados sem restrições

Para quem acabou de tirar a carteira de motorista, às vezes rola uma dúvida se existe algum tipo de limitação sobre os locais de direção. A resposta é não, uma vez habilitado o motorista poderá viajar e dirigir em rodovias por todo o Brasil. A única diferença entre um recém-habilitado e um motorista com a CNH oficial, é que o recém-habilitado poderá perder a carteira de motorista com mais facilidade. Portanto, é preciso tomar cuidado redobrado na hora de sair com o carro.

2 comentários: “Número do espelho da CNH: O que é?
  1. Olá, gostaria de tirar uma dúvida. Estou respondendo a um questionário de investigação social e nele pede algumas informações sobre a CNH. A primeira informação é “Nº da CNH” e a segunda é “Nº de registro. Eu sei que o número de registro é o impresso em vermelho, porém o que seria esse “nº da CNH” ??? Pois fora o número de registro, tem outros 3 números que constam no documento. Aguardando resposta!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *