BR-060
Categories:

BR-060: Conectando o Centro-Oeste ao Sul do Brasil

A BR-060 é uma das principais rodovias do Brasil, conectando o Centro-Oeste ao Sul do país. Ela é uma rota estratégica para o escoamento da produção agrícola, industrial e comercial dessas regiões, além de oferecer acesso a importantes destinos turísticos e culturais. Neste texto, vamos conhecer um pouco mais sobre essa rodovia, sua história, sua infraestrutura e as cidades que ela atende.

História da BR-060

A BR-060 foi criada em 1958, como parte do Plano Nacional de Viação, que visava integrar o território nacional por meio de uma malha rodoviária. A construção da rodovia foi iniciada em 1960, com o trecho entre Brasília e Anápolis, e concluída em 1974, com o trecho entre Campo Grande e Bela Vista. Ao longo dos anos, a rodovia passou por diversas obras de melhorias, ampliações e duplicações, visando aumentar a segurança e a capacidade de tráfego.

Infraestrutura e Duplicação

A BR-060 possui trechos asfaltados em sua totalidade, incluindo o trecho entre Jataí e Chapadão do Céu, que foi inaugurado em 2014. No Distrito Federal e em Goiás, a rodovia tem 521 km duplicados, entre Brasília e Jataí. O trecho de Brasília a Goiânia foi totalmente duplicado em 2007, e o trecho de Goiânia a Jataí, em 2012.

A duplicação da rodovia trouxe benefícios para os usuários, como a redução do tempo de viagem, do consumo de combustível e das emissões de poluentes. Além disso, a duplicação aumentou a segurança nas ultrapassagens e reduziu o número de acidentes. Segundo dados do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), entre 2007 e 2012, houve uma queda de 38% no número de mortes na BR-060.

Rota e Cidades Atendidas pela BR-060

A rodovia interage com importantes vias como a BR-153, BR-163, BR-262 e BR-267, servindo diversas cidades ao longo de sua rota. Este aspecto torna a BR-060 uma via de grande relevância para o transporte e a logística regional, contribuindo para o desenvolvimento econômico das áreas por onde passa.

A BR-060 começa em Brasília, a capital federal do Brasil, que é um centro político, administrativo e cultural do país. Brasília possui diversos monumentos históricos e arquitetônicos, como o Congresso Nacional, a Catedral Metropolitana e o Palácio da Alvorada. A cidade também é um polo de educação, ciência e tecnologia, abrigando diversas universidades e institutos de pesquisa.

Saindo de Brasília pela BR-060, a primeira cidade que se encontra é Alexânia, que tem como atrativos turísticos o Lago Corumbá IV, a Serra da Mesa e o Parque Ecológico Indaiá. Seguindo pela rodovia, chega-se a Abadiânia, conhecida por ser a sede da Casa Dom Inácio de Loyola, um centro espiritualista fundado pelo médium João de Deus. A cidade também oferece opções de ecoturismo, como cachoeiras, trilhas e mirantes.

A próxima cidade é Anápolis, que é um importante polo industrial do estado de Goiás. Anápolis abriga o Distrito Agroindustrial (DAIA), que reúne mais de 100 empresas dos mais variados setores. A cidade também é um centro educacional e cultural, contando com universidades, museus e teatros.

Continuando pela BR-060, chega-se a Goiânia, a capital do estado de Goiás. Goiânia é uma das maiores cidades do Brasil, com cerca de 1,5 milhão de habitantes. A cidade é conhecida por sua vida noturna agitada, sua gastronomia diversificada e sua música sertaneja. Goiânia também possui diversos parques, jardins e áreas verdes, sendo considerada uma das cidades mais arborizadas do país.

Saindo de Goiânia pela BR-060, a rodovia passa por cidades como Acreúna, Rio Verde, Jataí e Mineiros, que são importantes centros agropecuários do estado de Goiás. Essas cidades se destacam pela produção de grãos, como soja, milho e algodão, e pela criação de bovinos, suínos e aves. Essas cidades também possuem atrativos naturais, como rios, cachoeiras e parques.

A BR-060 entra no estado de Mato Grosso do Sul pela cidade de Chapadão do Céu, que faz parte do Parque Nacional das Emas, uma das maiores áreas de cerrado preservado do Brasil. O parque é um patrimônio natural da humanidade, reconhecido pela UNESCO, e abriga uma rica biodiversidade, com mais de 400 espécies de aves, 50 de mamíferos e 80 de répteis e anfíbios. O parque também é famoso pelo fenômeno da bioluminescência, que ocorre entre os meses de outubro e dezembro, quando os cupinzeiros emitem uma luz azulada no escuro.

Seguindo pela BR-060, a rodovia passa por cidades como Costa Rica, Camapuã, Bandeirantes e Campo Grande. Campo Grande é a capital do estado de Mato Grosso do Sul e a maior cidade da região Centro-Oeste. A cidade é um importante centro comercial, industrial e de serviços do estado, além de ser um polo turístico regional. Campo Grande possui uma cultura diversificada, influenciada por imigrantes de diversas origens, como japoneses, libaneses, italianos e paraguaios. A cidade também é conhecida por sua gastronomia típica, como o tereré, o sobá e o churrasco.

A BR-060 termina em Bela Vista, uma cidade que faz fronteira com o Paraguai. Bela Vista é uma cidade histórica, que foi palco de batalhas durante a Guerra do Paraguai. A cidade possui um patrimônio cultural e arquitetônico, como a Igreja Matriz de Santo Afonso, o Museu do Soldado Desconhecido e o Marco da Paz.
A cidade também é um destino turístico, que oferece opções de lazer, como o Balneário Municipal, o Parque Ecológico Rio Apa e o Festival Internacional de Pesca.

Conheça as principais rodovias do Brasil com a Zapay.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *