fluido-de-freio
Categories:

Quando devo trocar o fluido de freio?

O que é fluido de freio?

Tem dúvida sobre o que é fluido de freio e qual é sua importância para a segurança do seu veículo? Então, este artigo é ideal para você. 

Confira quais são as dicas que a Zapay separou para você e saiba o que fazer caso o fluido para freio esteja baixo. Coloque seu cinto de segurança e embarque nesta viagem com a gente.

– Quanto tempo dura o fluido de freio? 

– O que acontece quando acaba o fluido de freio? 

– Para que serve o fluido de freio? 

– Quando substituir o fluido de freio? 

– Pode andar com fluido de freio baixo? 

– Tem problema completar o fluido de freio?

O site da Zapay é sempre uma mão na roda!

Conheça nossos serviços e aprenda como quitar os débitos do veículo.

Aqui você pode consultar débito de carro ou moto pela placa.

Saiba como parcelar multas, IPVA, licenciamento em até 12 vezes no cartão de crédito.

Vem que a Zapay te ajuda a deixar sua vida veicular em dia!

Quanto tempo dura o fluido de freio? 

Conhecer os componentes do veículo e sua dinâmica de funcionamento é importante, para que o motorista possa ter em mente como fazer a boa conservação do carro e se preparar para manutenções e revisões. Por isso, vale a pena entender o que é o fluido de freio, para compreendermos melhor quanto tempo ele dura.

Trata-se de um tipo específico de fluido hidráulico, que é utilizado em sistemas hidráulicos de frenagem adotados em veículos (automotores ou não) de variados tipos, de bicicletas a caminhões pesados, além de maquinário. 

Desse modo, a função do fluido de freio é fazer com que o sistema de freios funcione com segurança e eficiência. Não à toa, ele é um dos itens mais relevantes do sistema de segurança de um veículo automotor, sendo responsável pela pressão do pedal até as rodas acontecer sem interferências – o que oferece segurança ao motorista enquanto está dirigindo, de modo a ajudar o sistema de freios a ter um desempenho adequado.

Os fluidos de freio ainda ajudam com as sapatas, as pastilhas, além de atuarem como lubrificante. Ou seja, merece muito cuidado e atenção para que continue a ter um bom funcionamento.  

Você pode estar se perguntando: mas qual seria o momento recomendável para a troca do fluido de freio? Vem que a Zapay vai te ajudar: ele deve ser trocado a cada 20.000 quilômetros rodados ou a cada dois anos. Cabe ao proprietário verificar o nível e o estado do fluído de freio a cada 10.000 quilômetros rodados ou a cada ano. Fique atento!

Dica da Zapay: saiba mais sobre as multas DETRAN. 

O que acontece quando acaba o fluido de freio? 

O fluido de freio quando está baixo ou mesmo quando acaba é sinônimo de dor de cabeça ao motorista. Quando o fluido de freio está baixo acaba sendo necessário mais forças das peças e dos sistemas do automóvel, o que provoca queda de desempenho e desgaste desnecessário no motor do veículo.

A baixa de fluido de freio oferece ainda insegurança quando o veículo está em trânsito. Confira quais são os principais problemas que surgem quando o fluido de freio aparece em nível baixo:

  • Desgaste de pastilhas e lonas.
  • Riscos de perder o freio.
  • Desgaste dos tambores e cilindros.
  • Riscos de acidentes.
  • Maior consumo de combustível e óleo, além de desgaste da embreagem, caso seja necessário usar o freio motor.

Se acontecer a situação extrema – faltar o fluido de freio no carro –, o condutor notará dificuldade na hora de frear o automóvel, o que é bastante perigoso. E nada de completar o fluido utilizando água, pois ela contamina o fluido e altera o ponto de ebulição – ou seja, piora ainda mais o problema. 

A dica é: esteja sempre atento ao nível de fluido de freio, bem como ao bom funcionamento de lonas, pastilhas, fluidos, cilindros e demais componentes dos sistemas do carro. A segurança deve estar sempre em primeiro lugar!

Para verificar o nível do fluido de freio, o proprietário do carro deve levá-lo a uma oficina mecânica de boa procedência. O profissional avaliará os seguintes pontos:

  1. Se há alguma sujeita no reservatório.
  2. Avaliar se há um arco de partículas pretas e se o fluido está escuro.
  3. Substituir o fluido, caso esteja escuro.
  4. Caso não esteja escuro, o mecânico fará a troca do fluido de freio a cada dois anos.

Quais os tipos de fluidos de freio disponíveis no mercado brasileiro?

Na hora de saber qual é o fluido de freio que seu veículo automotor usa é fundamental consultar o manual do fabricante, pois nele estão todas as informações essenciais e técnicas sobre o automóvel em questão. Neste manual, consta o que deve ser aplicado em cada um dos sistemas existentes no carro.

Outra forma bastante importante para não se confundir com as opções de fluidos de freio disponíveis no mercado é saber quem são os fabricantes e quais são as especificidades de cada tipo/opção.

Assim, os fluidos do freio são classificados nas seguintes categorias: DOT 3, DOT 4, DOT 5 e DOT 5.1, de modo que a principal característica que os diferencia é o ponto de ebulição. A seguir, saiba mais sobre cada uma das categorias:

  1. DOT 3: utilizada para freios e embreagens com sistema hidráulico de uso moderado. É indicada para veículos leves e de uso comum. Ponto de ebulição: 205ºC.
  2. DOT 4: esta opção pode ser aplicada em veículos leves, pesados e importados. Assim, este fluido para freios foi desenvolvido para atender automóveis, caminhões, tratores, ônibus e picapes. Ponto de ebulição: 230ºC.
  3. DOT 5 e DOT 5.1: tais fluidos podem atender as demandas de caminhões, ônibus, tratores, picapes e automóveis. Desse modo, são voltados para veículos leves, pesados e importados, com destaque aos de alta performance e para aqueles que passam por situações de altas temperaturas. Ponto de ebulição: 260ºC.

Mas há também diferenças entre o DOT 5 e o DOT 5.1. O primeiro é recomendado aos veículos cujo sistema de freios é ABS, por exigirem maior eficiência e performance no momento da frenagem. O fluido do DOT 5 é feito à base de silicone.

Já o segundo (DOT 5.1) apresenta a fórmula com base em glicóis e é mais barato do que o primeiro. Porém, vale reforçar o cuidado: ele não deve ser misturado com outro tipo de fluido. 

Para que serve o fluido de freio? 

Vale reforçar que cabe ao fluido de freio fazer com que o sistema de freios do carro possa funcionar de maneira eficiente e segura, não à toa, sendo um dos principais itens do sistema de segurança de um automóvel.

Desse modo, a pressão do pedal até as rodas deve ocorrer sem que haja interferências, o que oferece maior segurança ao motorista no momento de dirigir o veículo e ajudar o sistema de freios a ser eficiente. 

Cabe ainda ao fluido de freio auxiliar com as pastilhas, sapatas e também exercer a função de lubrificante.  

Dicas da Zapay!

Dica 1: fique por dentro sobre o despachante on-line e gratuito com esta página especial montada pela Zapay.

Dica 2: saiba como consultar IPVA (Imposto Sobre Propriedade de Veículo Automotor), licenciamento e multas no SEFAZ (Secretaria da Fazenda).

Quando substituir o fluido de freio? 

É indicado que o fluido de freio seja substituído a cada vez que o veículo completar 20.000 quilômetros rodados ou a cada dois anos. Ainda, é responsabilidade do dono do carro verificar (levar a uma oficina mecânica para que esta avaliação possa ser feita) o nível e o estado do fluido de freio a cada 10.000 quilômetros rodados ou a cada ano. 

Dica da Zapay: é um apaixonado por carros de corrida, amigo condutor? Então, fique por dentro deste especial preparado pela Zapay. Os veículos de corrida são construídos com o objetivo único de participar de competições. Desse modo, estes veículos são projetados a partir de diretrizes preestabelecidas para cada categoria e toda a mecânica e estrutura é pensada para agregar performance e vantagem competitiva, com o objetivo de ganhar prêmios em disputas automotivas.

Pode andar com fluido de freio baixo? 

Quando o índice de fluido do freio estiver baixo, o ideal é levar o veículo imediatamente a uma oficina mecânica de confiança, pois a segurança do veículo estará em risco. 

Tem problema completar o fluido de freio?

Não é indicado completar o fluido do freio, mas, sim, trocar o fluido a cada dois anos ou a cada 20.000 quilômetros rodados que o veículo completar. Caso o fluido seja completado com água, haverá contaminação e a mistura terá uma temperatura de ebulição diferente do fluido original.

Caso o nível de fluido esteja baixo, o condutor deve procurar uma oficina mecânica imediatamente para que uma avaliação seja feita. A depender do caso, pode ser que esteja acontecendo um vazamento no sistema. 

Dica da Zapay: você pode estar se perguntando, amigo motorista: mas, afinal, o que é um freio ABS e come ele funciona? Vem que a Zapay lhe explica: o freio ABS é um sistema que evita o travamento das rodas do veículo automotor de forma imediata em uma freada brusca, assim, ele torna a condução do carro mais segura e estável – ou seja, traz grandes benefícios para o condutor, os passageiros e todo o trânsito. Hoje, o freio ABS é considerado um item indispensável de segurança para o seu carro. Saiba mais neste conteúdo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *