Categories:

Segurança no trânsito: confira algumas dicas importantes

A partir do momento em que você entra no seu veículo e encara o trânsito cotidiano, está sujeito não apenas aos riscos que envolvem você e as demais pessoas, como também às leis que buscam sempre incentivar a segurança no trânsito.

Nos últimos 10 anos o Brasil reduziu em 30% os acidentes de trânsito com fatalidades, mas os números ainda são altos. Por isso, falar em boas práticas e estimular cada vez mais motoristas a seguirem dicas já bastante faladas, mas sempre importantes, é essencial para a qualidade de vida nas vias brasileiras. 

Pensando nisso, esse conteúdo vai relembrar alguns pontos fundamentais para a segurança no trânsito. Fique com a gente, e aproveite para compartilhar este artigo com outras pessoas.

Para cada ponto abordado, deixaremos um conteúdo extra exclusivo, caso você tenha interesse em saber mais sobre o tema. 

Se beber, não dirija 

Apenas no estado de SP, de 2019 a 2021, estima-se que 42% dos acidentes de trânsito com morte, são consequência de embriaguez ao volante. Mesmo com a criação da Lei Seca, em 2018, é sabido que o problema do álcool associado ao volante é uma questão séria.

A pessoa que consome bebida alcoólica e dirige, assume o risco de colocar não apenas a sua vida em perigo, mas a de outras pessoas também. 

Caso seja flagrado e a embriaguez seja constatada, a infração é gravíssima, com fator multiplicador, que pode levar a multa para mais de R$ 2.900. Além disso, caso não haja um motorista habilitado para assumir o veículo, ele será apreendido e encaminhado ao pátio. Por último, será iniciado o processo de suspensão da CNH.

Use o cinto de segurança  

O cinto de segurança é obrigatório no Brasil, ainda que muitos motoristas optem por ignorá-lo. O mecanismo de segurança é essencial e tem sua eficácia comprovada. O que algumas pessoas talvez não saibam, é que a utilização do cinto é obrigatória também nos bancos de trás.

Uma multa por não utilização do cinto pode ser grave, em caso do flagrante para motoristas, e gravíssima se forem crianças nos bancos do passageiro, sem o item de segurança. Logos, os valores são de R$195,23 e R$293,47, respectivamente.

Jamais dirija sem o cinto de segurança, e regule-o sempre para que fique junto ao corpo, o que é uma prática que nem sempre nos preocupamos.  

Fique atento à sinalização 

Não importa se vertical ou horizontal, a sinalização de trânsito é a melhor maneira para orientar e informar ao motorista sobre as obrigatoriedades e riscos de determinados pontos das vias. Quando você trafega em um local que não conhece muito bem, como outra cidade ou uma região diferente da sua, a sinalização é ainda mais importante.

Outro fator a ser considerado para o respeito à sinalização, é o de que elas não estão ali por acaso, e muitas vezes um estudo detalhado é feito para garantir e permitir uma ultrapassagem segura, por exemplo. Aclives, declives, curvas acentuadas e pontos de pista escorregadia, seriam muitas vezes mais perigosas, caso a sinalização fosse ignorada.

Para exemplificar mais a importância, temos um exemplo falando sobre multa por ultrapassagem em faixa contínua, que pode ser interessante para você. 

Mantenha em dia a manutenção do veículo 

Não é apenas antes de uma viagem que você deve se preocupar com a manutenção do seu veículo. Deixar para depois até que ele tenha algum problema, certamente irá lhe trazer um prejuízo financeiro mais grave que uma boa revisão.

O grande problema de não cuidar da manutenção, é quando esses defeitos acontecem enquanto você está dirigindo. Um carro quebrado em uma via, pode trazer transtorno para o funcionamento do trânsito. Um pneu estourado, por outro lado, pode trazer risco a sua vida e a das pessoas que compartilham o trânsito todos os dias. 

Respeite sempre os limites de velocidade 

Assim como no caso da sinalização, que comentamos anteriormente, os limites de velocidade são determinados com base nas condições de fluxo de veículos da via, assim como a do risco que pode haver em curvas acentuadas, passagem de pedestres, neblina e muitos outros fatores.

Ainda que exista muita polêmica a respeito da utilização de radares eletrônicos, as multas por excesso de velocidade, vindas através dos aparelhos ou mesmo de agentes de trânsito, são a forma de incentivar o motorista a respeitar os limites.

Tenha cuidado com pedestres, ciclistas e motoqueiros  

Estes são sempre os 3 elementos mais frágeis do trânsito e quando acidentes acontecem, certamente serão os mais prejudicados. Por isso, caso você seja um deles, é importante redobrar o cuidado, e saber que existem normas e leis específicas para ciclistas e pedestres.

Se você é motorista de um carro, por exemplo, respeite sempre aqueles que que podem sair mais lesados do que você, independentemente de quem está certo. Garantir a segurança de uma vida deve sempre vir em primeiro lugar.  

Cuidado nos cruzamentos  

Cruzamentos estão entre os ambientes mais perigosos do trânsito. O motivo? Porque para pesquisadores, a atenção direcionada a mais de um ponto pode confundir algumas pessoas. Portanto, garantir a passagem segura por um local onde existam mais sentidos, é certamente uma atividade delicada.

Por isso, assim como falamos em um tópico anterior, as placas de sinalização são fundamentais para te auxiliar a passar com segurança por um cruzamento.  

Sinalize antes de realizar uma ação 

A sinalização das vias não é a única que deve ser respeitada e tratada da forma correta. A sinalização das ações pretendidas entre motoristas também é importante. Se no seu cotidiano você se comunica com outras pessoas, por que no trânsito seria diferente?

Fazer uma conversão sem a utilização das setas é um exemplo de irregularidade que pode trazer riscos a todos os envolvidos. Se um acidente acontece, você ainda terá que justificar a ação, o que pode ser ainda mais trabalhoso.

Para evitar problemas, confira sempre o funcionamento das luzes e faróis, além dos demais itens de segurança obrigatórios.  

Mantenha distância do veículo da frente  

Por último, saber sobre a necessidade de manter uma distância segura do veículo da frente, pode evitar acidentes, e claro, salvar vidas. O Código Brasileiro de Trânsito (CTB), fala sobre manter distância lateral e frontal dos demais veículos e dos limites da pista.

Entre outras dores de cabeça, a batida na traseira do veículo é um dos acidentes de trânsito mais comuns, e que poderia ser evitado com um pouco de prudência.

Conclusão 

O nosso objetivo com este artigo não foi o de trazer todos os pontos que envolvem a segurança no trânsito, mas alguns dos mais comuns e perigosos. É claro que você provavelmente conhece ou já ouviu falar de todos eles, mas produzir conteúdos que possam informar você e lembrá-lo que a sua segurança e dos demais é o mais importante, nunca é o bastante.

Além disso, trouxemos durante esse conteúdo, alguns dos vários artigos que temos disponível no Blog da Zapay. Aqui você encontra assuntos que podem te auxiliar desde o pagamento do IPVA, até dicas para economizar com o combustível e dúvidas sobre infrações de trânsito.

E por falar nelas, a Zapay também pode te ajudar com a consulta de débitos veiculares. Nosso sistema é integrado com os Detrans de 25 estados brasileiros, de todas as regiões do país. Além da consulta, você pode fazer o pagamento parcelado.

One thought on “Segurança no trânsito: confira algumas dicas importantes

  1. Muito obrigado pelas dicas. É importante tê-las em conta na hora de sair para a estrada. Neste sentido, também podem ajudar as aplicações de software de logística e transporte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *