pessoa pagando multas
Categories:

Por que pagar multas de trânsito? Como pagar? Saiba aqui!

Todo motorista se sente desnorteado ao saber que recebeu uma multa de trânsito. Porém, hoje em dia, existem maneiras fáceis, rápidas e seguras de pagar multas. Por isso, nós da Zapay vamos ensinar como quitar esse gasto para não ter maiores problemas no futuro. 

Neste artigo, você irá aprender o que precisa seguir para pagar as multas de trânsito. Confira a seguir! 

O que é multa de trânsito?

Antes de ensinar como pagar multas, nós precisamos falar o que é uma multa de trânsito, segundo as leis brasileiras. 

Uma multa de trânsito é uma cobrança por uma má conduta de determinado motorista que violou uma das leis de trânsito. 

Sendo assim, esse infrator deve então pagar essa multa (que varia conforme a gravidade) ao órgão competente. 

Se caso o motorista não pagar essa infração, então ele pode enfrentar algumas penalidades, como a suspensão da CNH (Carteira Nacional de Habilitação).

Por que é importante pagar multas de trânsito? 

As multas têm o importante papel de reeducar o motorista para que atitudes ruins não sejam mais frequentes no trânsito, garantindo mais segurança para motoristas, motociclistas e pedestres

Se você ainda não entende a importância de pagar multas veiculares, então veja esses motivos que irão te convencer a mudar de ideia. Confira: 

  1. Evitar problemas para a sua vida financeira

Se você se recusar a pagar as multas de trânsito pode acabar formando uma verdadeira bola de neve e causará prejuízos para sua vida financeira. 

Evite problemas financeiros no seu bolso para viver tranquilamente bem com as contas em dia. 

  1. Não pagar por preços maiores ao inicial da multa

Ao optar por não pagar uma multa de trânsito na data de validade, você estará sujeito ao pagamento de juros de mora e aumento do preço inicial da multa. 

Portanto, procure pagar as multas de trânsito até o prazo estipulado para economizar dinheiro. Além disso, contas ainda em validade podem ter o pagamento parcelado, ajudando a pesar menos no seu bolso. 

  1. Não ter dificuldade em vender seu veículo

Uma das principais razões para pagar multas de trânsito é o aumento das chances de vender um veículo sem pendências financeiras. 

Isso porque o não pagamento da multa dificulta a venda do automóvel. Afinal, o infrator só poderá vender seu carro ou moto após quitar as multas e estar com todas as contas em dia.

  1. Conseguir o documento do licenciamento anual

Anualmente, os motoristas precisam emitir um novo CRLV – Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo.

Para ter esse documento é preciso realizar o pagamento de todas as multas e débitos do veículo para a liberação do pagamento do licenciamento. Sendo assim, ao ter pendentes veiculares em aberto não é possível licenciar seu automóvel. 

  1. Não deixar que o veículo seja apreendido

Se você deixar de pagar multas de trânsito e não tiver com a posse do CRLV, corre o risco de ser flagrado por autoridades policiais que verificam a ausência do licenciamento e podem até apreender o veículo.

Isso porque é indispensável que os motoristas transitem em vias públicas no Brasil sem o CRLV. Além disso, o infrator ainda receberá outra multa e levará 3 pontos na carteira de motorista.

  1. Evitar a inscrição na dívida ativa

A dívida ativa é a concentração de dívidas que os infratores possuem e cujos credores são os estados ou a União.

Por isso, quando um motorista não paga suas multas de trânsito dentro do prazo, essas infrações podem entrar na dívida ativa. As consequências dessa inscrição podem levar ao bloqueio de bens, inclusive de valores na conta bancária.  

Como pagar multas de trânsito?

Ninguém gosta de ser multado, mas com o avanço da tecnologia, pagar multas de trânsito ficou mais eficiente, rápido, fácil e seguro. Veja as possíveis maneiras de se livrar dessas infrações: 

  • Consultar e pagar com a Zapay

É possível consultar os seus débitos veiculares ao digitar a sua placa no site da Zapay, uma startup que facilita a sua vida financeira e a do seu carro.

Após realizar a consulta e encontrar débitos em aberto, você pode escolher como deseja pagar: cartão de crédito em até 12 vezes, PIX, Boleto, Ticketlog e Voucher. 

Em seguida, selecione a opção desejada e pressione o botão “Pagar agora”. Pronto, a sua multa foi quitada! 

  • Pagar o boleto da multa enviada no seu endereço

Você pode receber a notificação da penalidade no endereço cadastrado no Detran (Departamento Estadual de Trânsito), onde seu veículo foi registrado. 

Dessa forma, você pode pagar o boleto com o código de barras presente no documento. A quitação dessa conta pode ser feita em um dos bancos autorizados, de acordo com a notificação.

Fique atento ao prazo de vencimento da multa para que o valor seja pago dentro da validade.

Mesmo pagando a multa, se você quiser pode recorrer utilizando um recurso de defesa, desde que seja dentro do prazo. Caso sua defesa seja aceita, o valor pago pela multa será reembolsado.

  • Pagar no site do Detran

Existe a opção de pagar no site do Detran do seu estado. Basta gerar uma segunda via do boleto pela internet. 

Acesse o site do Detran, faça login e vá até à área para emitir a segunda via da multa. 

Apesar de ser um pouco diferente no órgão de cada estado, geralmente, a guia pode ser encontrada em abas com títulos referentes a “veículos” ou “infrações”. 

Assim, você só precisa encontrar opções como “guia de pagamentos” ou “segunda via de multas”.

Tenha seus documentos em mãos para consulta, como a CNH (Carteira Nacional de Habilitação), RG (Documento de Identidade), CPF e Renavam (Registro Nacional de Veículos Automotores), e emita o novo boleto para pagar em um dos bancos credenciados.
Agora você sabe tudo sobre como pagar multas de trânsito. Continue lendo os conteúdos da Zapay para manter sua vida financeira e de motorista mais tranquila!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *